Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Hoje a volta de Monsanto.

Quarta-feira, 06.07.11

  cavaca 1

Às 7h 30m reuniram-se nos Arcos, Fernando Caetano, João Rato, José Cavaca, Ricardo Abreu que se dignou ir dar um abraço pessoal ao João Rato, e João Venâncio, para uma visita a Monsanto que é uma aldeia histórica de Portugal,  designada de o Cabeço de Monsanto. Situa-se a nordeste de Idanha-a-Nova e irrompe repentinamente do vale. No ponto mais alto o seu pico atinge os 758 metros.

Pedalamos por, Fundão, Alto da gardunha, Vale de Prazeres, Orca, Proença-a-Velha, Medelim, Monsanto, Salvador, Aranhas, Penamacor, Capinha e Covilhã.

Obrigado João Rato pela tua presença, só é pena não poderes ficar tempo suficiente para percorrermos mais estradas que ainda sustentam trilhos do passado.

 

cavaca 3

E fomos para a estrada, pois a ânsia de dar aos pedais com J. Rato era muita .

Serra da Gardunha em frente.

 

cavaca 5

Venâncio, depois de ontem ter subido a Estrela, hoje tudo fez para nos acompanhar.

Há poucos.

 

cavaca 6

Passagem no ponto mais alto do dia, Alto da Serra da Gardunha.

 

cavaca 7

Passagem em Vale de Prazeres. Freguesia do concelho do Fundão, com 1510 habitantes.

 

cavaca 8

Estrada N239 e Venâncio, duas benevolências.

 

cavaca 9

Hoje parecia Primavera. Temperaturas não excederam os 28 graus.

 

cavaca 10

 Entrada na Orca. É uma freguesia do concelho do Fundão,  fazendo parte da diocese da Guarda e da antiga província portuguesa da Beira Baixa, tem cerca de  800 habitantes.

 

cavaca 11

Proença-a-Velha

Com uma vida que ronda seguramente os mil anos, Proença-a-Velha é uma das mais antigas povoações de Portugal. Temos notícia da sua existência desde os alvores da nacionalidade, quando o rei Afonso Henriques desenvolvia a sua política de recuperação e povoamento indispensáveis à identidade geográfica do seu reino.

 

cavaca 12

Passagem em Medelim, estava-se muito proximo de Monsanto.

 

cavaca 14

João Rato tentava fugir, só não o fez porque não quis.

 

cavaca 16

Monsanto à vista.

 

cavaca 26

E João esquiva-se mesmo, mas para uma boa causa...

 

cavaca 18

...fotografar a chegada a MONSANTO, nada fácil...

Monsanto, a presença humana neste local data desde o paleolítico. A arqueologia diz-nos que o local foi habitado pelos romanos, no sopé do monte. Também existem vestígios da passagem visigótica e árabe. Os mouros seriam derrotados por D. Afonso Henriques e, em 1165, o lugar de Monsanto foi doado à Ordem dos Templários que sob orientações de Gualdim Pais, que mandou construir o Castelo de Monsanto.

 

cavaca 20

E a nossa foto família em Monsanto com o típico galo lá atrás.

 

cavaca 21

Depois de uma breve visita, descia-se agora para Relva em direção a Salvador.

 

CAVACA 1

Mas, pragmático e conhecedor das suas capacidades, na base de Monsanto chega o nosso Zé Carlos que também quis cooperar da volta com o João Rato.

 

cavaca 23

Aqui prontificavam-se pernas para a subida de Salvador.

 

cavaca 24

Aqui na freguesia de Salvador, despedíamo-nos também de Monsanto.

 

cavaca 4

Quem te viu em 1987, e te vê agora, só muda o velocípede.

 

cavaca 25

Chegada a Penamacor.

 

CAVACA 2

De Penamacor à Capinha ainda se "brincou" aos velhos tempos, mas os novos foram-se.

 

cavaca 27

Chegada à Covilhã, voltamos a carimbar estradas para mais tarde recordar.

Recordar o que se pedalou, equivale a semear, assim, fomos condenados a repetí-lo.

 

OBRIGADO COMPANHEIROS

 

 

PROXIMA VOLTA É SÁBADO.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 06:07


15 comentários

De jmedeiros a 06.07.2011 às 11:17

Desejo uma boa volta aos dois amigos Avidesa 1987, por cá vou entrar em período de descanso sabático.
Ciclismo também é saber parar quando estamos bem fisicamente, mentalmente e familiarmente.
Vou continuar a seguir as pedaladas do amigo Cavaca por aqui.
Um grande abraço do sempre seu amigo Medeiros

Quer ir a Palmela em Agosto??

De José Cavaca a 06.07.2011 às 21:11

Olá Medeiros, foi mais uma volta para não esquecer, muito grato pelos votos de boa volta.
Fico também contente que vai continuar a seguir-nos neste jornalinho.

Quanto à ída a Palmela em Agosto, está mesmo fora de questão, e por duas razões, uma porque em Agosto tenho os fins de semana ocupados,,, e a outra, com temperaturas altas não se devem fazer 320km. Mas em Outubro tenho muita esperança que volte a repetia a graça, aí conto com alguém capaz de fazer esta voltita.

Também já lhe respondi para o mail.

Grande abração e boas férias.

José Cavaca

De jmedeiros a 07.07.2011 às 09:22

Amigo Cavaca,
Eu já havia referido há meses atrás a felicidade e alegria que seria reunir os bravos da "Avidesa 1987", foi pena o João Rato não estar no Dominog juntamente com o Cavaca, Cavalheiro e Venâncio, mas penso que ainda faltará um colega?!
Claro que vou continuar a ler este jornalinho, pois é a nossa novela e é a primeira coisa que vejo de manhã!
Em Outubro se estiver de boa saúde e em forma fisíca irei acompanhá-lo a Palmela com muito gosto, será uma honra.
Grato pela resposta, pois às vezes para se dar um passo em frente temos que dar dois para trás, contudo não é tanto uma paragem mas sim uma pausa para ponderar algumas questões.
Um grande abraço do sempre seu amigo Medeiros e boas pedaladas.
Grato pela resposta

De bcmantunes a 07.07.2011 às 15:03

Viva, meu caro amigo Jorge Medeiros.
Ai aquele arroz doce lá na Aldeia Formosa vai manter o radar ligado!
Isso também se ultrapassa. Quando vier à lembrança o arroz doce, bebe-se um copo de água!
Força Medeiros!
Ao menos uns rolitos para ir mantendo as pernas.
Caríssimo, J. Medeiros, saúde tudo de bom.
Grande abraço,
Belchior Madeira Antunes

De LOURENÇO a 06.07.2011 às 17:08

Boas

Acho muito engraçado as fotos do Venancio.
Sempre a comer. eheheheheheh

Abraço

De José Cavaca a 06.07.2011 às 21:13

Lourenço, e isto ainda não é nada,,, só quem o acompanha durante 5 ou 6 horas se apercebe do verdadeiro homem Tarzan.

Grande abraço e continua a pedalar.

José Cavaca

De Ricardo Abreu a 06.07.2011 às 22:58

Muito Boas Colegas

Mestre Cavaca tens toda a razão o "Italiano" João Rato está na mesma, e eu acho que até com o velocipede verde que em tempos mandou fazer especialmente para as suas medidas ele andava igual.

Há mais de 10 anos que não estava pessoalmente com o meu "Padrinho de ciclismo"hoje em dia muito me lembro dele nas horas de sofrimento, de todos os ensinamentos e palavras de animo que sempre me deu e às vezes bem que dava muito jeito a sua mão a empurrar-me como o fez na primeira vez que subi a serra, isto pra aí em 1988.

O João Venâncio continua a mesma "estaca" de sempre, o seu porte atletico, e sempre pronto pra reinar, têm sempre um sorriso mesmo que a hora seja de aperto.

Bons Tempos e não fosse a violenta queda que sofri a descer a serra na curva do parque de merendas e nunca tería algum dia parado de pedalar.

Abraço a todos

RA

De Zé Carlos a 07.07.2011 às 06:54

Bom dia Zé…

Foi uma grande volta para mim…. Mas com a vossa companhia quase não notei os km….olha… não cheguei ao vermelho…. A médias das minhas pulsações foi de 113bpm durante toda a volta e a Max,,, foi de 141bpm… deixo também um abraço aqui ao nosso Ratinho que aproveite os dias entre noz e que faça uma boa viagem de regresso…

Abraço

z.c

De voz do goulinho a 07.07.2011 às 09:13

Amigo Cavaca a Voz do Goulinho vai espreitando e dezejo boas pedaladas com muita saude.

Um abraço
António Assunção

De LOURENÇO a 07.07.2011 às 11:29

A ciclista australiana Carly Hibberd morreu quarta-feira ao ser atropelada por um carro quando treinava numa estrada da região de Como, norte de Itália, revelaram fontes oficiais australianas.


A desportista, de 26 anos, tinha mudado a sua residência para Itália em 2009, corria pela equipa Cassina Rizzardi A Style e era uma das jovens promessas australianas no ciclismo.


No momento do acidente, Carly Hibberd treinava com o colombiano Diego Tamayo numa estrada entre as cidades de Appiano e Gentile.


Apesar dos esforços dos socorristas, Carly Hibberd morreu pouco depois do acidente, mas o seu treinador conseguiu sair ileso do choque.


A morte de Carly Hibberd reavivou a memória do falecimento da também australiana Amy Gillet, em 2005 aos 29 anos, ao ser atropelada por um veículo durante um treino numa estrada da Alemanha, no qual ficaram ainda feridos os cinco companheiros da equipa.


De bcmantunes a 07.07.2011 às 14:52

Viva, meu caro amigo José Cavaca & Cª.
Cá estamos mais uma vez a dar relevo ao excelente trabalho que no dia a dia é levado a cabo pelo Cavaca & Cª acrescentando algo no sentido de contribuir para alimentar o nosso jornalinho.
Para lá do que faz parte do dia a dia (dia sim dia não) do ciclismo da Provideo, estão os nossos companheiros Zé Carlos, que está quase na máxima forma, e o João Rato fala-se no lobo e ele salta detrás da moita. Aí está o J. Rato a pedalar na Covilhã, a quem desejo uma excelente estadia na nossa belíssima região.
Quanto ao resto é o costume uma fugida aqui um zás ali, umas ameixas e umas cerejas rapinadas pelo J. Venâncio. Aquele corpinho não se mantêm com umas barritas...
Caríssimo, J. Cavaca, desejo tudo de bom.
Saudações cordiais,
Belchior Madeira Antunes

De José Cavaca a 07.07.2011 às 20:11

Meu bom amigo Belchior, havia quem dissesse que, se não queres trabalhar toda a tua vida, arranja um trabalho que gostes. Nunca esqueci esta frase, mas nos tempos que correm é difícil. Quanto ao nosso amigo João Rato, é uma personalidade singular, felizmente tenho o prazer de o ter como amigo. Só lamento ele ter que ir embora já no Sábado, mal deu para aquecer, mas jé foi muito bom. O Venâncio é outro impar amigo, tanto ele como eu não nos recordamos de nos termos conhecido,,, parece que nascemos amigos e conhecidos,,, é curioso mas é verdade.
Caríssimo Belchior, muito obrigado uma vez mais pela visita, até porque quando tarda algum comentário, pensamos logo que já foi de férias.

Um grande abraço cá do pessoal.

José Cavaca

De Anónimo a 09.07.2011 às 00:23

Pena que só aceite comentários daquilo que convém ao grupo, pouco interessa a categoria de cada um............

De José Cavaca a 09.07.2011 às 06:11

Pena que não tenha coragem de se identificar... tem uma categoria muito baixinha...

De Joao Rato a 11.07.2011 às 23:39

Foi uma volta muito agradável e com boas sensações apesar da ausência de treinos nos últimos meses. Um obrigado especial para o Cavaca pelo seu sempre impecável "savoir faire" e alegria! Outro grande obrigado ao amigo Ricardo Abreu pela agradável surpresa da visita matinal - pena não ter podido dar a volta conosco para prolongarmos a conversa e recordarmos as aventuras de há anos atrás. O João Venancio confirma mais uma vez as grandes qualidades de atleta incansável todo o terreno e de angariador de frutósio! O Fernando foi a vedeta do grupo com uma forma superior a todos os demais. Notável também o Zé Carlos que nos alcançou quase em Monsanto e fez um excelente trabalho na anulação da primeira fuga do Fernando! Primeira sim, porque na segunda não nos deu hipóteses de seguir o seu ritmo e só o apanhámos à espera  na fonte da Capinha!

Fica aqui um abraço a todos os outros amigos e companheiros que desta vez não tive oportunidade de rever. Peço desculpa mas o tempo à disposição nestas curtas férias não deu para mais. 

Até breve, 
JR

Comentar post