Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Amanhã, de Covilhã pela Atalaia do Campo.

Sexta-feira, 11.02.11

cavaca

Há muito que não passamos na Atalaia do Campo, que é uma freguesia portuguesa do concelho do Fundão, com 11,19 km² de área e 645 habitantes (2001). Densidade: 57,6 hab/km². Foi vila e sede de concelho entre 1570 e o início do século XIX, quando foi integrada no município de Alpedrinha. Era também designada por Atalaia da Beira. Tinha apenas uma freguesia e, em 1801, 358 habitantes. Amanhã vamos saír da Covilhã rumo ao Fundão, Alpedrinha, Povoa da Atalaia, Atalaia do Campo, Orca, São Miguel de Acha, Pedrogão, Penamacor, Maimoa, Três Povos, Peroviseu. Capinha e Covilhã.

 

ALGO QUE TEM DE FICAR BEM CLARO.

Caros colegas, para que não haja duvidas no que respeita às voltas aqui divulgadas, e para todos aqueles que nos queiram acompanhar saberem com o que podem contar,,, afianço que nosso objectivo é apenas convívio, desporto, e diligenciar algum esforço em cativar muitos amigos à pratica deste belo desporto que é o CICLISMO!

Todo aquele que vier com propósitos competitivos ou infamar os que menos preparados estão,,, PODEM FICAR EM CASA.

Vamos pedalar com alegria, cada um anda o que pode, o que quer, e o que deseja!

 

UMA VEZ MAIS AFIRMO, AS NOSSAS MANHÃS SÃO DE INCONTESTÁVEL CONVIVÊNCIA.

 

 

AMANHÃ, SAIDA ÀS 8H 30M DOS ARCOS.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 06:46


23 comentários

De Bruno Pereira a 11.02.2011 às 15:25

palavras sábias, quem me dera poder pedalar com vocês...

De José Cavaca a 11.02.2011 às 21:14

Companheiro Bruno, simplesmente gostava de o conhecer pessoalmente,,, e posso afirmar que farei tudo "se for possível", para pedalar na nossa companhia. Gostava de saber de onde é, e quais as possibilidades de um dia estar presente.
meu mail, provideo_cavaca@hotmail.com

Com um grande abraço, despeço-me

José Cavaca

De jmedeiros a 11.02.2011 às 16:15

Assino em baixo:
Medeiros

De José Cavaca a 11.02.2011 às 21:16

Medeiros, apenas lhe peço que não exagere muito nos seus treinos, vá aumentando gradualmente.

Muito obrigado pela assinatura.

José Cavaca

De Ricardo Abreu a 11.02.2011 às 17:20

Muito Boa Tarde

Pena que tive esta semana não poder estar presente na volta de 4ªfeira e mais pena ainda tenho de amanhã não poder estar igualmente presente, mas o junior faz hoje 1 anito e amanhã há que festejar.

Com respeito ao espirito que saudavelmente promoves nas voltas, quero desde já salvaguardar que os comentários que teço quanto às "fugas" são puramente em tom de comédia, pois competição não combina com harmonia e espirito de camaradagem, e comigo tambem ninguem fica para trás.

Abraço a todos e Bom Fim Semana

RA

De José Cavaca a 11.02.2011 às 21:19

Companheirão Ricardo, não necessitavas de te justificar,,, em pouco tempo deu para conhecer as tuas aptidões, a tua amizade, e a tua boa companhia.
Muito obrigado pelas brincadeiras, e fugas fictícias que implantas nas nossas voltas.

Um abração

José Cavaca

De "O farpas" a 11.02.2011 às 20:34

Pois é Carissimo Senhor Cavaca

Competição!!!! bem me parecia que o seu grupo se estava a subdividir em 3 !!???
os pseudo profissionais.
os pseudo amadores e
os cicloturistas de fins de semana. Estes sim os perturbadores.... dos egoistas e egocêntrios pseudo profissionais/amadores. O ciclismo tem a sua beleza quando praticado em função da amizade do desportivismo da simpatia e da paciência,( que falta a alguns) uma vez que nem todos têm o mesmo ritmo de pedalada ou preparação fisica. A dizer:- os que andam muito podem sem dificuldade acompanhar os que andam pouco auxiliando-os incentivando-os e motivando-os. Já vi algumas das "vedetas andarem grande parte da época a arrastarem-se" e mais não digo, fico por aqui.
Ciclismo é: desfrutar da bicicleta e não ser escravo dela.
Ciclismo é amizade e companheirismo.
Cisclismo é gozar... com ou sem selim.....
Salut.

De José Cavaca a 11.02.2011 às 21:23

Amigo "Farpas",,, é provável que algém se pique, mas não é esse o meu propósito.
A minha luta vai toda neste recado que escrevi no POST, quero, queremos e desejamos manhãs de convívio desportivo, só assim se pode ter vontade de largar o quente da cama, para ir ao encontro do calor dos amigos.

Grande abraço

José Cavaca

De Carlos Pereira a 11.02.2011 às 20:59

Amigo Cavaca, o vosso grupo e um exemplo.
No nosso, se não nos agarramos bem a uma roda ficamos mesmo pelo caminho.
Para ter uma ideia do grupo, há 3 anos, parti o colo da Omoplata, nesse dia todos me ligaram, mas nos 2 meses seguintes nem 1 telefonema.
A partir dessa altura vi que amizade neste grupo não existe.
O meu ciclismo já não e este.

Só para ter uma ideia aqui deixo o blog,
http://conversasdeciclista.blogspot.com
Um Grande abraço e boa volta para amanhã.

De José Cavaca a 11.02.2011 às 21:30

Colega Carlos Pereira, uma vez mais grato pela visita. Também já dei uma olhadela no blog, há que continuar, não pare, procure um dia travar o andamento a essas motas e conversar um pouco enquanto pedalam, mostre-lhes o bom que é poderem observar a natureza, comerem, e conversarem enquanto pedalam,,, há tempo para tudo, também aqui por vezes se rola muito bem, mas depois vem a calmia e os comentários. Lamento o ter partido o colo do Omoplata, espero que já esteja recuperada,,, mas ficou a saber quem na realidade o quer na roda,,, "todos o fizeram descolar, quando mais precisava",,, É ISSO QUE EU TENTO EVITAR NESTE BOM GRUPO.
Grande abração, e um dia tente aparecer por cá.

José Cavaca

De ciclotrilhosdesantarem a 11.02.2011 às 21:00

Desde que descobri este blog sou visita assídua, quase diária.E porquê? Porque gosto muito de ciclismo e cicloturismo,aprecio as fotoreportagens das voltas pela Serra da Estrela mas sobretudo pelo espírito de sã convivência desportiva que o senhor Cavaca imprime ao seu grupo.Aplaudo, se me for premitido, a insistência e intransigência com que o senhor Cavaca apela a esse espírito e acho mesmo que esse é o segredo para o crecimento e fortalecimento do seu grupo e do seu blog.

Tomás de Santarém

De José Cavaca a 11.02.2011 às 21:41

Muito grato aos ciclotrilhosdesantarem pela visita, e mais ainda pelo comentário.
Pelo que li neste seu comentário, conseguiu fotografar toda a minha ideia,,, é talvez mesmo, este o segredo do crescimento e fortalecimento deste grupo, por isso mesmo, quando me apercebo de que algo começa a descarrilhar, tenho que lembrar os amigos com alguns recados como este. Colega Tomás, um dia que venha para esta zona agrqdeço que nos diga algo, será um prazer conhece-lo, ainda mais que é dessa bonita cidade que sempre gostei, e penso que tem alguma ligação já muito antiga com a Covilhã.

Grande abração para o colega Tomás, e boas voltas pela linda cidade de Santarém.

De Lourenço a 11.02.2011 às 23:15

Boas

Eu sou o exemplo do mal preparado que arriscou no ano passado fazer 150 kms com este grupo e apesar de quando cheguei a Penamacor já estar completamente esgotado, este grupo nunca me deixou para traz, não é Cavaca, Palmeirao, Sr, sim Sr José Macedo com os seus 62 anos, Alberto ainda te lembras do gel que me deste no fundão? Etc, Etc, todos foram impecáveis e a volta ate foi mais rápida pelo enorme convívio e amizade.

Abraço a todos

De José Cavaca a 12.02.2011 às 07:56

Amigo Lourenço, é esse poder de ajuda que não quero perder neste grupo, antes pelo contrário, quero que futuros iniciantes ao ciclismo se sintam apoiados, é a única razão para poderem dar continuidade ao que iniciaram,,, de outra forma na próxima volta vão ficar em casa.

Um grande abraço, e continuação de boas voltas.

José Cavaca

De Helder Torres a 11.02.2011 às 23:21

Subscrevo totalmente. Um abraço.

Helder Torres

De José Cavaca a 12.02.2011 às 07:58

Ó companheirão Helder, o Sr. pertence aos sprinters,,, tal como o António Sá, o Palinhas, eu, etc. etc. etc....

Grande abração

José Cavaca

De António Lebre a 11.02.2011 às 23:27

Há já algum tempo que por aqui não aparecia, tal como nos passeios deste "Grupo do Cavaca", infelizmente por razões várias não me tem sido possível mas assim que puder lá estarei. No entanto, depois de ler a mensagem do Cavaca, só quero deixar um aviso. Ninguém consegue andar mais do que a "Lebre", por isso nem vale a pena tentar, porque quando eu voltar... não vou ver ninguém atrás de mim...Eh,Eh,Eh

A. Lebre

De José Cavaca a 12.02.2011 às 08:00

Ó Lebre, não sei o que se passa, mas andas cá afazer falta,,, pelo menos eu seguia a tua roda, he,he,he,,,

Grande abraço e regressa breve.

José Cavaca

De João Martins a 12.02.2011 às 00:45

E eu cá estou, na esperança de que me tirem o gesso ao pé na próxima Segunda-Feira, e de voltar ao vosso convívio nos passeios de fim-de-semana.
Trata-se efectivamente de um grupo com um espírito do mais saudável que já conheci, e onde há lugar para todos: os "campeões" que gostam de acelerar, e os não menos campeões que nos presenteiam com a sua presença, espírito de grupo e boa disposição.
Assim se faz um grupo de amigos coeso, e que fica para sempre.
Um abraço a todos, e em especial ao Cavaca que é a alma de todo o grupo!

De José Cavaca a 12.02.2011 às 08:04

Companheiro João, espero que brevemente voltes ao grupo com as tuas fugas infernais,,, mas quanto ao teu pé, não sei bem o que te passou, parece que foi na BTT, já te telefonei para saber ao certo o que se passou, mas não pudes-te atender. Logo que possa vou ver-te, provávelmente ainda hoje. Penso que estás em Viseu, depois diz algo.

Grande abraço.

José Cavaca

De João Martins a 12.02.2011 às 23:26

Caro Cavaca,

Se tudo correr como previsto, já tiro o gesso na 2ª Feira e começo a recuperação. Mal posso esperar.

Um abraço a todos!!

Comentar post


Pág. 1/2