Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Caminhada ao Cabeço da Azinha.

Segunda-feira, 28.10.13

Ontem foi uma das minhas desejadas caminhadas,,, ao alto do Cabeço da Azinha.

Foram 4 magníficas horas a caminhar sempre rodeado de admiráveis paisagens.

Para os apreciadores de caminhadas, a Rota da Azinha é particularmente atractiva, possibilitando diversidade e profundidade de planos visuais consecutivos, conferidos pela altitude e pelo perfil transversal dos vales e das graciosas cumeadas. À multiplicidade das formas, texturas e movimento do relevo, associa-se uma vegetação rica e diversificada. 


Tudo pronto para a partida.


Em poucos minutos sobem-se muitos metros de altitude.


A paisagem da Rota da Azinha é caracterizada por ecossistemas que permitem a eclosão de uma vegetação diversa, ao mesmo tempo que fornece um habitat para fauna diversificada, como guarda-rios, perdiz, tartaranhão-caçador, peneireiro, gaio, coelho bravo, raposa, morcego-de-ferradura-pequeno, salamandra-de-pintas-amarelas, boga, etc.


Ao longo do percurso é possível contemplar as marcas da modelação da paisagem feita pelo Homem. Destacam-se as Coanheiras – campos agrícolas situados perto da povoação de Sameiro, retirando partido da água do Rio Zêzere, que é conduzida em levadas, e que incluem prados e horticulturas (feijoca, feijão, batata, tomate, alface, cebola, alho, ervilha, couve galega, cenoura, etc.). 


Aqui é visível o alto do Cabeço da Azinha.


Neste local pode observar-se a compartimentação das parcelas rurais e da linha de água, constituída principalmente por exemplares de freixo, salgueiro, salgueiro-branco, amieiro, choupo. 


E vamos continuar a subir.


Mas também há que reabastecer, principalmente líquidos.


Merecedor mesmo de uma paragem,,, maravilha.

 

Novamente ao ataque!

 

Quase no alto o vento frio começa a fazer-se sentir.

 

Alto do Cabeço da Azinha à vista.

 

E deste ponto também se avista a cidade da Guarda e a Serra da Marofa, (Cristo Rei)

 

Chegados a alto.

 

Havia que ver e rever tudo o que nos rodeava.

 

Resguardados do forte vento e frio, vamos repor energias para a acentuada descida.

 

E novamente a meio da descida, mais uma admirável paragem.

 

Prometemos voltar...

 

... voltarei...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 03:21


2 comentários

De Carlos Pereira a 28.10.2013 às 09:47

Bom dia amigo Cavaca, só lhe queria agradecer, por ter partilhado estas bonitas paisagens, desta sua bela caminhada.
Um abraço e espero que passe uma boa semana .

De José Cavaca a 28.10.2013 às 09:52

Bom dia amigo Carlos Pereira:
Sentido o seu agradecimento, mas adoro partilhar com quem nos segue neste jornalinho, todas as minhas actividades. É muito bom saber que há sempre qlguém a quem agrada ou agradamos com estas aventurazinhas.

Um grande abraço de mim e também deste maravilhoso Pelotão de amigos que são a coluna vertebral deste espaço.

José Cavaca

Comentar post