Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Covão da Ponte, um Paraíso ao abandono!

Domingo, 03.07.16

É lamentável, é triste, mas é verdade... assim se deixa ao abandono um local que outrora fora digno de famílias passarem um verdadeiro dia no coração da Estrela... o Covão da Ponte está ao ABANDONO. Testemunharam os amigos Júlio Cardoso Martins, Filipe Costa, Rui Nunes, Pedro Santos, Miguel Ângelo, Marco Ribeiro , Fernando Prata Rodrigues, Carlos Gonçalves,Manuel Ribeiro, António Silva, Bruno Gonçalo, Licinio Martins, Ze Manel Carapito, Jose Esteves, Eduardo Monteiro, Fernando Mendes, Fernando Duarte, Fernando Goncalves, Helder Torres, Gabriel Travasso, Pedro Santos e José Cavaca.

 

Partida do pelotão às 7:00 da Covilhã.

 

Num ritmo aceitável, para Domingo, entrava-se no PNSE.

 

... simplesmente um grande e bonito grupo de amigos...

 

Se queremos construir um navio, não chamamos pessoas para juntar madeira... ensinamo-los antes a desejar a infinita imensidão do oceano...

 

Pelotão Cavaca à passagem por Vale de Amoreira.

 

Muito próximos da Vila de Manteigas.

 

Em Manteigas...

 

... que, ou quem queria o amigo Helder Torres tirar uma foto TOP?

 

Depois desta lindíssima recepção,,, foram os cafézinhos, oferta de Pedro Santos.

 

Novamente a pedalar, agora rumo ao Covão da Ponte.

 

Retaguarda do Pelotão Cavaca.

 

Aqueles que tentam sobreviver, porque não se juntam aos que estão vivendo...?

Passar pelas lutas, pelas dores e pelos problemas faz parte da pedalada...

 

Já no (caminho) para o Covão da Ponte.

 

...vale a pena sofrer, vale a pena sentir dor,,, mesmo sendo difícil lutar persisto por aquilo que Eu quero... tudo vale quando realmente acontece..

 

Subidita muito agradável.

 

Prémio de coragem para o nosso Fernandito... parabéns amigo pela determinação.

 

Algum calor a valorizar a subidita...

 

Pelotão no Covão da Ponte.

 

Quando chegamos, apenas vimos um cão que procurava algum alimento...

Depois chegou um pastor com seu rebanho, que também ele lamentava o abandono total deste belo local.

 

Mas havia que regressar... e mais uma subidita nos esperava.

 

Olhei para trás... e ali ficava esta ímpar beleza da nossa Serra da Estrela.

 

Já na descida para Manteigas, um abastecimento com água de ouro!!!

 

Com a beleza do Vale Glaciar à nossa frente, fez-se melhor a perigosa descida.

 

E esta já está... bem satisfeitos regressamos a casa.

 

Pelotão Cavaca ordenado após etapa por Covão da Ponte.
A registar a subida ao 11º lugar de Filipe Costa.
Jose Esteves subiu de 19º para 18º lugar.
Helder Torres subiu de 23º para 22º lugar.
Rui Nunes subiu de 24º para 23º lugar.
Gabriel Travasso subiu de 27º para 26º lugar.
António Silva subiu de 31º para 28º lugar.
Carlos Gonçalves subiu de 35º para 32º lugar.
Fernando Prata Rodrigues subiu de 39º para 37º lugar.
Pedro Santos subiu de 45º para 41º lugar.
Fernando Duarte subiu de 48º para 44º lugar.
Bruno Gonçalo subiu de 52º para 48º lugar.
Ze Manel Carapito subiu de 60º para 50º lugar.
Fernando Goncalves subiu de 74º para 64º lugar.
Restantes reforçaram posições.

 

 

QUARTA FEIRA HÁ MAIS.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 22:55


2 comentários

De José Cavaca a 05.07.2016 às 10:56

Por mais bonitas e boas que sejam as voltas,,, há sempre quem as critique amigo... é a vida.

Abraço e obrigado.

Comentar post