Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Pala Lagoa Escura e Lagoa Comprida.

Segunda-feira, 30.11.15

Manhã ideal para caminhar pela Serra da Estrela.

 

Às 9:20 demos início à passeata com cerca de 4 horas.

 

Estalactites ou estalagmites???

 

Passamos por pequenos lagos gelados.

 

Temperaturas muito agradáveis a 1800 metros de altitude.

 

Um percurso de beleza ímpar.

 

Pequenas paragens que se justificam pela beleza da nossa Estrela.

 

Sem nos apercebermos, eis a lagoa Escura e a Comprida.

 

A barragem da lagoa Comprida, construída a partir de uma lagoa natural, constitui o principal reservatório de água da serra da Estrela. É a maior das lagoas do maciço superior e o seu potencial hidroelétrico elevado levou à construção da barragem em 1911, sendo uma das primeiras obras de engenharia desta natureza levadas a cabo em Portugal.

 

Na vertente norte da lagoa observa-se um dos mais interessantes campos de blocos erráticos da serra da Estrela. Estes blocos de granito foram transportados pelos glaciares e abandonados aquando da fusão e recuo do gelo. Encontram-se, muitas vezes, depositados sobre afloramentos com natureza geológica diferente da sua.

 

Continuamos caminhando.

 

Passagem para o lado Norte da lagoa Comprida.

 

Uma pequena e agradável pausa para reabastecer de líquidos e sólidos.

 

E esta beleza ficava agora nas nossas costas.

 

A cerca de hora e meia do final, havia que dar ao chinelo.

 

Mais acima, despediamo-nos da Lagoa.

 

A rolar...

 

*****

 

Ponto de partida e chegada quase à vista.

 

E pronto amigos, 4 horas de sonho pela nossa Serra da Estrela.

Voltaremos em breve.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 12:03


2 comentários

De Carlos Pereira a 02.12.2015 às 15:44

Não tenho mais nada a dizer, MUITO OBRIGADO, e um GRANDE ABRAÇO.

De José Cavaca a 02.12.2015 às 19:00

Obrigado amigo Carlos Pereira... compreendido.

Comentar post