Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Faias, um Paraíso na Estrela.

Domingo, 13.11.16

Este Domingo optamos pela Rota das Faias... das mais acertadas opções.

 

Demos início à caminhada pelas 14:30

 

Esta rota tem uma extensão de (6,5 km com derivações) e leva cerca de 3 horas o cumprir. Tem uma ltitude mínima de 880 e máxima 1174 metros.

 

Esta Rota possibilita a descoberta de algo novo e surpreendente a cada instante.

 

Desde a vegetação esplendorosa a paisagens fulgurantes, que juntamente com a agricultura e a pastorícia proporcionam um passeio perfeito para quem deseja conhecer a serra, as suas gentes e costumes.

 

Pequeno rebanho orientado por um simpático pastor.

 

Mais do que um trilho pedestre, a Rota das Faias é uma experiência sensitiva.

 

Nesta encosta os odores a rosmaninho, hortelã-brava, alfazema e tomilho fundem-se com magníficos quadros que rodeiam o olhar de quem os observa.

 

... e sempre a subir...

 

*****

 

... a subir...

 

*****

 

... e a subir...

 

Quase no topo...

 

Depois de tanto subir, eis o troféu... a paisagem sobre o Vale.

 

Pequena pausa para repor energias.

 

... o arco íris das árvores refletiam-se nos nossos olhos.

 

De novo a caminhar...

 

*****

 

Abasteciemnto líquido...

 

Chegada à Capela de São Lourenço.

 

Neste ponto as vistas são de cortar a respiração.

 

Também há a destacar o castanheiro, a giesta, o Pinheiro-do-Oregon e os imponentes carvalhos monumentais que rodeiam a Capela de S. Lourenço, lugar de culto de reminiscências pagãs, relacionadas com a adoração das árvores e do Sol.

 

Agora vamos mergulhar no interior de uma densa floresta de faias, plantada pelos Serviços Florestais de Manteigas no início do século XX.

 

... hipnotizados???

 

Havia razão para isso.

 

 

Os povoamentos florestais, os matos e as linhas de água presentes, proporcionam diversidade faunística.

 

*****

 

Tudo parece surreal...

 

*****

 

Contrastes, muitos contrastes... 

 

A beleza deste local confunde-nos,,, parece até que todas as estrelas estão floridas.

 

... e não sei se estão...

 

... uma árvore um sonho, quantos sonhos.

 

Com o cair da tarde, caía a temperatura e aumentava o grau de humidade.

 

*****

 

Pelas 16:30 dava-se início à descida e ao final da volta.

 

Chego a ficar  perturbado, real ou foi imagem passageira???

 

Simplesmente para repetir... Bem Haja Serra da Estrela.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 23:09


2 comentários

De Carlos Pereira a 14.11.2016 às 16:55

Amigo Cavaca, Deus lhe dê muita saúde para continuar a registar tão belas fotos.
A sua objetiva capta imagens deslumbrantes.
Desculpe mas tenho de insistir, muito obrigado.

De José Cavaca a 14.11.2016 às 18:23

Amigo Carlos, é um prazer saber que insiste nas suas visitas a este jornalinho. Maior é a satisfação saber que algo fazemos a quem agrada... é com alegria e gosto que leio seus comentários e saber que nos acompanha.
Um grande e forte abraço cá da rapaziada!!!!!

Comentar post






pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Novembro 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930


Ciclismo, uma paixão.