Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Pelotão à Festa de São Macário.

Domingo, 11.05.14

Hoje, uma Santa e muito agradável volta pela festa de São Macário.
Compareceram os "inocentes" João SousaHelder Torres, Manuel Ribeiro, Sebastião Aparício, Fernando DuarteAndre BentoGuilhermino Pais, e José Cavaca. Mais tarde juntou-se à procissão, Lidio RamosJosé Carlos Santos e Fernando Santos.
Mais 83 km para os imaculados desta volta.

 

Partida da Covilhã às 7h 30m, e com alguns amigos que já vinham a pedalar desde o Fundão,,, Fernando Duarte e André Bento. 

Quando se tem vontade,,,, é assim!

 

Aquecimento a subir o Souto Alto.

 

Hoje até São Macário ajudou.

 

Bonitas imagens do nosso fotógrafo Fernando Duarte.

 

Variante ao Fundão.

 

Pelotão perto de Valverde.

 

*****

 

O nosso magnífico "caminho" entre Carvalhal e Fundão.

 

Três "imaculados" a dar início à subida da Gardunha.

 

Algumas manzelas do dia de ontem faziam-se notar.

 

A meio da Gardunha viramos à esquerda para São Macário.

 

A nossa chegada ao Santuário de São Macário.

 

São Macário é o padroeiro dos surdos. A maior característica desta Romaria está no pormenor das florinhas que se colocam em pedaços de tecido cortado do manto da Imagem de São Macário, que os fiéis crentes do seu poder milagroso, usam à lapela no dia da festa, e posteriormente para curarem doenças dos ouvidos.

 

 

Do Santuário, uma bonita panorâmica da Aldeia de Alcaide.

 

Descida do Santuário para depois nos dirigirmos ao Alcaide.

 

Alguns com direito a música.

 

Lindíssima a subida para o Alcaide.

 

Eu, com muito custo, lá fui subindo.

 

Na aldeia fomos recebidos a toque de Banda.

 

Banda que percorria as ruas da aldeia.

 

Entretanto o nosso Guilhermino oferecia os cafezinhos ao Pelotão.

 

O maior acto de fé, é sem dúvida a procissão de domingo, quando os andores de Santa Teresinha, Nossa Senhora das Necessidades, Mártir São Sebastião, São Pedro, Nossa Senhora de Fátima e São Macário, adornados com flores naturais, saem da capela do Mártir São Sebastião em direcção ao Cabeço de S. Macário para a celebração da Eucarístia. Durante a tarde faz-se a tradicional arrematação das ofertas.
Na segunda-feira, último dia da festa, pela manhã, celebra-se Missa, geralmente em memória de festeiros falecidos, seguida de procissão que regressa do cabeço para a capela de S. Sebastião na povoação.
A tarde é para a diversão com o já tradicional jogo de futebol entre solteiros e casados, assim como a realização de outros jogos tradicionais.

 

 

De branco, um grande "maestro" a comandar a banda...

 

E pronto, visita feita, pés nos pedais e toca a pedalar.

 

Pedalava-se agora rumo aos Três Povos.

 

No Escarigo mais uma procissão,,,, esta de viaturas antigas.

 

Mas foi um regalo ver estas preciosidades.

 

Alto do Monte do Bispo, agora com a companhia de Zé carlos e Fernando Santos.

 

E pronto amigos, com o finalizar da volta o Mundo volta a ser a PRETO E BRANCO.

 

Mais ciclismo na próxima Quarta feira. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 13:11