Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mais uma fabulosa manhã.

Domingo, 19.02.12

cavaca 1

A amizade é um fruto de grande cultura; não se encontra entre gente vulgar, é muito rara a verdadeira. Estes foram os genuínos benfeitores que disponibilizaram uns minutos da sua vida para os conviverem na companhia de todos.

 

José Cavaca, Francisco Carrola, Helder Torres, Ilidio Soares, João António, Fernando Prata, David Fernandes, Palinhas, Fernando Mendes, e António Silva.

 

cavaca 2

Início da manhã bem frio, mas depressa aquecido com toda esta juventude.

 

cavaca 4

Passagem na Avenida da Liberdade, Fundão.

 

cavaca 5

Já na saída do Fundão na Avenida Padre Ferraz.

 

cavaca 6

Uma zona que particularmente gosto,,, a ponte entre o Pesinho e o Peso.

 

cavaca 8

Sobre esta ponte não resisti em capturar uma imagem do nosso rio Zêzere.

 

cavaca 7

Mas hoje era dia do nosso Fernando Mendes (Movistar) dar nas vistas!

Deixou a volta ao Algarve para estar na noosso companhia.

 

cavaca 9

Entrada na Freguesia do Peso.

 

cavaca 10

A nossa chegada à Covilhã. Passagem frente à Universidade da Beira Interior.

 

cavaca 11

E a chegada ao Pelourinho onde o nosso amigo Zé Carlos nos esperava.

Depois de provarmos as delícias que tinha para nos oferecer...

 

cavaca 12

A foto final desta manhã. Ficaram neste espacito as imagens de mais uns bons momentos passados na companhia de bons amigos e companheiros.

Para eles, e para os outros, os votos de um resto de bom Domingo.

 

 

TERÇA FEIRA SAÍDA DA SRA DO CARMO ÀS 9 HORAS.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 12:58


2 comentários

De Anónimo a 19.02.2012 às 14:12

Que maravilha de amnhã, obrigado Cavaca,Zé Carlos e todos os outros sem antes responder a uma frase do Cavaca. A ambição do homem é tão grande, que para satisfazer uma vontade propria, ele não pensa no mal que daí pode resultar. É pena mas é verdade. Cumprimentos a todos.

De José Cavaca a 19.02.2012 às 20:01

Caro colega, pelo comentário parece-me que o anonimáto é involuntário,,, mas não sei qual o sentido da segunda parte do mesmo.

Abraço

José Cavaca

Comentar post