Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Saímos da Covilhã às 10h 45m.

Domingo, 18.04.10

Perdemos a paciência, e às 10h 45m metemos sapatos nos pedais e toca a pedalar. Mesmo debaixo de chuva fizemos  mais de metade da Clássica.

Participaram António Lebre, Alberto, Nuno, Medeiros, Kevin e Cavaca.

Um agradecimento ao amigo Lebre, por ter acompanhado o Medeiros durante parte da clássica.

 

Percurso: Covilhã, Orjais, Belmonte, Olas, Quinta Cimeira, Maçainhas, Belmonte, Orjais e Covilhã, totalizando 65km.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 14:37


6 comentários

De jmedeiros a 18.04.2010 às 19:07

De jmedeiros a 18 de Abril de 2010 às 10:21
Obrigado chuva, mais uma manhã na sempre agradável, simpática e sábia companhia do mestre e amigo Cavaca.
E afinal sempre vamos dar uma saidazita para matar o bicho!
Abraço a todos e a clássica fica para a semana.
Medeiros

De jmedeiros a 18.04.2010 às 19:57

Apesar da chuva intensa e persistente e depois de três horas à espera que fosse embora perdemos a pacÊncia e fizemos mais de meia Clássica, rodamos 62 Kms em 3H05' e subimos 1158 metros.
Ao Km 34 em Maçainhas o meu cabo do desviador traseiro foi-se e graças ao engenho e companheirismo do amigo Lebre eu pude fazer os 28Kms desde Maçainhas até ao refúgio com a cassete 15 dentes e com algum sofrimento, sempre debaixo de chuva e sempre na companhia do amigo Lebre!
Ao chegar à Sra. do Carmo esperavam-nos o José Manuel e seu filho de 13 anos que fizeram questão de me acompanhar e ao Lebre até À Covilhã, pois já tinham conhecimento da minha avaria através do Cavaca e esperavam-nos.
Obrigado a eles também!
Cavaca obrigado pela companhia e almoço mais uma vez!
O Lebre já tem lugar cativo na minha lista de amigos que podem contar comigo para o que for preciso.
Foi incansável!
Abraço
Medeiros

De José Cavaca a 18.04.2010 às 20:09

Parece que os escolhemos a dedo, mas não. É realmente mais um colega a estimar, o amigo António Lebre que recentemente nos começou a fazer companhia. Já o referi aqui uma vez, e volto a agradecer a sorte que temos nos colegas que vão aumentando este grupo. Também já agradeci ao amigo Lebre a ajuda prestada ao Medeiros,,,peço desculpa por não vos acompanhar, mas eu também estava limitado, tinha trabalho de tarde. Mas, amigo Medeiros, já lhe disse pessoalmente, e volto a referi-lo, ontem não devia ter dado aquela volta, sabendo que hoje tinha o gosto de participar na clássica. Grande abraço a todos cá do Cavaca.

José Cavaca

De jmedeiros a 18.04.2010 às 20:34

Não precisa de pedir desculpa, sei que faz tudo o que pode e que está ao seu alcançe e até mais!
O amigo Lebre foi extraordinário!
Eu e a minha cabeça, pois não devia ter andando tanto ontem e hoje por azar logo havia de ficar sem o cabo do desviador traseiro.
È caso para se dizer: Foi-se um cabo descobriu-se um grande amigo, já nas Pedras Lavradas me tinha apercebido da sua elevada potencialidade para o ciclismo, do seu grau de amizade, da grandeza e simplicidade patente no ser humano que é o amigo Lebre, hoje foi só a confirmação se é que era necessária!
Abraço a todos!
Medeiros

De jmedeiros a 19.04.2010 às 19:36

Zé Carlos e filho, fica aqui a correcção e as desculpas.
abraço
Medeiros

De António Lebre a 19.04.2010 às 20:14

Companheiros não fiz nada de especial, a amizade é que conta e certamente que qualquer outro o faria, e quando existem compromissos, como foi o caso do amigo Cavaca, os mesmos estão em 1º lugar. Assim como no próximo fim de semana em que eu não os poderei acompanhar devido ao trabalho, eventualmente dou umas voltas sempre perto de casa.
Boas pedaladas e um abraço a todos.
Lebre

Comentar post