Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Da Covilhã até às Aranhas.

Domingo, 04.07.10

 

Mais uma manhã memorável, mais uma estreia no grupo, e o calor está para ficar.

 

Da esquerda para a direita, o amigo Helder, Guilhermino, Chico, Nuno Marques, Steve Sá, José Cavaca, Fernando Caetano, Sérgio Rodrigues, Paulo Jesus, António Sá, David Quintela e Kevin Sá, compareceram na Sra do Carmo para uma volta de puro convívio, pedalando por Caria, Terreiro das Bruxas, e na Sra da Povoa eu segui para o Parque de campismo do Freixial(Aranhas) onde a família me esperava para uma apetitosa sardinhada,,, enquanto o grupo regressava à Covilhã pela zona dos Três Povos. Um muito obrigado a todos pela companhia que me fizeram.

 

O nosso aquecimento habitual, hoje quase desnecessário.

 

Passagem na reparada Ponte de Caria.

 

O nosso estreante no grupo, mas já conhecido Guilhermino,,,bem vindo!

 

Paragem para abastecimento liquido no T. das Bruxas.

 

 

Chegada ao Parque de Campismo do Freixial, aqui marcava 39 graus.

 

A sardinha esperava por mim...

 

...eu não me fiz rogado, e não a fiz esperar.

 

A bici também teve lugar à mesa.

 

Próxima volta,

 QUINTA FEIRA A ALCAINS.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 22:43


6 comentários

De bcmantunes a 05.07.2010 às 16:37

Ora viva meu caro amigo José Cavaca, cordiais cumprimentos.
Que essa tarde de convívio familiar tenha servido para recuperar forças para a próxima volta.
O gigantesco carrossel das estradas de Arganil não dá para descansar. Nem a descer! Para ir ao Piódão, ou Colcurinho, não é possível de outra maneira. É como subir à Torre. Tem que ser a poder de pulmão, perna e braço. Se for por Côja, não se altera muito. O Piódão e o Colcurinho estão sempre no mesmo ponto geográfico. A partir de Portela da Cerdeira começa a subida que só termina já próximo do Piódão. Volte sempre com novos companheiros. alguns dos que não foram estarão a pensar: Olha do que me livrei! Não é tanto assim; Só o pedal do amigo Cavaca é que avariou...
Caríssimo, J. Cavaca e Cª, saúde é que desejo para bons passeios sempre bem acompanhado.
Saudações cordiais,
Belchior Madeira Antunes

De José Cavaca a 05.07.2010 às 20:29

Amigo Antunes, os meus cordiais cumprimentos, e o agradecimento da sua visita. Diz muito bem "o gigantesco carrossel das estradas de Arganil não dá para descansar", mas é cativante pedalar por toda aquela região, e como já tenho dito, com amigos nenhum caminho é longo. Quanto ao pedal, foi um gasto extra de energias, mas já está resolvido. Meu bom amigo, enquanto eu tiver saúde, pernas, bicicleta e amigos, este blog não para de pedalar.

Grande abraço ciclístico cá do pessoal.

José Cavaca

De abel a 05.07.2010 às 16:42

Ola amigo José espero que a sardinhada estava boa se nao fazer reclamaçao ao nosso amigo Dirio ja vi que foi ele o coziheiro isso tambem sào bons momentos da vida conviver com a familia é bonito cumprimentos par todos PAULO DIRIO LENA ADERITO e par os restantes Familiares e par voce e Maria José um grande abraço amigo Abel

De José Cavaca a 05.07.2010 às 20:32

Olá Abel, a sardinhada estava uma delícia,,, e no campo sabe muito melhor. Os cumprimentos cá serão dados a todos, até ao cozinheiro!!! foi o Dírio sim senhor, ele tem jeito prá coisa.

Um grande abraço e cá vamos esperando.

José Cavaca

De jmedeiros a 05.07.2010 às 16:48

Olá!
Tanta pedalada que pedalou o pedal.
É bonito quando se pode aproveitar a companhia da familia e dos amigos,
tudo de bom
´Medeiros

De José Cavaca a 05.07.2010 às 20:35

Boa tarde Medeiros, é "uma volta de se lhe tirar o pedal", uma das mais duras deste ano, falo da volta de Piodão. Quanto à de Domingo, foi um simples passeio com os amigos que me acompanharam até à Sra da Povoa. Um grande abraço, espero que não treine demais, e já vai sendo tempo de dar uma volta por cá.

José Cavaca

Comentar post