Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



DIRÃO DA RUA... Nome invulgar que causa estranheza!

Domingo, 24.11.19

cavaca 1.jpg

Pelotão Cavaca como sempre, a conhecer e dar a conhecer, e hoje visitaram esta lindíssima aldeia, Rui Ferreira, Manuel Ribeiro, Miguel Ângelo, José Cavaca, Marco Ribeiro, Sergio Duarte Rodrigues e Henrique Manso.
93 km com muita história... vamos tentar explicar...

cavaca 2.jpg

Pelotão Cavaca às 8:15 dava início à etapa de Dirão da Rua, hoje sim, com ótimas condições para se desfrutar da Volta.

 

cavaca 3.jpg

Sem vento, sem chuva,,, que dirão os residentes de Dirão da Rua pelo nosso atraso de 24h ???

cavaca 4.jpg

Cafezinhos em Casteleiro foram oferta de Manuel Ribeiro.
Bem Haja amigo.

 

cavaca 5.jpg

Momento em que deixamos a EM 542 e entramos na CM 1199 para Dirão da Rua.

 

cavaca 6.jpg

Pelotão Cavaca perto da aldeia de Dirão da Rua.

 

cavaca 6,5.jpg

Miguel Ângelo nas andanças das eólicas...

cavaca 7.jpg

Pelotão Cavaca a entrar na linda aldeia de Dirão da Rua...

 

cavaca 8.jpg

Aldeia de Dirão da Rua... eis a lenda...
A lenda diz que um indivíduo ergueu uma parede para se abrigar do vento, que aqui existe em abundância, mas quando o vento mudou de direção teve necessidade de construir outra e assim sucessivamente, até ter quatro. Terminada esta etapa meteu-se dentro e disse:
– Que dirão os da rua?Assim terá nascido o nome da povoação!

 

cavaca 9.jpg

Em Dirão da Rua os mais velhos contam que todas estas serras, hortas e hortinhas eram dos senhores de Sortelha. Ou seja, segundo esta versão, tudo isto era uma propriedade senhorial! Os quinteiros e trabalhadores, na medida das suas possibilidades, foram comprando pequenas parcelas. Os rendimentos destes servos só possibilitavam a compra de pequenas propriedades; o relevo acidentado, que obrigou à construção de paredes, e a necessidade de dividir o melhor e o pior por todos resultou nas inúmeras hortas e hortinhas. O mesmo processo terá ocorrido com a compra/arrematação dos baldios. Desta forma se explica a existência do minifúndio! Com estas propriedades e a pobreza do solo dificilmente alguém conseguiria enriquecer.

 

cavaca 10.jpg

Houve aqui em Durão da Rua uma quinta pertencente a um aristocrata de Sortelha, tendo ficado conhecida como quinta do Durão da Rua, que seria o nome do rendeiro ou do senhorio e que deu o nome ao lugar, podendo parte do nome derivar do apelido ou alcunha!
Textos de António Gonçalves, historiador que encontramos em Dirão da Rua.

 

cavaca 11.jpg

Como adoro cães, registei a presença deste habitante simpático na aldeia de Dirão da Rua.

 

cavaca 12.jpg

Passagem por Sortelha.

 

cavaca 13.jpg

Linda vila de Caria.

 

cavaca 14.jpg

... e pronto amigos, local de partida e local de chegada, os Arcos.
Bem haja pela vossa presença neste pequeno passeio histórico e desconhecido de todos vos.

 

lista.png

Assim fica ordenado o Pelotão após etapa de Dirão da Rua.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 13:14