Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Hoje, por Descoberto.

Sábado, 12.11.11

cavaca 1

Marco Alves, eu o José Cavaca, e Guilhermino Pais, saímos da Covilhã para uma volta com tanto de belo como de rigor.

Percurso: Covilhã, Fundão, Castelejo, Enxabarda, Bochinos, Malhada Velha, Descoberto, Maxial, Bogas de Baixo, Barroca, Silvares, Lavacolhos, Souto da Casa, Fundão e Covilhã, totalizando 119km e uma altimetria acumulada de 2230 metros.

 

cavaca 2

Depois de um café que nos deixou com sabor a mel sensual, lá entramos na Gardunha.

 

cavaca 4

 

 

cavaca 5

Seguiu-se Enxabarda, uma pacata e acolhedora aldeia da Beira Interior, situada  num vale rodeada por uma paisagem deslumbrante e verdejante.

 

cavaca 6

Assim que sa passa Enxabarda é sempre a subir, melhorando muito a panorâmica desta aldeia. Aldeia  em que a principal actividade é a agricultura, a pastorícia, e o fabrico de moveis.

 

cavaca 8

Mas continuamos sempre a subir.

 

cavaca 7

Já no alto da Serra, no cruzamento para o Açor e Bochinhos, a paisagem é deslumbrante.

 

cavaca 9

Depois foi sempre a descer até Malhada Velha. Pontos de interesse; Lagar de vara, fábrica de azeite, e Associação Cultural e Recreativa da Malhada Velha. Salienta-se ainda a Casa do Cogumelo que foi implantada na antiga escola primária da aldeia.
Gastronomia; o bom maranho e cabrito assado são os principais pratos confeccionados.

 

 cavaca 10

E seguiu-se Descoberto. Praticamente não se entra na aldeia, a estrada passa ao lado, e só entra quem lá vive ou tem necessidade.

Pouco ou nada encontrei sobre esta aldeia, o que posso publicar foi o que alguém afirmou. "Pode ser uma aldeia pequena, mas as raizes são muito fortes. As gargalhadas, as tardes de convívio, e as noites sempre animadas, venha quem vier.... o Descoberto é a terra Maior do mundo!!!

 

cavaca 11

Mas a nossa viagem continuou e Descoberto ficava lá atrás.

 

cavaca 12

A haver um galardão para esta volta, eu referia o Marco como merecedor pela vontade e empenho em a concluir.

Aqui, depois de Descoberto, dominava rampas de 16%.

 

cavaca 13

Já na N518, no alto de Janeiro de Cima, granjeia-se esta fabulosa imagem do Rio Zêzere.

 

cavaca 14

Sempre envolvidos pelas bonitas cores do Outono, descia-se agora para a Barroca.

 

cavaca 15

A freguesia de Barroca, situa-se nas vertentes da Serra da Gardunha, e distancia-se de 30 quilómetros do Fundão.

 

cavaca 16

E de novo a subir para o alto de Silvares. Era o prato do dia.

 

cavaca 17

Silvares.

Existe desde os primeiros tempos da monarquia portuguesa. Em 1226, o seu nome aparece numa escritura de doação da Lardosa aos Templários. Foi elevada a Vila no dia 21 de Junho de 1995. Uma vila que tem uma economia florescente, um bom e diversificado leque de equipamentos e, tem um grande número de instituições sócio-culturais.

 

 cavaca 18

Seguiu-se Lavacolhos.

Encravado no meio da montanha, o lugar que hoje se chama Lavacolhos deve ter surgido por volta de 1580 tendo em linha de conta a presença de remotos vestígios arqueológicos. De facto, a documentação mais antiga que encontrámos, foram os Registos Paroquiais de 1649 (na Torre do Tombo) e pelos óbitos neles inscritos, podemos concluir que Lavacolhos já mantinha, nesse tempo, como freguesia de Santo Amaro, uma vida bastante activa onde não faltavam os baptismos de filhos ilegítimos e casamentos com licença papal. Cremos que, cedo, gentes dos lugares vizinhos se tenham aí fixado. Nos referidos registos, verificámos, além da onomástica como Afonso e Rodrigues, de origem visigótica, uma particular devoção a Santo Ildefonso que, não sendo venerado na freguesia, foi no entanto arcebispo de Toledo de 657 a 667.

 

cavaca 20

Passagem em Lavacolhos.

 

cavaca 19

Finalmente rolava-se um pouquinho.

 

cavaca 21

E a minha terra, o Fundão. Lá atrás fica o "café com sabor a mel".

 

cavaca 22

Finalmente a nossa chegada à Covilhã. Foi uma volta caracterizada como "Rompepiernas".

Mas venham muitas como esta, ou diferentes, ou parecidas, ou variadas,,, nós estamos cá!!!

... talhados para todas... 

 

 (Amanhã, se não chover)

Todos a Belmonte, por uma boa causa.

AMANHÃ SAÍDA DA SRA DO CARMO ÀS 9 HORAS.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 06:16


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.