Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Pelo Marvão, sem comparação!

Sábado, 31.05.14

Mais um memorável dia em bicicleta, e sempre melhor que o último, desta vez ao Marvão!
Os Bravos do Pelotão que foram ao Marvão: Sergio BerrinchaArmando OliveiraLuis FilipeMarco Daniel AlvesCarlos Fuji, Fernando Caetano,David FernandesJosé CavacaAntonio Santos e Guilhermino Pais.
213km sem igual, venham mais como estes.

 

Muito bem escolhido o dia para uma estreia, parabéns amigo e gratos pela presença.

 

 

Partida da Covilhã às 7h 15m. 

 

Pelotão em fase de aquecimento na Zona Industrial do Fundão.

 

A minha cidade,,, o Fundão!

 

A rolar-se muito bem para Castelo Branco.

 

Pelotão em Castelo Branco.

 

Furinhos,,, ninguém tem culpa, mas o ritmo vai-se.

 

Passagem em Vila Velha de Rodão com 20 minutos de antecedência ao previsto.

 

Alentejo, Terra Mãe.

 

Em Nisa.

 

E em Nisa o nosso amigo Carlos dá os parabéns a uma noiva de forma muito original.

 

Sempre com muito vento, que raramente nos beneficia, passava-se em Castelo de Vide.

 

Seguia-se a nossa terra,,, eis Marvão ali em cima.

 

Entrada nesta linda vila de Marvão.

 

Carlos Fuji carimba passaporte de entrada.

 

Mais amigos a darem entrada em Marvão.

 

Eu também fui...

 

Depois de uma original refeição, oferta do nosso amigo Carlos Fuji que cumpria mais um aniversário, o Pelotão contou-lhe em coro os Parabéns.

 

Ainda tempo para uma panorâmica onde se avistava a Serra da Estrela com neve.

 

Mas mais quilómetros esperavam por nós,,, nova passagem em Castelo de Vide.

 

Com muito vento de frente, rolava-se agora para Nisa.

 

Em Nisa uns minutos para refrescar,,, a mim só me prejudicam.

 

À saida de Nisa rumo agora a Vila Velha de Rodão.

 

E esta é a nossa entrada em Vila Velha de Rodão.

 

Um agradecimento muito especial a estes Bombeiros pela oferta dos banhos ao Pelotão.

Obrigado Bombeiros Voluntários de Vila Velha de Rodão.

 

Depois de mais umas bejecas, decidimos regressar à Covilhã .

 

Pelotão bem confortável, na linha, rumo à Covilhã.

 

QUARTA FEIRA HÁ MAIS CICLISMO.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 21:53

Bravos do Pelotão, amanhã ao Marvão.

Sexta-feira, 30.05.14

Bem próxima com a fronteira de Espanha, situada entre Castelo de Vide e Portalegre, no ponto mais alto da bonita Serra de São Mamede, na região Alentejana, encontra-se a encantadora Vila de Marvão. 
Num ambiente de paz de espírito e tranquilidade, rodeada por muralhas do século XIII e do século XVII, Marvão ergue-se bem alta esta histórica vila de ruas sinuosas e branco casario, mostrando que o tempo não é tão rápido e veloz como tantas vezes parece.
Os vestígios históricos da região remontam aos períodos Paleolítico e Neolítico, tendo sido encontrados inúmeros menires e antas, bem como uma importante estação romana, que atestam a longevidade destas paragens.

 

 

Mapa da volta.

 

Pormenores da volta.

 

Partida dos Arcos às 7h 15m.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 09:43

Manhã transparente, ao nosso nível.

Quarta-feira, 28.05.14

Manhã de pura transparência no desporto que mais gostamos, ciclismo.

Para esta singela volta compareceram os adequados ciclistas: José CavacaArmando Oliveira, Fernando Caetano e Henrique Manso.
101km de ciclismo ao nosso melhor nível, assim gostamos!

 

Passagem na Nossa Senhora do carmo, Covilhã.

 

Como o ciclismo não é só desporto, também é um estilo de vida, muitos não se adaptam!

 

 

Entrada na Ponte de Caria.

 

No Terreiro das Bruxas o abastecimento sólido.

 

Ultrapassagem nos limites...

 

A chegar à Meimoa.

 

Centro da Meimoa, a Princesa da Beira.

 

Panamacor, terras de Lince.

 

Antes da hora prevista pedalava-se na Ponte da Capinha.

 

Na Capinha o nosso amigo Henrique Manso ofereceu os cafézinhos.

 

Depois foi só embalar até à Covilhã.

 

E com a nossa cidade à vista, terminava esta belíssima manhã de convívio e desporto.

 

Eis o TOP 25 do nosso Pelotão.

 

 

 

Robustos do pelotão, Sábado ao Marvão!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 13:36

Amanhã vamos rolar!

Terça-feira, 27.05.14

Mapa da volta.

 

Pormenores da volta.

 

Como Sábado vamos ultrapassar os 200km, amanhã é conveniente fazer rolar as pernas.

 

Partida dos Arcos às 8 horas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 09:29

Por Trilhos da Reboleira, Serra da Estrela.

Segunda-feira, 26.05.14

Trilhos Verdes.

Mais uma bonita caminhada com a família, esta mais a Norte da Estrela.

 

Quase a chegar ao local de partida, com passagem pelo Poço do Inferno.

 

Local do Poço do Inferno.

 

E prontinhos para o início.

 

Na Rota da Reboleira, embora só tenhamos feito algumas partes, é possível contemplar paisagens marcadas pela presença humana, através dos povoados que pontilham de branco o verde intenso do horizonte, pelos retalhos esculpidos na terra, socalcos, lameiros, bosques frondosos e áreas incultas de pastoreio.

 

É ainda possível presenciar a influência do xisto nas casas típicas da serra e nos muros que adornam parte do percurso e que tipificam a paisagem. 

 

Um dos locais de maior destaque na Rota da Reboleira, o qual se evidencia pela sua vegetação autóctone característica do andar intermédio, é o Souto do Concelho. Conhecida localmente por “Reboleiro”, esta árvore selvagem produz castanhas pequenas mas muito saborosas que são secas à lareira no Inverno e constituíram uma importante fonte de alimento no passado.

 

 Como o nome sugere, o Souto do Concelho é uma área de castinçal propriedade do Município de Manteigas e que ganha no Outono uma expressão multicolor de extrema beleza natural. 

 

A Rota da Reboleira possibilita uma oportunidade ímpar de percorrer um trilho inundado pela beleza do Vale do Rio Zêzere, pela imensidão da Serra, pela magnificência das florestas mistas e de resinosas, povoadas por espécies de valor inestimável e fenómenos geológicos ímpares, como é o caso das cascalheiras, que correspondem a depósitos de fragmentos rochosos grosseiros, não consolidados, de litologia e mobilidade variáveis, normalmente localizados em pendentes de inclinação moderada a forte, colonizados, ou não, por vegetação vascular, destacando-se de forma única na paisagem natural que envolve o trilho. 

 

 

Umas miradas ao trilho no papel.

 

A Rota da Reboleira permite a observação de espécies florísticas de elevado interesse conservacionista como é o caso do azevinho ou da azinheira. Pode ainda observar-se o amieiro o medronheiro, o castanheiro, o pilriteiro, a urze, a roseira-brava, etc. 

 

A diversidade de habitats presente equivale a uma igual multiplicidade de fauna, destacando-se o tartaranhão-caçador, toupeira-de-água, o morcego-de-ferradura-grande, o morcego-de-ferradura-pequeno, a cobra-de-escada, a coruja-do-mato, o peneireiro, o javali, a raposa, entre outros. 

 

 

Manteigas ao fundo da imagem.

 

Masmo com 200km de ciclismo nas pernas, nesta beleza natural não há cansaço que derrube.

 

Uma pausa para repor líquidos e alguns sólidos.

 

Nas proximidades do trilho podem ser encontradas algumas colmeias, não devendo de forma alguma serem perturbadas! Os caminheiros que possam desenvolver reacções anafiláticas deverão ter cuidados acrescidos. 

 

 

Esta rota da reboleira, da qual só fizemos partes, tem uma extensão de 15,8 km (25,8 km com derivações e variantes) para uma duração de 5 horas (aprox.)
Altitude: entre 566 e 1052 metros.

 

Paisagens deslumbrantes.

 

Com 3 horas de caminhada, esta caminhada parecia ter começado tal era a motivação.

 

Tamanha beleza chega a confundir-nos...

 

Com a tarde a chegar ao fim, a temperatura baixa muito rapido.

 

E esta já está,,, fica a vontade enorme de repetir por trilhos próximos.

 

Quarta Feira há ciclismo!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 10:19

Volta pela Sra Orada com reportagem.

Domingo, 25.05.14

Uma equipa de reportagem da UBI, Liliana Santos e o amigo Luis Almeida, quiseram acompanhar e fazer uma reportagem video sobre um treino do Pelotão Cavaca, hoje foi a manhã escolhida.
Às 8 horas nos Arcos compareceram e manifestaram interesse em participar nesta volta, Guilhermino PaisDavid FernandesArmando Oliveira, Manuel Ribeiro, Miguel Simoes, Sebastião Aparício, Antonio Santos e eu José Cavaca. Juntou-se mais tarde o amigo Fernando Santos. Fizeram a cobertura em Vídeo desta volta, Liliana Santos e Luis Almeida.
92km em bom ritmo, refletidos na chegada à Covilhã 20 minutos antes do previsto.

 

Começo pelos amigos que nos acompanharam em Reportagem esta manhã, Lili e Luis.

 

 

 Partida da Covilhã às 8h.

 

Os nossos amigos também estavam à hora da partida.

 

Zona do Parque Industrial do Fundão.

 

Armando a sentir-se livre...

 

Entrada na estrada N352.

 

Estrada muito irregular para o trabalho de Liliana.

 

Passagem na bonita aldeia de Vale de Urso.

 

Não podia faltar a nossa mítica foto na ponte de Vale de Urso.

 

Dentro dos possíveis, os nossos reporters faziam o possível.

 

No Casal da Fraga viramos à esquerda para o Santuário da Sra Orada.

 

Próximos do Santuário.

 

Chegada do Pelotão à Sra Orada.

 

Uma pausa de alguns minutos.

 

O nosso amigo Luis Almeida fazia mais uns planos.

 

E a nossa visita, ainda sem a multidão que se esperava para a tarde, terminou.

 

Partida do Santuário.

 

Pelotão em São Vicente da Beira.

 

E os nossos amigos faziam o seu trabalho.

 

Passagem em Alpedrinha.

 

Atentamente seguidos...

 

Luis Almeida preparado para a cobertura da subida da Gardunha.

 

Pelotão em plena ascenção à Gardunha.

 

Mais uns planos no alto da Gardunha.

 

Ponto alto da Volta,,, 742 metros de altitude.

 

E as reportagens estavam a terminar com o fim da volta.

 

Chegada à Covilhã 20 minutos antes do previsto.

 

No final da volta, tempo para uns minutos de conversa.

 

 

Depois deste bonito fim de semana velocipédico, eis o Pelotão ordenado.

 

Quarta Feira há mais!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 13:18

Incongênere e gaudioso Sábado!

Sábado, 24.05.14

Os sutis e alegres participantes foram; José Cavaca, (Carlos Simões, estreia), Miguel Simoes, António Silva, Antonio SantosMarco Daniel AlvesFernando Prata RodriguesLuis Filipe, João Laires, Henrique MansoPedro RodriguesGuilhermino Pais, e (Carlos Gonçalves, estreia).
Uma manhã simplesmente magnífica!!!

 

Como sempre começo por dar as boas vindas aos amigos estreantes.

Carlos Simões, estamos de postas abertas para nos fazer companhia quando desejar!

 

Outra estreia e já nosso conhecido, bem vindo amigo Carlos Gonçalves.

 

 

Destaque também para o amigo António Silva e seu novo visual.

 

 

Como tantos outros, muito me alegra a presença dos amigos nas nossas voltas.

Tás em forma Fernando Prata.

 

Tal como programado, passagem na Sra do Carmo ás 8h 25m.

 

 

Pelotão compacto rumo a Belmonte.

 

 

Passagem em Belmonte.

 

Perto das Inguias.

 

No Terreiro das Bruxas alguns aproveitaram para repor energias.

 

Henrique Manso e Carlos Simões a passearem-se.

 

Outros chegaram de "gatas".

 

Hoje o cafezinho foi no Escarigo no Café Stop, oferta do amigo Carlos Gonçalves.

 

Pelotão agora rumo à Capinha.

 

Este era o grande ambiente que se vivia na Barragem da Capinha.

 

O nosso Pelotão a necessitar de muita natação...

 

Parque de estacionamento das Bicis super lotado.

 

Um amigo de longa data, Fernando Feijão.

 

Partida para a Natação.

 

E a passagem dos primeiros triatletas na prova de ciclismo.

 

Muita participação Feminina e com muitos minutos de avanço a muitos homens.

 

O nosso Pelotão assistindo á passagem dos ciclistas.

 

De registo também a passagem do amigo Fernando Feijão...

 

E do nosso grande e conhecido amigo Miguel Silva.

 

E quase a finalizar, pelotão rumo à Covilhã.

 

Com a nossa cidade à vista, Covilhã, terminamos a elegante volta.

 

Amanhã à festa da Sra Orada.

Saida dos Arcos ás 8 horas!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 13:43

Sábado, passagem pelo Triatlo do Fundão.

Quarta-feira, 21.05.14

Mapa da volta.

 

Pormenores da volta.

 

Partida da Covilhã às 8h.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 17:20

Domingo à Festa da Sra Orada.

Quarta-feira, 21.05.14

A lenda de Nossa Srª Orada:

Não se sabe ao certo quando começou esta Romaria, mas algumas suposições históricas, apontam para que tenha começado por volta dos séculos XIV ou XV. A lenda do culto à Senhora Orada, é assim descrita pela memória dos Vicentinos que a têm feito passar de Geração em Geração...

 

... a lenda...

Uma donzela da Vila, filha de pais honrados, foi acometida de uma moléstia que lhe fez inchar o ventre. O pai, persuadido que ela se tinha esquecido do que devia a si e aos seus, (pensou que estava grávida) a levou a um lugar cheio de matos e bosques incultos, onde havia muitos animais ferozes, decidido a expor a filha à voracidade deles. Esta, que estava inocente, implorou a misericórdia da Santíssima Virgem, a qual lhe apareceu, dizendo-lhe que não temesse nada que Ela lhe valeria. Disse-lhe que a inchação era produzida por uma cobra que se lhe havia gerado no ventre; que fosse para casa e dissesse a seu pai que mandasse aquecer um pouco de leite, e que, ao cheiro dele, sair-lhe-ia a cobra pela boca. Assim fez e o resultado foi como se esperava. O pai da donzela mandou logo construir na tal brenha onde havia exposto a filha uma Ermida dedicada à Santíssima Virgem, sob o título de Nossa Senhora da Orada, em memória da oração que ali fizera a filha e na Ermida colocou a pele da cobra.

 

A Romaria realiza-se todos os anos no quarto Domingo de Maio.

 

 

Pormenores da Volta.

Domingo

Partida da Covilhã às 8 horas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 11:59

O progresso deveria ter parado quando o homem inventou a bicicleta...

Segunda-feira, 19.05.14

Hoje, eu, o meu cunhado e minha esposa, deixamos o stress na partida, partimos para o caminho da natureza, e o nosso destino foi um completo bem-estar todos amachucados!

 

Saimos do local da Rosa Negra, bem conhecido por nós.

 

Há dias que parecem minutos...

 

Que final de semana,,, 190km Sábado, 85km no Domingo demanhã, e mais 3h de BTT à tarde!

Assim devia ser na Segunda, Terça, Quarta, Quinta, e descansava-se Sexta.

 

Enquanto alguns assistiam à final da Taça enervados, nós descontraíamos pela Estrela.

 

Também subimos um pouquinho pela N339.

 

*****

 

O progresso deveria ter parado quando o homem inventou a bicicleta.

 

Garanto que tudo tem outro sabor quando se pedala.

 

A bicicleta é o meio de transporte mais civilizado conhecido pelo homem "culto".

 

 

A bicicleta fez mais pela emancipação das mulheres do que qualquer outra coisa no mundo.

 

 

A bicicleta não é um meio de locomoção. É um conto de fadas.

 

E pronto, este foi o melhor final de Fim de Semana que se pode ter.

 

Quarta feira há mais!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 11:24


Pág. 1/3