Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Atrativa e extasiante volta pela Barriosa!

Quarta-feira, 14.11.12

cavaca 1

Desfrutaram desta celestial volta pela Barriosa, José Cavaca, Sérgio Berrincha, Armando Oliveira, António Lebre, e José Carlos.

Acrescento apenas que foram 112km de Puro Prazer Pedalar Pela Natureza!!!

 

cavaca 2

Hoje o tempo foi pouco para tão agradável volta.  Alto da Portela.

 

cavaca 3

A majestosa Serra da Estrela à nossa frente. 

 

cavaca 4

Próximos de Unhais da Serra.

 

cavaca 5

O topónimo “Unhais da Serra” provém do baixo latim “Villa Hulilanem”, “a quinta de Hunila”, nome que deriva dos pais e é comum a todos os descendentes de uma pessoa, designa uma linhagem de sangue ou de adopção.

 

cavaca 6

Pedalando na cativante N230 rumo ao alto das Pedras Lavradas.

 

cavaca 7

 Momento em que cruzamos o alto das Pedras Lavradas.

 

cavaca 8

Após a descida para Vasco Esteves, invadiamos a estrada que nos conduzia à Barriosa.

 

cavaca 9

Mas toda esta encosta, desde Vasco Esteves, passando por Aguincho e Fradigas, até à Barriosa é um autêntico Paraíso terrestre.

 

cavaca 12

Uns param deslumbrados...

 

cavaca 10

E outros aumentam os caudais dos riachos.

 

cavaca 13

De novo a pedalar, mas sem nunca tirar os olhos desta atraente encosta.

 

cavaca 11

Um autêntico doping natural,,, e só notamos o desgaste quando voltamos à realidade!

 

cavaca 14

E eis a terra que deu nome à nossa volta,,, Barriosa.

O seu povoamento é muito antigo, talvez mesmo pré-romano, o que parece confirmado pelos vestígios arqueológicos da região de que a toponímia da circunvizinhança é um reflexo: Barriosa, Abitureíra, Baiol, Casal do Rei, Fradigas e o próprio nome da sua Freguesia (Vide), poderá ter alguma relação com o genitivo Viti, a saber Vílla de Vitus, nome romano. O terreno que circunda a Barriosa é fértil para a agricultura, principal ocupação dos seus habitantes. 

 

cavaca 15

De regresso à realidade, entrava-se de novo na N230.

 

cavaca 16

E do alto da Teixeira podia-se agora observar as terras e estrada por onde passamos.

 

cavaca 17

Perto de Unhais, e tal como planeado, viramos para a Erada.

 

cavaca 18 

Erada 

 Situada a 22 km a sudoeste da sede de concelho, a freguesia de Erada estende-se por uma área de cerca de 4000 hectares, pertence à diocese da Guarda e é parte integrante do distrito de Castelo Branco.

 

cavaca 19

Depois da Erada, a linda vila do Paúl.

 

cavaca 20

Depois de pedalarmos por Barco, Coutada e Peso, entrava-se em Vales do Rio.

Freguesia serrana, pertencente ao interessante concelho da Covilhã, situa-se num bonito vale entre a imensa Serra da Estrela e a Serra da Gardunha.

 

cavaca 21

As origens desta pequena aldeia são indeterminadas, mantendo-se o seu primário cariz rural ao longo dos séculos, alterado nas últimas décadas com a inserção de novas indústrias, muitas delas familiares, de produtos típicos da serra da estrela, como têxteis, cereais, madeiras e produção do afamado Queijo da Serra.

 

cavaca 22

Orgulhosa do seu Património, a aldeia apresenta uma bonita Igreja Matriz, a Capela de Santa Margarida, a interessante Fonte Velha e o popular Chafariz. Encontra-se rodeada de uma natureza de grande beleza, caracterizada pelo Rio Zêzere que aqui possibilita lindíssimas paisagens serranas.

 

cavaca 23

 E colorín colorado, esta vuelta se ha acabado...:

Espero que participantes e seguidores tenham uzufruido desta encantadora volta.

 

MAIS CICLISMO,,,

 

SÁBADO AO TRIPEIRO.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 15:18


4 comentários

De José Cavaca a 14.11.2012 às 21:47

Companheiro Sebastião, to muito agradecido pela correção, até estranho ninguém ainda ter dado por ela, mas pronto tá corrigido.

Grande abração

José Cavaca

Comentar post






pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Novembro 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930


Ciclismo, uma paixão.