Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Lance Armstrong e Alberto Contador.

Quarta-feira, 10.03.10

Enquanto Lance Armstrong não tem pejo em dizer que a rivalidade com Alberto Contador é benéfica para o ciclismo, pois aumenta o mediatismo da modalidade, o espanhol recusa dizer quem é o responsável pela polémica – “a história está aí, façam o que quiserem com ela” -, sublinhando que “preferia não ter tido de lidar” com esse assunto, sobretudo enquanto partilhavam a mesma equipa.

Apesar de todas as diferenças entre Armstrong e Contador, há algo que têm em comum para lá da qualidade como ciclistas: os dois lutaram contra a morte e venceram. O estadunidense conseguiu ultrapassar um cancro testicular. O espanhol foi operado a um aneurisma cerebral. “Lamento o sofrimento por que passaram os meus familiares, mas ter estado numa cama de hospital, sem saber o que me ia acontecer, ajudou-me a ter outra perspectiva da vida e a aproveitar cada momento e cada coisa tão simples como dar um passeio ou tomar um café com um amigo. Acredito que me fez bem tudo aquilo por que passei”, afirma Contador com uma frieza desarmante.

Alberto Contador tem noção de que o sucesso, na presente temporada e, especialmente, na Volta a França, dependerá de factores tácticos. Tendo perdido grande parte dos companheiros de equipa, que estão juntos em redor de Lance Armstrong, poderá o espanhol ficar em dificuldades? Pode. Mas o elogio ao mais novo do clã Schleck é já um sinal de que procura fora da Astana alianças que poderão ser-lhe úteis em momentos de aperto. Apesar disso, demonstra confiança na nova estrutura da Astana. E não o faz apenas para cumprir o dever de dizer bem dos novos escudeiros. Nota-se-lhe o brilho no olhar e a genuína felicidade por ser o indiscutível chefe-de-fila.

O longo defeso – 7 meses sem competir – e a incerteza quanto ao futuro consumiram muitas energias ao vencedor da última Volta a França. Percebe-se que o corredor quer recuperar o tempo perdido, pedalar para muitas consagrações, antes de enfrentar o principal desafio: conquistar o terceiro Tour da carreira. Por isso, é natural que não queira alimentar polémicas. À semelhança das respostas esquivas em relação a Armstrong, Alberto Contador opta pelo politicamente correcto para abordar a tendencial proibição de auriculares nas corridas. Mesmo que homens mais ofensivos, como ele, tenham a ganhar com a ausência de controlo remoto, o espanhol prefere fazer sua a opinião generalizada do pelotão, ainda que cuidadosamente e sem discordar abertamente da UCI: “As comunicações não são unicamente para dar indicações do género ‘agora puxas tu, agora puxas tu’. Para isso estamos nós, os ciclistas, que organizamos o funcionamento da equipa dentro da corrida. E há situações de corrida, como um furo, uma avaria, uma queda. Imagine uma ambulância em sentido contrário na corrida, coisas desse tipo. Somos avisados pelo rádio para termos cuidado. Há que analisar todos os aspectos para perceber se está a funcionar ou não”.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 07:54


5 comentários

De Jorge Medeiros a 10.03.2010 às 10:08

bom dia!
Grande tema!

Desconhecia os problemas de saude do Contador mas sou suspeito, pois li o mes passado o livro (vontade de vencer/it s not about the bike) do Lance e como nao podia deixar de ser fiquei fã, é um exemplo de vida que estando ás portas da morte encontrou força para voltar ao ciclismo e á vida e ainda com mais força de viver e de pedalar vale a pena ler é um exemplo para todos nós que ás vezes com pequenas dificuldades vamos abaixo e não aproveitamos a vida.
Claro que o Lance tem 38 anos e este já será o último ano em que poderá fazer um brilharete, se bem que ele voltou para dar notariedade á luta contra o cancro atraves da fundação Livestrong, ou seja, na época pós-Lance será o Contador por muitos anos, agroa se o fará com a garra e a marca deixada pelo Lance!?
O ciclsimo só tem a ganhar com estes dois, apesar de ser um encontro de duas épocas diferentes.
Força Lance e força Contador.
Abraço
Medeiros
lá estarei em Salamanca para os ver.

"http://pt.wikipedia.org/wiki/Lance_Armstrong"

De Jorge Medeiros a 10.03.2010 às 10:10

http://lancearmstrong.no.sapo.pt/inatb.htm

De Antonio a 10.03.2010 às 14:23

Ola Cavaca!

Tudo bem?

A quanto tempo... encontrei o seu blog por acaso e tenho estado a ver os posts.

Deu pra matar saudades e ganhar mais forca pra voltar ao ciclismo.

Muito bom... parabens...

Tambem gostei muito de ver alguns dos antigos companheiros (Joao Rato, Paulo, Nuno, etc...)

Quando for ai de ferias espero ir dar uma volta com voces.

Abraco e bons treinos.

Aqui fica o meu email almeidato@hotmail.com.

De José Cavaca a 10.03.2010 às 19:35

António??? penso que seja o António de Orjais, o que trabalhou no Alambique,,,se assim for, posso afirmar que algumas vezes falamos em ti,,,"que foi feito do António?" é a questão que colocamos, pois nada saabemos de ti,,,mas parece que estás fora do País,,,e assim sendo não te perdoamos quando cá vieres, se não deres uma voltinha connosco. Grande abraço de todos nós, e juizo!!!!

José Cavaca

De Diogo Fernandes a 10.03.2010 às 21:21

Bom tópico Sr.Cavaca!

Ah! E hoje FINALMENTE (peço desculpa pelo CapsLock mas na havia maneira de salientar a palavra) fui andar de bicicleta! Finalmente! Foram só 45km mas chegou para recuperar um pouco o desempeno...

Quanto ao tópico...
Nunca gostei do Contador. Não sei porquê, mas nunca fui apreciador dele... Enquanto que o Lance... Oiço falar dele desde puto xD
Por não gostar do Contador não quer dizer que não reconheça os seus potencias, que por acaso conheço e digo que são muito fortes, mas... Quero ver o que vai ser do Contador sem o Lance e o Lepheimer (principalmente)... O Contador está praticamente sozinho na equipa e terá que trabalhar sozinho para poder alcançar uma vitória no Tour...
Em quem estou confiante é na Schlecktek... Os irmãos já mostraram que podem surpreender, principalmente o Andy... Este ano os Contra Relógios no Tour vão ser pequenos e vai deixar de haver Contra Relógio por equipas, o que é bom para os Schleck's mas mau para o Lance...
Vamos vêr o que cada um tem na cartola...
Ese ano o Tour meterá pica :)

Forte abraço para todos!
Um em especial para o nosso amigo Sr.Cavaca que nos ensina muito diariamente com tópicos que coloca aqui no blog.

Comentar post