Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Pela Pampilhosa, linda e espinhosa!

Sábado, 26.01.13

Seis intrépidos ciclistas apresentaram-se às 7h 25m no Periferia para uma das mais duras voltas anuais. Foram eles, Armando Oliveira, Luis Filipe, Guilhermino Pais, Pedro Santos, Francisco Romão, e José Cavaca.

O percuso foi tal qual o programado no Post anterior, 151km de ouro!

 

Pelas 7h 30m estava prestes a nascer o Sol e com ele um grande dia de ciclismo!

 

Primeiras pedaladas.

 

Perto de Silvares a nossa Estrela brilhava mais que nós.

 

E no alto de Silvares justificava-se uma panorâmica 5*****.

 

E esta era a subida nº 3,,, segunda categoria.

 

Paisagens tinham efeito "Doping" natural!

 

E esta era subida nº 4 rumo ao Orvalho.

 

Subida nº4 concluida e Orvalho à vista.

 

Orvalho, terra do nosso amigo Paulo Rodrigues. Um forte abraço para ele.

 

Passagem na ponte de Cambas. 

 

 A segunda subida mais longa do dia. Cambas, alto da Pampilhosa.

 

Entrada na Pampilhosa com 76km percorridos.

 

Enquanto os amigos tomaram um café, eu registei algumas bonitas imagens desta vila.

A partir da década de 30 do século XX, Pampilhosa passou a designar-se Pampilhosa da Serra para evitar confusões com a outra localidade do mesmo nome, perto de Coimbra, que entretanto começava a desenvolver-se.


  A vila, misto de grande aldeia, e pequena cidade, Pampilhosa da Serra é hoje uma sede de Concelho rumando ao encontro do futuro. Com modernas instalações municipais, e um pequeno museu, pode hoje receber os visitantes na sua residencial, e para a noite nem um pequeno local de lazer falta. A capela da Misericórdia, com a sua fachada bem conservada é um símbolo a não esquecer nesta vila da Beira Serra.


E na Pampilhosa acabou-se-nos o descanso, se é que assim lhe podemos chamar.

Dos 400m de altitude, vamos passar para os 1070, e esta era a mais dura montanha do dia.


À passagem por Cavadoso, com rampas a rondar os 15%, o grupo desfragmentou-se.


Seguiu-se Sobral Valado, e as inclinações mantinham-se... mas o melhor estava para vir.


No Cabril tivemos uma ligeira recuperação... como é visível.


E o local mais relevante do dia estava próximo...


A Barragem de Santa Luzia, hoje enriquecida com a imagem de fundo da nossa Estrela.


Aqui tivemos as percentagens de inclinação mais altas do dia,,, 20%.


Fontes como esta há poucas, água a sair das rochas na encosta da Barragem,,, puríssima!


E esta era a fase final das subidas, mas também a mais dura, para o alto da Barroca.


O homem do dia, Pedro Santos, cruzava o ponto mais alto do dia, 1070m de altitude.


Depois foi um descer que até cansava,,, aqui é Aldeia da São Francisco de Assis.


E como o dia foi tão "sortido", também tivemos ciclocross. A minha bici pesava o dobro.


Covilhã à vista. E à nossa chegada umas fãs à solta... que perigo.

Companheiros, mais uma vez gratos estamos todos por este magnífico dia de ciclismo.

 

Fica agora a nossa tabela atualizada.

Todos somaram mais 151km à excepção do amigo Romão(124km) que saíu no Ourondo.

 

 

 

AMANHÃ CHOVE, NÃO HÁ VOLTA.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 17:18


7 comentários

De Francisco Romão a 26.01.2013 às 17:41

Simplesmente FENOMENAL não fosse o troço de BTT em roda fina que ia danificando as nossas amantes, tudo seria perfeito.

De Francisco Romão a 26.01.2013 às 17:43

Hoje ficou provado que as pilhas russas que o Pedro Santos mandou vir, são mesmo boas.

De bcmantunes a 26.01.2013 às 18:50

Viva meu caro amigo José Cavaca & Cª.
Magnífico! Para não utilizar muitos adjectivos.
Amigo Cavaca no dia 23 regressei ao Estoril... Que pena!
Esta é uma volta que vale o sofrimento.
Também gosto de passar pelo Cabril.
Quanto ao troço de BTT. Temos que ter paciência!
Aquela estrada está a ser requalificada pela Engenharia Militar. Depois de pronta deve ficar uma bela estrada.
Seria bom que continuassem o bom trabalho que têm estado a prestar nesta Região.
Caríssimo J. Cavaca, muito obrigado pela partilha, neste espacito, destas excelentes imagens desta excelente paisagem do nosso interior de Portugal.
Não tenho podido contactar quando estou aí. Provavelmente em breve teremos oportunidade de um encontro.
Grande abraço,
Belchior Madeira Antunes

De GMP a 26.01.2013 às 20:51

ISTO SIM FOI UM BELO PASSEIO.

De GMP a 26.01.2013 às 23:41

AMANHA FICO NA CAMINHA PARA ESTAGIAR PARA VILAMIEL NO PROXIMO SABADO E PIODAO DIA 2-02-2013.

De pedro santos a 27.01.2013 às 17:14

HA UMA SEMANA ATRAS ERA PARA MIM IMPENSAVEL FAZER ESTA VOLTA ,E AINDA BEM QUE O FIZ SO ASSIM VI REALMENTE
AS MINHAS CAPACIDADES FISICAS E MENTAL ,UMA VOLTA DURISSIMA MAS IGUALMENTE BELA EM PAISAGEM E CAMARADAGEM,UM PORTUGAL QUE EU DESCONHECIA,ABRACO AOS COLEGAS DESTA JORNADA,E UM ESPECIAL AO MENTOR DESTAS
GRANDES MALUQUEIRAS JOSE CAVACA.


















De Bruno Pereira a 28.01.2013 às 17:25

Sr. Cavaca bonita volta, no ano passado fiz o skyroad aldeias do xisto e fiquei encantado com tal beleza dessas paisagens,mas essa subida da barragem de santa luzia á qualquer coisa de mortifera .. :-)

Comentar post