Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Hoje, de Covilhã por Castelo Branco.

Quarta-feira, 07.03.12

cavaca 2

 Manhã 5 estrelas, com a presença dos amigos Zé Domingos, Tiago Abrantes, eu o Cavaca, e o amigo Rui da Bikes Amieiro. O amigo Zé Carlos foi a nosso encontro perto da Lardosa.

 

cavaca 3

Primeira foto do dia perto do Fundão. Hoje mais uma manhã de boas temperaturas.

 

cavaca 4

Alto da Gardunha. Previa-se bom andamento,,, e fugas, o que veio a acontecer.

 

cavaca 5

Tal como projectado, deixamos a N18 e entramos na Soalheira.

 

cavaca 6

E a nossa passagem pela Barragem de Santa Águeda.

 

cavaca 7

É muito agradável pedalar por aqui, sempre enlacei o ciclismo com a natureza.

 

cavaca 10

Com estas "motas", depressa chegamos a C. Branco... ía gripando.

 

cavaca 8

Entrada em C. Branco, aqui permanecemos algum tempo na loja do amigo Zé da Mata.

 

cavaca 12

De novo na estrada. As boas temperaturas a fazer lembrar a Pimavera.

 

cavaca 11

Passagem no alto da Gardunha... e a Covilhã já era visível.

 

cavaca 13

E a nossa chegada à Covilhã. Sábado mais uma volta mais uma viagem.

Pevêem-se altas temperaturas para o fim de semana,,, vamos pensar numa boa volta.

 

ATÉ SÁBADO, A VIDEMONTE.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 14:14


8 comentários

De Anónimo a 07.03.2012 às 20:26

Cavaca, há por aí uns hostis que por norma te acompanhavam, e que agora gozam de alguns comentários menos dignos e agradáveis à tua pessoa. Tive o desagrado de ouvir por duas ou três ocasiões, e penso que não mereces tal consagração. Quando for oportuno, pessoalmente falo contigo.

Boa noite.

De José Cavaca a 07.03.2012 às 21:33

Bom, oportuno sería falar comigo antes deste comentário.
Não estou minimamente aborrecido... pois só aos grandes homens cabe terem grandes defeitos. E se esses a quem se refere não os tivessem, talvez não lhes agradaría tanto notá-los nos outros.

Continuarei sendo, José Cavaca

De Helder Torres a 07.03.2012 às 23:21

Amigo Cavaca muitos cumprimentos. Entro só para dizer que o anonimato e os seus autores nada dignificam estes espaços dignos e abertos a todos. Viva a transparência!!!
Amigo Cavaca, um grande abraço.

De José Cavaca a 08.03.2012 às 13:38

Companheirão Helder, cumprimentos meus e grato pela visita.
Quanto a esta ocorrência... os que me têm acompanhado são testemunhas de que a minha pessoa e meus modos mantâm-se inalterados...!!! Celebro a minha vida a somar amigos, não a perdê-los, assim aqueles que se vão é porque não servem.

Grande abração amigo Helder, e tem que aparecer.

José Cavaca

De Tiago Abrantes a 08.03.2012 às 16:31

Houve alguém um dia que disse: " O dia em que não falarem mal de mim, já não tenho valor nenhum".
A vida faz aos amigos aquilo que a selecção natural vem fazendo na natureza há milhões de anos: favorece a sobrevivência dos mais forte e adaptáveis. Os fracos simplesmente são deixados para "desaparecer". Acho que não é preciso dizer mais nada ou é?é?Ao Amigo Cavaca um grande abraço, cá do rapaz...

De José Cavaca a 08.03.2012 às 19:05

Companheirão Tiago, é sempre agradável quando sentimos que os amigos estão connosco, mas a dignidade e honra têm que ser zeladas por mim em particular, só assim é possível continuar a ter a família de amigos de que tanto me orgulho.

OBRIGADO AMIGOS

José Cavaca

De jmedeiros a 08.03.2012 às 21:21

gosto disto (like)

De bcmantunes a 08.03.2012 às 20:06

Viva meu caro amigo José Cavaca & Cª.
Mais uma bela colecção de imagens.
Mais uma passagem pela bela paisagem oferecida pela barragem da Marateca, vou continuara a chamar-lhe assim.
Quando a minha amiga Matilde Reis está em Louriçal do Campo diz que costuma ver uns ciclistas passar. Ela agora está cá. De vez em quando ausenta-se. Quando lhe pergunto está no sossego do Louriçal do Campo.
A propósito de manhã de cinco estrelas, parece que a coisa está preta no que respeita a água. Vamos ver por quanto tempo as barragens mantêm um bom nível de água.
Caríssimo J. Cavaca mais uma vez grato pela partilha das belas imagens neste espacito.
Grande abraço,
Belchior Madeira Antunes

Comentar post