Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Hoje, volta inédita por Aldeia do Bispo.

Quarta-feira, 21.09.11

cavaca 1

Nem parece de mim mas é verdade, há tantos anos a percorrer estradas da nossa região, e nunca tinha visitado Aldeia do Bispo. Aldeia que se situa na Beira Interior na zona do Zêzere, com uma área total de 10, 75 Km2, e dista 6 Km da cidade da Guarda. Está edificada em reserva ecológica, marcada pela passagem de várias linhas de água, que correm em direcção ao Rio Zêzere e ao Rio Côa. A sua posição geo-estratégica permite-lhe observar todo o vale até á Serra da Estrela. É uma das freguesias mais antigas do concelho da Guarda e o seu território encontra-se entre o ribeiro de Santo Amaro e o da Amezendinha, afluentes do rio Teixeira e Fontão. Está delimitada a norte, pela Freguesia da Sé, a sul, pela Freguesia da Vela, a este, pelas Freguesias de Panóias de Cima e Ramela, e a oeste, pela Freguesia de Vale de Estrela. A Freguesia de Aldeia do Bispo tem, ainda, duas anexas, designadamente Santa Cruz e a Quintinha.
Situa-se no limite desta freguesia a conhecida ermida da Santa Cruz que fica num outeiro, nas proximidades do cruzamento de estradas (Guarda-Covilhã-Sabugal) nas imediações da cidade da Guarda. A invocação de Santa Cruz, que dá o nome ao lugar, é uma das provas de que existiu vida humana muito antes da Nacionalidade, já que é um culto antiquíssimo documentado na Ibérica desde o século IX.

 

O meu amigo Fernando acompanhou-me nesta volta inédita.

 

cavaca 2

Subida para o alto de Santa Cruz.

 

cavaca 3

A meio da encosta já se avista a Aldeia do Bispo.

 

cavaca 5

Vista da Aldeia desde a N18.

 

cavaca 6

*****

 

cavaca 4

Casas típicas da Aldeia.

 

cavaca 2

Gentes da aldeia.

 

cavaca 4

Depois de uma breve pausa, pedalamos depois rumo ao Sabugal.

 

cavaca 9

Sabugal.

 

 

cavaca 7

E vamos para casa que o trabalho espera. Obrigado Fernando pela companhia.

 

 

SÁBADO VAMOS A FÁTIMA

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 05:38


3 comentários

De bcmantunes a 21.09.2011 às 22:06

Viva, meu caro amigo José Cavaca & Cª.
Dizer que todas as regiões do nosso País são belas é comum e normal.
Quero agradecer ao amigo Cavaca mostrar-nos mais um desses lugares da Beira Alta.
Certas imagens deixam-nos a pensar...! Uns têm de trabalhar de sol a sol até morrerem. Outros em meia dúzia de anos nos diversos lugares públicos para que foram nomeados, adquirem reformas vitalícias acumuladas, aos quarenta e tal anos de idade.
Façam boa viagem até Fátima e que tudo corra como desejarem.
Caríssimo, J. Cavaca, foi um prazer estar neste espacito para lhe desejar tudo de bom.
Grande abraço,
Belchior Madeira Antunes

De José Cavaca a 22.09.2011 às 00:05

Bem vindo meu amigo Belchior, já tinha notado a sua falta, ainda hoje mesmo comentei isso com o Fernando Caetano,,, mas está presente e espero que de boa saúde. Meu amigo, admiro a forma como aborda alguns assuntos e como os relaciona,,, observe o rosto serio deste homem honesto que conduz a sua viatura,,, são pessoas especiais, têm humildade e habilidade para dividir as suas vidas com os outros. Agora imagine os que nos gover... são personagens que têm habilidade para subtrair o possível e o impossível da vida destas gentes especiais.

Muito obrigado pela sua gentil visita e culto comentário.

Grande abraço

José Cavaca

De Anónimo a 25.09.2011 às 23:23

Sr Fernando sempre em forma


Comentar post