Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sábado, por Monforte da Beira!

Quinta-feira, 15.01.15

Mapa da volta

 

Volta pormenorizada.

 

PARTIDA DOS ARCOS ÀS 8:15

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 18:51

Magia na volta dos Quadrazais.

Quarta-feira, 14.01.15

Melhor é difícil, que o digam Henrique Manso, Nuno Silva, José Cavaca, Fernando Caetano, Pedro Santos, Sérgio Gomes, e Armando Oliveira.

 

Partida da Covilhã com muito frio e nevoeiro.

 

Só perto de Caria o nevoeiro largou nossa roda, mas o frio mantinha-se.

 

Momentos mágicos...

Por vezes a pessoa certa é a que está ao nosso lado nos momentos incertos...

 

Juntava-se então em Caria vindos de Belmonte, o Sérgio Gomes e Nuno Silva.

 

Subida para o Terreiro das Bruxas, novamente frio e Nevoeiro.

 

Passagem do Pelotão Cavaca em Santo Estevão.

 

Ponto alto da volta, 900 metros de altitude.

 

Pelotão próximo da Malcata com a Barragem à direita.

 

Entrada na Freguesia da Malcata.

 

O registo da nossa presença na Malcata, local onde Henrique Manso ofereceu os Cafézinhos.

 

E agora sim, começava o Paraíso da nossa etapa, entrada no Parque Natural da Serra da Malcata.

 

Totalmente "virgem" para nós, esta digna ciclovia vai ser certamente muito percorrida por nós.

 

Com a maior naturalidade, um outro Pelotão recebia-nos no seu próprio habitat.

 

A Reserva Natural da Serra da Malcata (RNSM) localiza-se entre a vila de Penamacor e a cidade do Sabugal, junto à fronteira com Espanha. O seu símbolo é o lince-ibérico, o felino mais ameaçado do mundo, mas nós encontramos foi muitas vacas.

 

Há uma beleza natural da paisagem que cativa e uma diversidade biogenética que apetece observar... eu cheguei a parar por diversas vezes. Este é um lugar privilegiado para estar em comunhão com a natureza.

 

Mas o tempo passava e não dava para muitos "namoros".

 

Depois entramos na belíssima aldeia de Quadrazais.

 

Sempre em óptimas estradas, apróximavamo-nos do Sabugal.

 

Pelotão Cavaca próximo de Sortelha.

 

Já em Sortelha.

Situada no alto de um monte elevado, a mais de 760 metros de altitude, numa região muito acidentada, de cariz granítico, Sortelha é uma povoação ornada com penedos e barrocos, onde as casas encostam e assentam.

 

Com a Covilhã à vista e hipnotizados pela magnífica volta, termino esta reporvolta.

 

Depois da nossa etapa maravilha desta manhã, eis o Pelotão Cavaca ordenado.
De registo:
Pedro Santos sobe ao 2º Lugar.
Armando Oliveira sobe de 12º para 8º lugar.
Sérgio Gomes sobe de 20º para 10º lugar.
Fernando Caetano sobe de 21º lugar para 14º.
Nuno Silva sobe de 22º para 20 lugar.
Henrique Manso sobe de 24º para 21º lugar.

 

Próxima volta

Monforte da Beira

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 15:50

Inédito amanhã, da Malcata aos Quadrazais.

Terça-feira, 13.01.15

Mapa da volta.

 

Pormenores da volta.

 

PARTIDA DOS ARCOS ÀS 8:30

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 11:52

Caminhada pela Lagoa do Covão do Meio.

Segunda-feira, 12.01.15

Mais uma linda e durinha caminhada, esta com passagem pelo Covão do Meio.

 

Partida da zona da Torre.

 

Como sempre, belas e singulares paisagens a nossa Estrela nos oferece.

Este é o Covão do Boeiro.

 

A imagem comenta...

 

Temperaturas muito agradáveis...

 

Chegada à lagoa do Covão do Meio.

 

A lagoa do Covão do Meio foi construída no 2.º covão glaciar (a contar de cima) do vale glaciar de Loriga. A título de curiosidade, este vale glaciar é, de todos os vales glaciares da Serra da Estrela, aquele que possui maior número de covões glaciares ("ombilic", como termo técnico) bem definidos e perceptíveis.

 

O glaciar terá atingido, no máximo da glaciação, uma extensão aproximada de 7 km e atingiu uma altitude mínima de 800 metros. A erosão provocada pelo glaciar é demais evidente, não só pela existência de um número elevado de covões, mas também pela existência de superfícies rochosas lisas, aborregadas e polida, provocadas pelo efeito "abrasão" da massa de gelo.

 

Continuando...

 

Cuidados redobrados, o gelo pode estar onde menos se espera.

 

As características geológicas são perfeitamente visíveis na cabeceira do Covão do Meio, bem como a existência de estrias (microformas) nas superfícies rochosas, resultantes da fricção entre a superfície rochosa e os fragmentos que eram transportados/arrastados pela língua glaciar.

 

Passagem no Covão da Nave.

 

Um autêntico sobre e desce pelas rochas.

 

Covão da Areia à vista.

 

O Sol baixava e havia que regressar.

 

Muito boas subidas para abrir Pulmões e fortalecer músculos.

 

Alguns lagos completamente gelados dão para brincar.

 

O Sol descia e a temperatura acompanhava.

 

Com esta bonita imagem da Lagoa  do Covão do Meio...

 

... despedimo-nos até à próxima caminhada...

 

Se o clima o permitir... vamos à 

Albufeira da Barragem do Covão dos Conchos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 11:36

Quando o caminho é justo, é caminho certo!

Domingo, 11.01.15

Para isso contribuiram e agradecemos a presença de, José Santos, Carlos Carlos Fernando Simões, João Nicolau, Mário Teodoro, Carlos Gonçalves, Antonio Santos, Fernando Prata Rodrigues, Vasco Santos, Reis Daniel, José Cavaca, Sérgio Gomes, Armando Oliveira, Luis Filipe, João Deus, Manuel Ribeiro, Fernando Mendes, Eduardo Monteiro,José Gouveia e Pedro Santos.

 

Pelotão Cavaca partiu da Covilhã às 8:30 rumo à Sra do Carmo, local onde se juntaram mais alguns amigos que já esperavam por nós.

 

Muito frio à passagem por Caria, apenas 1 grau.

 

Uma vez mais, estrada diminuta para este grande e singular Pelotão.

 

Com tanto frio só restava uma casa para aquecer este Pelotão.

 

O Café da Menina Terezinha, senhora de uma ímpar simpatia, e que tem um coração que lhe causa um sorriso único.

Obrigado uma vez mais pela forma que nos recebe.

 

Hoje teve a ajuda de Fernando Prata que por pouco esquecia os cafés...

 

Cá fora eram as despedidas e dava-se início ao restante da etapa.

 

Pelotão já em Belmonte rumo à Vela.

 

Pelotão a subir para a aldeia da Vela.

 

O nosso registo da passagem por esta belíssima aldeia, Vela.

 

Até à próxima visita...

 

Passagem frente ao Hotel Belsol, mas não vimos o Fernando Caetano.

 

E a nossa voltinha domingueira estava a terminar.

 

E pronto amigos, uma vez mais obrigado pela vossa presença.

Quero apenas lembrar e pedir às "MOTAS" que, aos Domingos tenham um pouco de paciência, quero e devemos todos manter o Pelotão o mais únido possível. Temos as Quartas e Sábados para os que querem acelarar!!! Obrigado.

 

 

Pelotão Cavaca ao rubro...
Depois da etapa desta manhã, todos os dados dos nossos amigos.
José Gouveia sobe ao 2º lugar.
Luis Filipe ocupa em paralelo o 2º lugar com José Gouveia.
Pedro Santos sobe de 5º para 3º lugar.
Antonio Santos sobe de 6º para 5º lugar.
João Deus sobe de 8º para 7º lugar.
Armando Oliveira sobe de 15º para 12º lugar.
Vasco Santos sobe de 14º para 11º lugar.
João Nicolau sobe de 16º para 15º lugar.
Manuel Ribeiro sobe de 18ºpara 15º lugar.
Sérgio Gomes sobe de 19º para 18º lugar.
Fernando Prata Rodrigues subiu de 23º para 19º lugar.
Entradas de José Santos, Carlos Fernando Simões,Mário Teodoro, Carlos Gonçalves, Reis Daniel, Fernando Mendes,e Eduardo Monteiro

 

Quarta Feira há mais ciclismo! 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 19:50

Exímia e bela esta volta das Sarzedas!

Sábado, 10.01.15

Que o digam, Luis Filipe, (Nuno Ribeiro, estreia), João Deus, Miguel Ângelo, Pedro Rodrigues, José GouveiaAntonio Santos, José Afonso, Padez José Antonio,Marco Daniel Alves, Diogo Moita, Guilhermino Pais,Pedro Santos, Joao Venancio e José Cavaca.
157 km por aldeias admiráveis.

 

Começo por dar as boas vindas ao amigo Nuno ibeiro pala sua estreia e que tão boa conta deu de si. 

 

Patida da Covilhã ás 8:15

 

Muito frio, muito mais que as previsões apontavam.

 

Perto do Fundão era este o panorâma.

 

À saida do Fundão o Sol dava-nos os bons dias.

 

 

No alto da Gardunha a temperatura era muito mais amena.

 

Rolava o Pelotão pela zona de Castelo Novo.

 

Pelotão perto de Castelo Branco.

 

Pelotão em Castelo Branco.

 

Taberna Seca.

 

E à chegada a  Sarzedas...

 

Como já vem sendo hábito, o reabastecimento de líquidos.

 

De novo o pelotão a pedalar, ainda dentro das Sarzedas.

 

Pelotão numa das zonas mais bonitas da volta, Vale Maria Dona.

 

Pelotão na aldeia de Grade.

 

Num constante sobe e desce, seguia-se Vale de Ferradas.

 

Outra zona bem bonita esta de Pereiros.

 

No alto da Paradanta era visível a Serra da Estrela.

 

E a terminar a nossa volta havia que atribuir um prémio, o da astúcia!!!

 

E pronto amigos, foi mais uma grande e animada volta.

 

Um Pelotão como nunca... !!!
Ninguém descola!!!
Miguel Ângelo sobe de 6º para 5º lugar.
Antonio Santos sobe de 13º para 6º lugar.
João Deus sobe de 8º para 7º lugar.
Pedro Rodriguessobe de 12º para 8º lugar.
José Afonso sobe de 14º para 9º lugar.
Diogo Moita sobe de 19º para 11º lugar.
Marco Daniel Alves sobe de 20º para 12º lugar.
Joao Venancio sobe de 15º para 10 lugar.
Entrada de Nuno Ribeiro.
Restantes colados com Araldite.

Amanhã há mais.

Partida dos Arcos ás 8:30

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 16:45

Sábado é pelas Sarzedas.

Quinta-feira, 08.01.15

Mapa da volta

 

Pormenores da volta.

 

Partida dos Arcos às 8:15

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 12:35

Quarta Feira com muito gelo! 2015 promete.

Quarta-feira, 07.01.15

Com temperaturas bem negativas e a uma Quarta Feira compareceram, José Cavaca, Sérgio Gomes, Nuno Silva, Pedro Santos, José Afonso, Fernando Caetano, Armando Oliveira, Sam Pereira, Padez José Antonio, Diogo Moita e a estreia absoluta de Ricardo Pedrosa.
114 km bem fresquinhos para as contas pessoais!

 

Dar as boas vindas ao nosso estreante absoluto Ricardo Pedrosa.

 

Partida da Covilhã às 9:00

 

Perto de Peroviseu ainda marcava 4 negativos.

 

Depois da Capinha o Sol deu-nos os bons dias.

 

Pelotão Cavaca rumo aos Enxames.

 

Passagem do Pelotão nos Enxames.

 

Perto da Aldeia de Santa Margarida algumas lagartixas ao Sol.

 

Toca a levantar e dar ao pedal!!!

 

Pelotão pedalando por Pedrogão de São Pedro.

 

Por momentos nem parecia Quarta Feira...

 

Passagem por Penamacor e a estrada parecia diminuta para o nosso Pelotão.

 

Na Meimoa o Sérgio Gomes ofereceu os Cafézinhos ao Pelotão.

 

Agora rumo à Benquerença.

 

Na Benquerença o amigo José Afonso também faz de fotógrafo.

 

E com a Covilhã à vista terminamos a nossa reportagem.

 

Depois desta fresquinha etapa, eis o Pelotão ordenado.

José Cavaca sobe ao 1º lugar.
Padez José Antonio sobe de 5º para 2º lugar.
Pedro Santos aproxima-se perigosamente de José Gouveia.
Armando Oliveira sobe de 12º para 8º lugar.
José Afonso sobe de 14º para 11º lugar.

Sábado, volta das Sarzedas!!!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 15:33

Quarta vamos à Mata da Rainha!

Segunda-feira, 05.01.15

Frio leva a alteração da hora de partida

ATENÇÃO À HORA DE PARTIDA, 9:00

Mapa da volta

 

Pormenores da volta

 

Partida dos Arcos às 9:00

9:00

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 20:55

Provideo registou

Segunda-feira, 05.01.15

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 08:12