Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Estique-se, benefícios do alongamento !!!

Segunda-feira, 22.02.10

Tratar do tema Alongamentos ainda é um pouco complicado. Mesmo que existam muitos estudos a respeito, poucas conclusões estão isentas de contestação. Por exemplo, hoje a idéia de esticar os músculos até sentir “queimar” é antiquada. A única certeza é: tratando os alongamentos com seriedade, será possível evitar algumas lesões.

O primeiro passo é não deixar de fazê-los após o exercício físico. O alongamento estica a musculatura que se contrai durante a prática desportiva e ajuda os músculos a retomarem seu comprimento normal, é extremamente importante e deixa a musculatura mais leve.

Outra dica está relacionada à intensidade dos alongamentos, tanto antes como depois do ciclismo, não se deve forçar demais os músculos, não precisas sentir os músculos ‘queimando'. Verifica apenas se a musculatura se está estendendo. O alongamento tem que ser leve, a finalidade principal é relaxar os músculos, se for muito pesado, pode desgastar ainda mais a musculatura.

 

Dicas práticas
Por fim, é importante conhecer algumas dicas de como realizar determinado alongamento ou qual o músculo que não se pode esquecer na hora de alongar. Muitos ciclistas acabam por se preocupar demais com o quadríceps e esquecem-se do glúteo, glúteos são os músculos que se localizam logo acima da coxa e abaixo da cintura, tem que ficar atento a isso. Além do glúteo e do quadríceps, é fundamental alongar a parte interna da coxa, a panturrilha e os músculos da região do quadril.

A panturrilha (também chamada de sura, barriga, batata da perna ou coração venoso periférico) é uma proeminência muscular, situada na face póstero-superior da perna, formada principalmente pelos músculos gastrocnêmio e sóleo.Também pode ser denominada de região Gemelar. Existe também o problema de como se alongar. Um movimento dos mais simples, às vezes, pode se tornar complicado e lesionar o ciclista. Ao alongar a coxa (naquela tradicional posição de pé com a perna flexionada) muitos ciclistas cometem erros e podem-se prejudicar. “Nessa posição, o ciclista não deve deixar o calcanhar encostar-se ao quadril, deve deixá-lo a cerca de 10 centímetros do corpo e, para forçar o músculo, puxa-se o fêmur e não o pé.” 

 

Ficam alguns exercícios simples, que pode fazer antes e depois de uma  volta.

 


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 07:47


8 comentários

De José Cavaca a 22.02.2010 às 11:03

...resta-me acrescentar em relação ao post anterior, que é tudo isto a razão deste blog. Os comentários de todos, as ideias que todos podem expor, e as experiências que alguns colegas já viverem,,, que podemos acrescentar ao pouco que sabemos, o muito que os outros nos ensinam,,,"um bom aluno, será melhor professor",,,obrigado Nuno, obrigado Palmeirão, obrigado Medeiros, obrigado a todos.

José Cavaca

De Jorge Medeiros a 22.02.2010 às 13:49

repito aqui o meu post de ontem:

Pois é Nuno, acobo por concordar contigo, realmente eu em plano vou sempre nos 65% e se puxar mais um pouco é logo 80%, na serra foi sempre a 90/100.
Já vi que vou ter que ter muita paciencia e aqui as estradas nao ajudam.
Mas muito obrigado pelos conselhos, pois eu entrei neste mundo em Setembro, apesar de so em Janeiro é que possa dizer que entrei a sério ( 15 Janeiro 2009) após ter conhecido o fantastico e inigualavel amigo Cavaca e os seus companheiros, igualmente fantasticos no qual te incluis obviamente; e desde entao é muita informação que tento absorver quer atraves de vós, do Blog, ou de revistas especializadas, mas chego lá.
Obrigado mais uma vez Nuno,sr. Palmeirao,Sérgio,sr António,Kevin,sr. Helder,sr.Simoes,Chorão,Joao Rato,Alberto( sem o qual eu nao conhecia ninguem,pois foi ele que no "forumciclismo.net" me apresentou o blog) e claro o grande "CAVACA" mentor desta grande estrada cibernauta de ciclismo (expressão do Jorge Chorao) e da cidade "Provideo" onde trabalham os operários deste blog (expressão do proprio Cavaca).
Abraço a todos e Nuno vou seguir os teus conselhos.
Medeiros

Amigo Cavaca eu é que tenho que agradecer a vossa amizade e tudo o mais.
Abraço
Medeiros

De Jorge Medeiros a 22.02.2010 às 14:08

Esqueci-me de felicitar o companheiro Paulo Cruz pois já tem a foto no cabeçalho do blog, o que é uma honra!
Para mim foi e continua a ser uma grande honra.

Abraço
Medeiros

De oui c´est moi a 22.02.2010 às 14:32

Boa tarde

Amigo Medeiros, comigo não aprende nada, só "desaprende" eu estou virado para outras técnicas e tácticas com geís, cremes, chantilly e chocolate .....!!!
Já reparou nos exercicios de aquecimento e alongamentos..... eu prefiro estar na horizontal... do que ser contorsionista.
Agora a sério tudo.... isto é eficaz desde que feito correctamente e com timing, mas à vezes o tempo a curto e nós o que queremos a montar burra e arrepiar caminho..

Um abração

De José Cavaca a 22.02.2010 às 14:54

Eu concordo plenamente com o oui c´est moi, o tempo é tão pouco para pedalar, que se nos dedicarmos a todas estas técnicas, quando terminar os alongamentos vamos ao banho. Mas é sempre bom depois da "horizontal" uns exercícios de géis e relaxe. Agora mais a sério,,,cada um é livre de tudo, de fazer e andar como quer, mas se for possivel, até porque só tem a beneficiar, não corra nem caia em erros grosseiros.

José Cavaca

De Jorge Medeiros a 22.02.2010 às 15:15

Mas que burra?
Montar?
Arrepiar?
Qualquer dia censuram o blog.
abraçao e cuide do lombado!!
Medeiros

De oui c´est moi a 22.02.2010 às 18:46

Companheiro
Para que não haja censura....passo a clarificar montar a burra... "é colocar-se em cima da bicicleta e usá-la" com carinho e afeição,,, arrepiar caminho`"é o toca a andar a velocidades estonteantes" atrás da comitiva que habitualmente se junta no sitio do costume (Srª.do Carmo). Eu tenho especial preferência, pelo trajecto Pedras Lavradas crz do Ourondinho... ou aquelas rectas do Sabugal

Abração



De bcmantunes a 23.02.2010 às 21:58

Ora viva, amigo J. Cavaca, Boa Noite, também para os acompanhantes.

Assunto da maior importância... Às vezes vejo pessoas que estão tempos infinitos na mesma posição.
Amigo, Cavaca, muito obrigado pela informação prestada. A saúde também são estes, que parecem, pequenos nadas.
Saudações cordiais,
Belchior Madeira Antunes

Comentar post