Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Pelotão Cavaca pela aldeia da Rapa.

Sábado, 16.01.16

Pelotão Cavaca esta manhã pedalou pela Aldeia da Rapa, Celorico da Beira.
Raparam algum frio e algumas inclinações superiores a 15%, Carlos Gonçalves, Tiago Rodrigues, Bruno Valadas, Luis Filipe Selidónio Oliveira, Licinio Martins, Sérgio Gomes, Vasco Santos, Carlos Pires, Filipe Costa, Miguel Ângelo, Pedro Santos, Henrique Manso e José Cavaca.
Mais 139 km de ciclismo bem sortido...

 

Pelotão Cavaca à passagem pela Sra do Carmo.

 

Perto de Valhelhas,,, gelo, muito gelo.

 

A dar entrada em Valhelhas.

 

Alto de Famalicão rumo aos Trinta.

 

Nos Trinta viragem à direita para a Barragem.

 

Pelotão à passagem pela Barragem do Caldeirão.

 

Na Lageosa do Mondego.

 

Entrada do Pelotão na aldeia da Rapa.

 

Situada na costa do planalto Beirão, a Rapa que é terra Natal de meu Pai, aparece com todo o seu encanto na Estrada Municipal n.º 557, que liga a Celorico da Beira.

 

Esta freguesia da Rapa possui no presente, um dinamismo de algum modo invejável por muitos aglomerados do Maciço da Serra da Estrela. O teatro, com tradições de há mais de cem anos, é o orgulho dos seus habitantes, fazendo "subir o pano" na freguesia e em redor dela.

 

A Rapa é constituída unicamente pelo aglomerado populacional do mesmo nome, confrontando a Norte e a Oeste com as freguesias de Lajeosa do Mondego, Vale de Azares, Cadafaz e Prados no concelho de Celorico da Beira, e a Sul e Este com as freguesias de Mizarela e Aldeia Viçosa no concelho da Guarda, ficando no extremo do concelho de Celorico da Beira.

 

Depois foi subir e descer para Aldeia Viçosa.

 

Chegada à Guarda.

 

Uns minutos para registar a nossa passagem.

 

Depois da sempre rápida descida, eis-nos nas Vendas da Vela.

 

... e com muita pena nossa a voltita estava a terminar...

 

Tal como comecei na Sra do Carmo, assim termino a reporvolta...

 

E eis o Pelotão ordenado após etapa da Rapa.

 

Amanhã é às 8:45 nos Arcos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 15:40