Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O amigo António está de volta!

Quinta-feira, 06.05.10

O nosso amigo e companheiro António está de volta para fazer mais umas voltas na nossa companhia.

Hoje fez-me uma visita surpresa no local de trabalho, muito obrigado.

Esta foto foi tirada no dia da sua despedida, em 28 de Outubro de 2009.

 

Bem vindo às nossas voltas!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 19:30


4 comentários

De bcmantunes a 06.05.2010 às 21:39

Ora viva, amigo José Cavaca & Cª, cordiais cumprimentos.
Bem-Vindo, Sr. António! Pelo que sabemos a seu respeito, merece alguns mimos. Deixe-se ficar, que está cá bem.
Caríssimo, J. Cavaca, agora colocar a conversa em dia vai demorar. Tudo de melhor para vós.
Saudações cordiais,
Belchior Madeira Antunes

De José Cavaca a 06.05.2010 às 21:53

Caríssimo Antunes, sempre em cima do acontecimento, é de louvar!!! Muito obrigado, respondo pelo nosso amigo António, porque de momento não tem NET. Merece sim senhor um mimo, tenho uma estima e admiração muito especial por este Senhor, já pedalou muitas horas a meu lado, e já me contou muita coisa da sua vida,,,o ciclismo não é só pedalar, e o amigo Antunes tem observado isso no nosso blog. Muito obrigado uma vez mais, um grande e forte abraço de nós todos.

José Cavaca

De bcmantunes a 06.05.2010 às 22:31

Boa noite, caríssimo, Cavaca.
Observo algumas coisas... Como por exemplo o que está escrito sobre utilizadores de bicicletas das diversas formas.
Isso é que é de louvar. De uma forma despretensiosa, se assim se pode dizer. Pois quer queiramos, quer não. Este blogue tem muitíssimos seguidores e leitores. Portanto tudo o que nele for publicado chega a alguém. Esse alguém está ligado a mais alguém. É como as cerejas, umas ligam às outras.
Já que estou a falar do assunto, provavelmente já não irei dizer mais nada sobre o mesmo no outro post. No entanto quero dizer que é frequente ouvir-se dizer... Vai para o passeio. Ora em passeio já nós vamos. Chamar nomes, Enfim, é uma questão de educação. Os meus Pais e os meus Avós diziam, quem vai, vai, Quem está, está. Em linguagem adulta isto quereria dizer para respeitar os outros.
Acho bem que dê a conhecer o que se pode fazer para convencer os que andam de carro a terem uma postura diferente. As leis não servem para muito se os automobilistas não se habituarem a respeitar quem anda nas ruas. Afinal, hoje estamos no carro amanhã estaremos a pé.
Pela minha parte, o meu agradecimento por contribuir para que o assunto seja falado.
Caríssimo, Cavaca, desejo tudo de melhor.
Saudações cordiais,
Belchior Madeira Antunes

De jmedeiros a 07.05.2010 às 22:46

Bem vindo sr. António!
Espero pedalar na sua companhia.
cumprimentos
Medeiros

Comentar post