Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Depois do Inferno, venha o Porto.

Quarta-feira, 04.06.14

Bonita e cativante volta a de hoje com passagem pelo Poço do Inferno.
Há muito prometida, resolveram participar os amigos Sérgio GomesHenrique MansoArmando Oliveira, Fernando Caetano, André Ascensão José Cavaca.

 

 

Passagem na Sra do Carmo às 9 horas.

 

No Alto de Vale Formoso o nosso amigo Armando teve que regressar por motivos de trabalho.

 

À passagem por Valhelhas recordamos Francisco Romão.

 

À entrada de Manteigas viramos à esquerda para a zona de Flandres.

 

Só aqui a nossa etapa começava verdadeiramente. 

 

As primeiras rampas facilmente registaram 15%.

 

Havia que testar os batimentos cardíacos.

 

Mas com tamanha beleza, nem demos pelas dificuldades.

 

No Poço do Inferno a foto para mais tarde recordar.

 

Mais à frente uma paragem nesta "miragem".

 

No mesmo local uma pedra a fazer lembrar uma tartaruga.

 

Depois da descida para o Viveiro das Trutas, vinha a lindíssima subida...

 

Subida do Vale Glaciar do Zêzere, que maravilha de sofrimento.

 

Este Vale Glaciar corresponde à língua glaciária de maior dimensão da Serra da Estrela, atingindo os 13 km de extensão .
Pode ser facilmente observado o local em que o glaciar ultrapassava a zona da actual vila de Manteigas, tendo-se dissolvido a cerca de 680 m de altitude. O enorme comprimento do vale glaciário, deve-se ao facto de ter sido alimentado pelas línguas da Nave de Santo António, Covão da Ametade, Candieira e Covões , progressivamente.

 

E pronto amigões, vamos preparar as malas para o Porto - Peso da Régua.

 

Brevemente tudo e todos os pormenores necessários para a aventura do Douro!

 

SÁBADO ÀS 5H DA MANHÃ NA PADARIA DIAS.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 21:25