Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Concluída a admirável volta da Rapa.

Sábado, 07.07.12

cavaca 1

Fizeram parte desta manhã velocipédica, Sebastião Aparício, Luis Filipe, José Cavaca, Sérgio Gomes, Tiago Abrantes, e António Lebre. Mais tarde, à passagem pela Guarda, juntou-se a nós o Zé Carlos. Pedalamos por Orjais, Vale Formoso, Valhelhas, Fernão Joanes, Barragem Caldeirão, Lageosa do Mondego, Vale de Azares, RAPA, Aldeia Viçosa, Guarda, Gaia, Orjais e Covilhã.

 

cavaca 2

Saída do Sra do Carmo.

 

cavaca 3

Passagem em Valhelhas. Iniciava-se aqui a subidinha para o alto de Famalicão.

 

cavaca 4

Sebastião em plena ascensão.

 

cavaca 5

E do alto de Famalicão a paisagem é deslumbrante.

 

cavaca 6

Perto do Cruzamento para Fernão Joanes.

 

cavaca 7

Neste lugar sagrado,
Toda vaidade se acaba.
O mais covarde se esforça, e o mais valente se...

 

cavaca 8

Vamos mas é dar ao pedal.

 

cavaca 9

Gosto desta foto!!!

 

cavaca 10

E desta também. Barragem do Caldeirão como fundo.

 

cavaca 11

Passagem na Lageosa do Mondego.

 

cavaca 12

Bonita a praia flúvial da Lageosa.

 

cavaca 13

Depois de passarmos por Vale de Azares, começava a ascensão à RAPA.

 

cavaca 14

Perto dos Prados virava-se à esquerda para a RAPA.

 

cavaca 16

E a chegada à Rapa, terra onde nasceu o meu pai em 1936.

 

cavaca 15 

A freguesia da Rapa é constituída unicamente pelo aglomerado populacional da Rapa, confrontando a Norte e a Oeste com as freguesias de Lageosa do Mondego, Vale de Azares, Cadafaz e Prados no concelho de Celorico da Beira, e a Sul e Este com as freguesias de Mizarela e Aldeia Viçosa no concelho da Guarda, ficando no extremo do concelho de Celorico da Beira.

 

cavaca 17

E na Rapa tinhamos uma das rampas mais duras do dia, não a mais longa.

 

cavaca 18

E o amigo Aparício cruzava o ponto mais alto entre a Rapa e Aldeia Viçosa.

 

cavaca 19

Aldeia Viçosa.  

Em tempos que já lá vão, foi Vila de Santa Maria de Porco e, posteriormente, Aldeia de Porco. Adquiriu a actual designação toponímica em 25 de Janeiro de 1939.

 

 

cavaca 20

Passagem pela Faia.

 

cavaca 21

E restava a subidita para a Guarda.

 

cavaca 24

Resta-me agradecer a companhia do nosso Tubarão Luis Filipe.

 

cavaca 25

Do nosso comediante Tiago Abrantes.

 

cavaca 23

O homem surpresa, Sérgio Gomes. Obrigado pela surpresa de hoje.

 

cavaca 26

O homem que mais música nos dá,,, António Lebre.

 

cavaca 28

Quase sem comentários,,, o mais corajoso!!! José Carlos.

 

cavaca 27

Eu, o Cavaca,,, aquele que vos importuna.

 

cavaca 22

E por fim o semiDeus, o herói desta manhã em que todos "rapamos" um pouco...

 

Parabéns Sebastião Aparício.

 

 

 cavaca 30

E a nossa chegada à Covilhã. Para trás ficaram mais 140km de bom ciclismo e não menos convívio. Obrigado a todos os que de qualquer modo fizeram parte desta manhã.

 

AMANHÃ HÁ MAIS CICLISMO

 

SAÍDA DA SENHORA DO CARMO ÀS 8h 30m.

 

Té manhã e um abraço.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 15:10


9 comentários

De Francisco Romão a 07.07.2012 às 15:48

Aos sábados para mim não é facil a disponibilidade.
Tenho que dar apoio em casa por causa do garoto.
Fico com pena de não poder participar nas habituais provas para adultos...
Cumprimentos
FRomão

De Tiago Abrantes a 07.07.2012 às 17:09

Já há noticias do GMP?

De Francisco Romão a 07.07.2012 às 19:23

Amanha e para castigo vou ter de sair do Castelejo às 7:00h rumo à Sr.a do Carmo. Se houver alguem para rebocar pelo caminho é so apitar. 968579279

De José Cavaca a 07.07.2012 às 20:02

Eu passo nos Arcos às 7h 55m,,, se me quiser rebocar a essa hora agradeço.

Té Manhã

José Cavaca

De Francisco Romão a 07.07.2012 às 20:44

Ok.

De Sebastião Aparicio a 07.07.2012 às 21:02

Em especial aos amigos com quem eu fui na volta da rapa, que cem eles não era possível , fico muito agradecido, pelo apoio e ajuda também porque eu tive um furito , pela camaradagem e ainda que alguém fique mais atrás não o esquecem isto sim são colegas obrigados e boas voltas ate a proxima.

De Anónimo a 07.07.2012 às 21:44

Tenho que acrescentar algo.
Aqui reina a amizade, o desportivismo, alegria contagiante do Cavaca, e a motivação para outras voltas. Assim sim vale a pena saír de casa. Obrigado mais uma vez.

De António Lebre a 07.07.2012 às 22:02

Se fosse para chegar-mos separados, não valia a pena partir-mos juntos...

Lebre

De paulo rodrigues a 07.07.2012 às 22:40

Boa noite Sr. Cavaca,
cá de bastante longe vou lendo coisas como: ..."Aqui reina a amizade, o desportivismo, alegria contagiante do Cavaca, e a motivação para outras voltas"..., pois que essa motivação perdure por muitos e longos anos ainda.
Relativamente ao dia de hoje foram uns verdadeiros DURÕES de Rapa(r).
Sr. FRomão parece que vou viver o mesmo dilema de agora em diante(que chatice... saudável como o ciclismo)
Um Abraço a todos,
PRodrigues

Comentar post