Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



À Ruiva, debaixo de fogo.

Quarta-feira, 18.07.12

cavaca 1

Para uma rigorosa volta, compareceram estes intrépidos ciclistas.

Foram eles, o super Filipe Roberto, o energético Flávio Fonseca, o persistente Francisco Romão, o levezinho Fernando Caetano, o eu Cavaca, o bem vindo Gabriel Travasso, o firme Sebastião Aparício, o resistente António Silva, e o eficaz Sérgio Gomes. Mais tarde ainda se juntou o rigoroso Zé Carlos.   

 

  cavaca 2

E esta foi a forma simpática do Gabriel começar a manhã,,, um furinho à saída.

 

cavaca 3

Resolvido o problema do furinho, todos prá estrada,,, o calor esperava-nos.

 

cavaca 6

Ritmo ideal para adaptação ao clima,,,

 

cavaca 5

Ao clima o nosso Gabriel está habituado,,, ao ritmo é que já não.

 

cavaca 8

Aproximação à Benespera.

 

cavaca 7

De regresso está também o Flávio Fonseca,,, acompanha-o uma invejável forma física.

 

cavaca 9

Passagem na Benespera.

 Localiza-se num vale bastante acentuado, como que num poço, rodeado por serras que lhe limitam a profundidade da linha do horizonte. Tudo à sua volta é serra para trepar.

 

cavaca 10

E as primeiras rampitas aí estão,,, lamentável é o estado da estrada.

 

cavaca 11

Também passamos na Ramela, mas não viramos à esquerda!!! Fica prá semana.

 

cavaca 23

E eu lá ía fotografando o que podia,,, a subida não dava tréguas.

 

cavaca 12

Seguiu-se a Aldeia que deu nome e razão à nossa volta.

 

cavaca 13

Aqui na Aldeia Ruiva, a 700 metros de altitude, a temperatura já era de 34 graus.

 

cavaca 14

O ultimo "postre" antes da N233,,, é um espanto vencer estes montitos.

 

cavaca 15

E aqui já se pedalava rumo à cidade do Sabugal.

 

cavaca 16

E este Sérgio também é um atrevido,,, até com a bici de estrada é pungente.

 

cavaca 17

Muito melhor o amigo Aparício,,, um pouquinho mais de gestão e fica fino.

 

cavaca 18

Finos estão estas motas,,, pesam tanto os dois como eu só.

 

cavaca 19

Aí está a cidade do Sabugal.

 

cavaca 20

Calor e quilómetros começavam a fazer mossa. Sabugal lá em baixo despedia-se de nós.

 

cavaca 21

Raramente se regista a passagem pelo Terreiro das Bruxas, aqui fica a nossa passagem.

 

cavaca 22

Agora vinha a descida para a Sra da Povoa.

 

cavaca 24

E foi aqui no Vale da Sra da Povoa que tivemos o pico mais alto de temperatura,,, 41 graus. 

 

cavaca 25

No Escarigo tinhamos à nossa espera o amigo Zé Carlos que nos acompanhou até à Covilhã.

 

cavaca 26

E para finalizar, a subidinha do Souto Alto com 40 graus... que maravilha!!!

Companheiros, uma vez mais, gratos estamos todos pela companhia de todos,,,

 Começa a ser uma prtica frequente a adesão de tão brilhantes amigos à Quarta Feira.

 

Um grande abraço para todos, e para os outros também!

 

PRÓXIMA VOLTA É SÁBADO.

Até lá!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 14:49