Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Amanhã, uma volta ao alcance de todos!

Sábado, 21.03.15

Mapa da volta.

 

Pormenores da volta.

 

Partida dos Arcos às 8:30

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 06:06

1ª de preparação ao Algarve é Pampilhosa.

Quinta-feira, 19.03.15

Perfil da volta.

 

Mapa da volta.

 

Pormenores da volta.

 

Como todos sabem, esta é a primeira volta de 10 (dez), de preparação à nossa aventura ao Algarve, mais propriamente Albufeira.

É bom para todos, e obrigatório aos que vão participar neste feito, fazerem na íntegra as 10 voltas programadas, para assim se sentirem fisica e mentalmente preparados.

 

Vamos partir do Periferia às 7:30.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 15:23

Magistral, esta manhã pelo Ingarnal!

Quarta-feira, 18.03.15

Não era fácil esta volta, nem o clima motivador, mas, Henrique MansoArmando Oliveira, José Cavaca e Lidio Ramos que se juntou mais tarde, revelaram que estas condicionantes não alteraram o espírito velocipédico destes bravos do Pelotão Cavaca.

 

Partimos da Covilhã às 7:30, algum frio mas chuva, nem ameaças.

 

Esta é já a estrada para vale de Urso.

 

Passagem em Valde de Urso.

 

Com cerca de duas horas de andamento,,, a Partida.

 

Uma aldeia bonita rodeada de florestas e muitos olivais.

 

E em Almaceda começou a nossa escalada para Ingarnal.

 

Início da subidinha.

 

Uma subida que, com tanta beleza à nossa volta, nem se dava por ela.

 

Armando a comandar.

 

Entre os 4% e os 14%, foi canja!!!

 

Ingarnal era já ali...

 

Entrada na pequena aldeia.

 

Registo da nossa presença frente à pequena e única capela existente.

Ingarnal situa-se a 800 metros de altitude e possui uma vista magnífica para a Serra da Gardunha. Sem comércio e sem a agitação do dia a dia, as gentes que ali vivem passam os dias entre a sua casa e o trabalho campo. A quem lá passa por mero acaso como foi o nosso, parece uma aldeia parada no tempo ... para quem a conhece, para além de uma pequena aldeia no cimo da serra, o Ingarnal é um local perfeito para quem deseja estar em contacto com a natureza. Típico das pequenas aldeias do interior, o Ingarnal mantem a genuinidade de outros tempos.
 
 
O regresso até São Vicente de Beira foi pelo mesmo trajeto.
Aqui subia-se de Almaceda para Violeiro.
 
Passagem ao lado da Aldeia de Violeiro.
 
Em São Vicente da Beira juntou-se Lídio Ramos.
 
Na Soalheira cheirava a chuvinha e final de volta.
 
E, meus amigos, do alto da Gardunha até quase à Covilhã, foi chuva com fartura e frio com abundância... 
 
 

 

Depois da etapa desta manhã pelo Ingarnal, eis os amigos ordenados.
A registar apenas a subida de Armando Oliveira ao 6º lugar Henrique Manso ao 8º lugar.

 

Sábado é a 1ª volta de preparação ao Algarve.

Volta da Pampilhosa.

Lembro que, para bem de todos os que desejam fazer esta aventura, terão que cumprir as voltas de preparação.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 16:14

Amanhã, descomunal pelo Ingarnal.

Terça-feira, 17.03.15

Ingarnal é uma pequena aldeia com cerca de 30 habitantes.
Situada a 800 metros de altitude, possui uma vista magnífica para a Serra da Gardunha.
Típico das pequenas aldeias do interior, o Ingarnal mantem a genuinidade de outros tempos. Sem comércio, sem a agitação do dia a dia, as gentes que ali vivem passam os dias entre a sua casa e o trabalho campo. A quem lá passa por mero acaso, parece uma aldeia parada no tempo ... para quem a conhece, para além de uma pequena aldeia no cimo da serra, o Ingarnal é um local perfeito para quem deseja estar em contacto com a natureza. O ar que se respira, a água cristalina que se bebe directamente da fonte, e as paisagens que se avistam fazem desta pequena aldeia, um lugar especial e único.
 
 
Mapa da volta.
 
Pormenores da volta.
 
Partida dos Arcos às 7:30
(Se não Chover)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 13:36

8 anos de história de histórias com amigos!

Segunda-feira, 16.03.15

Uma noite cheia de esplendor marcou esta data especial de 8 anos de

Blog Pelotão Cavaca.

É algo assim indefinível e inexplicável vivenciar esta experiência... Para mim, para os presentes, foi uma alegria imensa compartilharmos juntos estes momentos. Já estamos pedalando a mil por hora desejando que outros e muitos outros se cumpram.
Muita paz, muita serenidade, muita alegria nos nossos, e novos caminhos, e que o futuro seja recheado de belas e boas surpresas com mais e bons amigos... são os NOSSOS DESEJOS.
Obrigado a todos os que de qualquer forma fizeram com que esta fosse mais uma memorável noite de convívio e alegria, mas em especial aos presentes  Armando Oliveira, Pedro Santos, José Gouveia, Henrique Manso, Padaria Dias, Nuno Marques, Guilhermino Pais, Fernando Prata Rodrigues, Carlos Fuji, Eduardo Monteiro, João Deus, Lidio Ramos, Helder Torres, Manuel Ribeiro, José Santos, Jacques Deejaa, João Nicolau, Ze Manel Carapito, Fernando Goncalves, Marco Ribeiro, Jose Palinhas, Carlos Maricoto Restaurante Vainapinga), Reis Daniel, João De Deus Henriques, Fernando Mendes, Sérgio Gomes, Sergio Ferreira, Pedro Santos, e a todos os que de alguma forma contribuiram para que esta fosse mais uma noite memorável.
Um grande abraço para todo o mundo!

 

Esta foi a imagem que vi e me fez pele de galinha, quando cheguei ao local do jantar que marcaria este 8º aniversário do blog. 

O mínimo gesto é uma lembrança futura... mas amigo é também presença, já que conforta sem precisar de muito gesto!

 

Um muito obrigado também a este companheiro, amigo e elemento do nosso Pelotão Cavaca, o Sr Carlos Gonçalves que desde o primeiro instante disponibilizou as suas instalações para o efeito.

 

Depois, foi a chegada e recepção dos amigos que quiseram participar no evento.

 

Uma contribuição muito especial e que jamais deixaria de registar,,, a sempre pronta disponibilidade do amigo Carlos Maricoto. Obrigado por tudo!

 

Em poucos minutos, o "salão nobre" estava lotado de nobres amigos.

 

E a vontade de começar a pedalada era bom visível.

 

Cada um escolhia o andamento que mais lhe convinha,,, e ninguém fugia.

 

Umas pequenas pausas para repor energias...

 

Com cerca de duas horas de etapa, ninguém descolava.

 

Um mini pelotão atacava nas descidas.

 

Com tanta descida, os travões já não obedeciam.

 

Os comissário da etapa olhavam serenos mas incapaz de actuar.

 

Perto do final da etapa, guardavam-se uns aos outros.

 

Mas faltava o reforço final. Muita originalidade do cozinheiro Carlos Maricoto.

 

Com tanto reforço, alguns tiveram convulsões.

 

Final da etapa. O laboratório de análises entrou de serviço com médicos credenciados.

 

 

Seguia-se a sessão de massagens.

 

Grande animador desta memorável noite, o meu primo Sergio Ferreira.

 

Mas o Pelotão também tem verdadeiros músicos,,, só quem viu pode julgar.

 

Para uma verdadeira avaliação, dois Deuses... o Henriques e o João.

 

O problema deste Pelotão é que gosta de etapas simples,  

então há ciclistas que não se adaptam.

 

 Como a vida é uma simples sombra que passa, fizemos dela nesta noite um ruído de furor!

 

Há muito que aconselho,,, há que beber antes de ter sede!!!

 

Outros vinham refrescar os músculos , ou cordas da garganta???

 

Lá dentro o "baile" continuava com a actuação deste nobre conjunto.

 

Não há sensação melhor que sentir borboletas no estômago,,, 

Todos na mesma pedaleira, todos com o mesmo ritmo.

 

Desta vez o ciclista cumpre,,, há que repor líquidos antes de ter sede.

 

Carlos Maricoto fez uma análise extrema do serão,,, gaguejou muito!!!

 

Algumas entrevistas aos vencedores do "ruido".

 

Afirmava que, é difícil para algumas pessoas entender o que fazemos por elas,  pelo simples motivo de "gostar de ter amigos".

 

Discurso sobre como nasceu o Blog, como tem vindo a crescer, e como os amigos fazem parte da história do mesmo. Quis explicar algo de modo simples, de modo que todos os "simples" amigos entenderam.

Confesso, o que mais me tocou, foi o reconhecimento de todos os presentes, e o apoio incondicional para que se mantenha este Pelotão Cavaca a rolar nas nossas estradas.

Comovido pela forma como decorreu esta festiva noite, e nota-se pela atenção que os amigos prestam às declarações, resta-me agradecer a todos por os ter como AMIGOS.

Muito teria que escrever para espelhar aqui um simples serão com amigos, mas vou guardar algumas frases para a estrada. 

OBRIGADO A TODOS.

 

E como o que brilha com luz própria, dificilmente alguém apagará...

vai de cantar parabéns a este magnífico Pelotão!

 

O nosso Fogueteiro prepara os rebentamentos...

 

  ... enquanto o Pelotão canta os parabéns ao próprio Pelotão.

 

Tudo o que aprendemos no passado, será julgado à luz do resultado final.

 

Agradecimento especial aos colaboradores:

Restaurante Vainapinga de Carlos Maricoto.

Padaria Dias e Pereira dos Santos de José Carlos e Fernando Santos.

Pedro Santos (cozinheiro).

Sr Carlos Gonçalves pela disponibilidade do espaço.

Carlos Fuji pelo singular cartáz do Blog Pelotão Cavaca.

E a todos os que de forma valiosa contribuiram de algum modo, para que esta fosse mais uma etapa de convívio, pedalando rumo ao crescimento do PELOTÃO CAVACA!

 

 

 

Não queremos apenas viver de sonhos

Temos, todos juntos, capacidade para realizá-los.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 10:58

Simplesmente, mais uma exemplar manhã.

Domingo, 15.03.15

Para esta digna manhã velocipédica compareceram os amigos, Manuel Ribeiro, Kevin Sá, Fernando Caetano, Luis Filipe, Sérgio M. Pinheiro,Guilhermino Pais, Jacques Deejaa, Bernardo Lucas, Carlos Maricoto, Carlos Fuji, Marco Ribeiro, Miguel Ângelo, Vasco Santos, José Cavaca, Armando Oliveira, José Gouveia, Helder Torres, João Nicolau, Ze Manel Carapito, Reis Daniel, Fernando Duarte, João De Deus Henriques, Pedro Santos, António Silva, Eduardo Monteiro, Carlos Fernando Simões e Fernando Mendes.

 

Começo por dar as boas vindas ao nosso grande amigo Carlos Maricoto.

Vamos a ver se esta é para embalar!

 

Pomposo este pelotão a chegar ao Monte do Bispo.

 

Já na estrada da Quinta dos Termos.

 

Começa a ter que se esticar muito este Pelotão.

 

Quase nas Inguias, local do cafézinho.

 

Chegada ao Restaurante Bernardo.

 

Depois do Cafézinho, oferta do nosso amigo João Deus Henriques, seguimos para Famalicão.

 

Perto de Belmonte.

 

A mítica rotunda de Belmonte.

 

Vila de Belmonte à esquerda.

 

Em Valhelhas dava-se início à subida para Famalicão.

 

Entrada do Pelotão em Famalicão da Serra.

 

Depois foi a bonita ciclovia entre Famalicão e Valhelhas.

 

E pronto amigos, espero que esta tenha sido mais uma manhã de bom ciclismo e convívio, e que contribua para uma melhor semana da trabalho.

 

Depois da nossa etapa desta manhã por Famalicão, eis o Pelotão Ordenado.
De registo:
Guilhermino Pais sobe ao 6º lugar.
Armando Oliveira sobe ao 7º lugar.
Manuel Ribeiro sobe ao 14º lugar.
Helder Torres sobe de 24º para 21º lugar.
Carlos Fuji sobe de 27º para 25º lugar.
Vasco Santos sobe ao 28º lugar.
Reis Daniel sobe do 30º para 23º lugar.
Fernando Duarte sobe de 26º para 24º lugar.
Fernando Mendes desce um lugar.
Carlos Fernando Simões sobe de 38º para 32º lugar.
Eduardo Monteiro sobe de 45º para 39º lugar.
Marco Ribeiro sobe de 46º para 40º lugar.
Ze Manel Carapito João De Deus Henriques sobem ambos ao 49º lugar.
Bernardo Lucas sobe ao 51º lugar.

 

Quarta Feira poderá chover... veremos! 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 17:34

Motivador, pedalar por Salvador!

Sábado, 14.03.15

Mais que motivados, Kevin Sá, Diogo Moita, Sam Pereira, Lidio Ramos, Miguel Ângelo, José Gouveia, Fernando Duarte, João Deus, João Laires, José Afonso, Daniel Díonisio, José Cavaca, Joao Venancio, Marco Daniel Alves, Guilhermino Pais, e Luis Filipe.
128 km de bom ciclismo, algumas escaramuças saudáveis e vento a valorizar o treino. Venha de lá a feijoada!

 

Começo por dar as boas vindas a uma estreia,,, a nova máquina do amigo João Laires.

Que muitos km faça na nossa companhia, parabéns.

 

Partida da Covilhã às 8:00 rumo a Salvador.

 

Primeiro aquecimento no Souto Alto.

 

Passagem na Capinha.

 

Passagem na Ponte da Capinha.

 

Um pouco mais à frente viragem à esquerda para Enxames.

 

Já na nossa ciclovia rumo aos Enxames.

 

Pelotão na aldeia dos Enxames, bem conhecida do Fernando Duarte.

 

Á saida dos Enxames deixaram-me ir um pouquinho à frente.

 

Pelotão Cavaca à entrada da Mata da Rainha.

 

Eu nos Enxames pedalando trabalhando...

 

Agora rumo à Aldeia de Santa Margarida.

 

Boa estrada entre Enxames e Aldeia de Santa Margarida.

 

Antes da Aldeia de Santa Margarida, um numeroso pelotão.

 

Pelotão Cavaca dentro da Aldeia de Santa Margarida.

 

Pelotão já na EN332

 

Pelotão Cavaca perto da Aldeia das Águas.

 

Perto do Parque I. Penamacor, o amigo João Laires ofereceu os cafezinhos ao Pelotão.

 

Passagem no Parque Industrial de Penamacor.

 

Uma ciclovia maravilha entre o Parque e Aldeia do Bispo.

 

Nem um carro a chatear.

 

Mesmo com muitos sobe e desce, agrada a todos esta ciclovia.

 

Aqui o amigo Miguel Ângelo não dá tréguas.

 

Pelotão Cavaca na Aldeia do Bispo.

 

Aranhas ficava para trás.

 

Rolava-se muito bem esta manhã.

 

E a Vila de Penamacor recebia-nos com 15 minutos de antecedência.

 

E com 25 minutos antes do previsto, Pelotão Cavaca chegava à Covilhã.

 

 

 

Depois da nossa volta, eis o Pelotão Ordenado.
A registar:
João Deus sobe de 8º para 6º lugar.
Guilhermino Pais sobe ao 7º lugar.
José Afonso sobe de 23º para 22º lugar.
João Laires sobe de 25º para 23º lugar.
Fernando Duarte sobe de 30º para 26º lugar.
Kevin Sá sobe de 41º para 31º lugar.
Sam Pereira sobe de 34º para 32º lugar.
Diogo Moita sobe de 38º para 34º lugar.
Daniel Díonisio subiu de 58º para 53º lugar.

 

Amanhã partida dos Arcos às 8:00

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 14:32

Se estiver errado, corrijam-me...

Sexta-feira, 13.03.15

AVISO!
Deixo novamente este pequeno aviso aos amigos que vão ao nosso encontro no regresso das voltas...
Gostamos muito de ter os amigos no regresso das voltas, mas é para nos acompanhar, e se possível ajudar os mais desgastados. Infelizmente tem acontecido o contrário, partem o grupo e arrastam com eles alguns colegas... pois, como é óbvio fresquinhos é fácil.
Não é uma atitude correta, e muito menos de respeito pelos amigos que vêm desgastados com a dureza da volta... ser amigo é ir ajudar os que vêm atrasados, ou ir buscar os mais desgastados...
ASSIM MOSTRAS VALOR.
SE QUERES MOSTRAR VIRTUDES, PARTICIPA NO TOTAL DA VOLTA.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 22:52

Amanhã, sentido inédito por Salvador.

Sexta-feira, 13.03.15

Mapa da volta.

 

Pormenores da volta.

 

Partida dos Arcos às 8:00

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 06:30

Jantar 8º aniversário Blog Pelotão Cavaca.

Quinta-feira, 12.03.15

Amigos e companheiros, é já Sábado dia 14 o Jantar do 8º aniversário do Blog Pelotão Cavaca.
Preço simbólico!
Todos os amigos, companheiros ou famíliares dos amigos que desejem estar presentes, confirmem por Mensagem no Fecebook, por Telemóvel, ou por mensagem no Blog.
Contamos com todos os amigos.

VEM PEDALAR DE UMA FORMA DIFERENTE!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 06:26