Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Desejo mede obstáculos, querer vence-os.

Sábado, 30.06.12

cavaca 1

Manhã 5 estrelas, e duas com um brilho particular.

E eu cheguei a pensar que hoje era único à partida, enganei-me. Apresentaram-se João Santos, José Carlos, Francisco Romão, Luis Filipe, o nosso estreante Sebastião Aparício, e Sérgio Pinheiro.

 

cavaca 2

Saímos dos Arcos à hora marcada, e quem marcou o ritmo foi João Santos.

 

cavaca 3

Mas hoje a volta tinha cheiro Domingueiro, é que amanhã terá o cheiro de Sábados. 

 

cavaca 4

Mas vamos falar das estrelas de hoje. Este é o nosso amigo Sebastião Aparício, tem acompanhado as nossas voltas no Blog, e hoje resolveu fazer-nos companhia. Uma boa iniciativa, e a promessa é de voltar sempre que lhe seja possível.

Será sempre benvindo, pois adapta-se perfeitamente às nossas características.

 

cavaca 8

A outra estrela deste dia muito especial. O regresso saudável do amigo zé Carlos. 

 

cavaca 7

O sucesso nasce do querer, da determinação e persistência em se chegar a um objetivo. Mesmo não atingindo o alvo, quem busca e vence obstáculos, no mínimo fará coisas admiráveis!

Esta estrada Zé, hoje teve um brilho muito especial para ti, após as boas notícias.

 

cavaca 5

Aqui iniciava-se a subida agradável à Serra da Gardunha. 

 

cavaca 6

 Subida que hoje foi a ritmo de tagalerice.

 

cavaca 11

Até o nosso João santos  fez a volta com um pedal às costas.

 

cavaca 13

O nosso amigo Luis Filipe fez a volta com mais um ano, parabéns e pagou os cafézinhos.

 

 

cavaca 12

Mas como amanhã temos festa no Sabugal, hoje o regresso foi mais acelarado.

 

cavaca 9

Termino em jeito de resposta, sobre o querer e poder...

 Este homem, o Zé carlos, trabalhou toda a noite.

Hoje, às 8h "quis" participar na nossa manhã velocipédica. 

 

 

 Querer é quase sempre poder,,, o que é excessivamente raro, é o querer.

 

Té manhã! 

 

 

QUEM NOS QUISER ACOMPANHAR

 

SAÍDA DA SRA DO CARMO ÀS 7h 55m.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 11:43

Mítica das Caldeirinhas, uma paixão viva.

Quarta-feira, 27.06.12

cavaca 1

Quarta Feira???

Pois, nem parecia ser um dia de semana, e estes foram os ciclistas que compareceram para a já mitológica volta das CALDEIRINHAS.

 

João Santos, Fernando Caetano, Bruno Fernandes, Paulo Rodrigues, Marco Alves, José Carlos, Francisco Mendes, Pedro SAntos, Palinhas, Ségio Gomes, Francisco Romão, José Cavaca, e Paulo Pacheco.

 

cavaca 2

Saída da Sra do Carmo.

 

cavaca 3

João Santos comanda à entrada da Ponte Nova.

 

cavaca 4

E o Sr. Romão comanda à saída.

 

cavaca 5

Mais uma ponte, esta é à entrada de Caria.

 

cavaca 7

Na variante a Caria o grupo mantinha-se junto.

 

cavaca 8

Bom dia luz do dia, mas hoje o ar estava quente e sufocante.

 

cavaca 10

E para ajudar à asfixia, as primeiras rampitas nos Trigais. Esta povoação é uma das anexas da freguesia da Bendada, no concelho do Sabugal, mas o Instituto Geográfico Português (IGP) nas cartas militares, recentemente actualizadas, integra-a na freguesia de Inguias (do concelho de Belmonte).

 

 

cavaca 11

Depois de passarmos a Bendada em direção a Sortelha, viramos à esquerda para as Caldeirinhas, um péssimo "caminho" que serve tão bonita região. 

 

cavaca 12

Chico Mendes parece pedir calma, e tem razão. Começava aqui a subidinha até Àguas Belas.

 

cavaca 13

35 graus, sem vento, 15% inclinação,,, que mais pode pedir um ciclista?

 

cavaca 14

Só no alto, em Águas Belas, se recuperava um pouco rolando para Sobreira.

 

cavaca 15

Passagem na pequena aldeia de Sobreira.

 

cavaca 16

Seguia-se Pousafoles do Bispo.

 

cavaca 17 

A freguesia de Pousafoles do Bispo fica situada num vale a Noroeste do Sabugal, a cujo concelho pertence.
Tem como vizinhas as freguesias de Penalobo ( 3 kms), Lomba (1 km), Pega (concelho da Guarda – 3 kms), Aldeia de Stª. Madalena (4-5 kms). Dista da sede de concelho 13 quilómetros, aproximadamente.
As origens desta Freguesia são muito remotas, de acordo com vestígios arqueológicos encontrados na Quinta de S. Domingos.
Pousafoles do Bispo esteve nos limites do concelho da Guarda, passou depois para o concelho de Sortelha, e só depois da sua extinção foi integrado no concelho do Sabugal (1851).

 

cavaca 18

E aqui rolava-se já na N233 rumo à Cidade da Guarda.

 

cavaca 19

E já se avistava a cidade mais alta de Portugal, Guarda, a 1056 metros de altitude. 

 

 cavaca 20

A passagem em Orjais era sinónimo de que o nosso passeio estava a terminar.

 

cavaca 21

Aqui, muito perto do final, a temperatura era de 39 graus, calor que também ajudou à festa.

Para os amigos que não conheciam este belo "pitéu", desejo que tenham gostado.

Voltaremos!

 

 

 

MAIS CICLISMO

 

SÁBADO

Uma pequena volta com saída às 8h dos Arcos.

 

DOMINGO

Vamos participar no cicloturismo Rota dos castelos.

Amanhã exponho todos os pormenores.

 

UM GRANDE ABRAÇO PARA TODOS.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 14:49

Amanhã, a elegante volta das Caldeirinhas.

Terça-feira, 26.06.12

Lembro uma vez mais que estes horários servem apenas de referência.

 

 

TÉ MANHÃ E UM ABRAÇO.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 13:04

Grande manhã de festa, e de muito peso.

Domingo, 24.06.12

cavaca 1

 Parabéns amigo Francisco Romão.

 

Compartilharam este bonito dia de aniversário do Francisco Romão, o amigo Francisco Carrola, Fernando Caetano, António Silva, Palinhas, João Laires, Pedro Santos, Chico Mendes, Rui Correia que se estreou nas nossas voltas, Fernando Mendes, Fernando Prata, João Santos, José Cavaca, e António Lebre. Mais tarde juntaram-se Fernando Santos, e o muito bem vindo ao nosso meio, o José Carlos. 

 

cavaca 2

Saída da Sra do Carmo rumo à Festa!

 

cavaca 3

Covilhã dava-nos os bons dias, e os parabéns ao amigo Romão.

 

cavaca 4

Francisco Romão, aqui de verde esperança, conta connosco para o ano que vem.

 

cavaca 5

À passagem pelos Arcos o primeiro furo. Pausa serviu para pesar electrónicamente as bicis. 

 

cavaca 6

De novo na estrada, e todos com muito temperamento para cantar os parabéns.

 

cavaca 7

Passagem pela "passagem de nivel" do Fundão.

 

 

cavaca 8

E passagem pela ponte do Pesinho-Peso, sobre o rio Zêzere.

A animação hoje foi surpreendente. Confesso que não parei de rir.

 

cavaca 10

Aldeia do Peso em frente,,, e já cheirava a bolo de aniversário.

 

cavaca 11

E mais um furo,,, "olé torero"!

 

cavaca 12

Guiados pelo cheiro do bolinho, depressa chegamos à Padaria Dias & Pereira dos Santos.

 

cavaca 13

Estacionamos as BIKES, todas devidamente pesadas e inspecionadas...

 

cavaca 14

E, direitinhos ao assunto,,, os nossos "Hidratos de carbono".

 

cavaca 15

Cantamos euforicamente os merecidos parabéns ao amigo Francisco...

 

cavaca 16

Que ciclónicamente apagou as velas...

 

cavaca 17

E alguns insaciáveis devorantes de bolos, se conformaram!!!

 

cavaca 28

Mas depois de tanto comer, pesamos electrónicamente as bicis individualmente.

Esta Btwin do Sr Francisco, pesa 10,800kg.

 

cavaca 22

MASIL do Fernando Mendes 10,100Kg.

 

cavaca 20

O nosso estreante e bem vindo Rui Correia, conta com uma SPECIALIZED de 10kg.

 

cavaca 21

Pedro Santos com  uma KTM de 9,250kg

 

cavaca 32

Fernando Santos e António Lebre, 9 kg.

 

cavaca 29

João Laires, SPECIALIZED com 8.5kg.

 

cavaca 30

Palinhas, CUBE de 8kg.

 

cavaca 25

Fernando Caetano uma GIANT de 8kg.

 

cavaca 24

O nosso aniversariante com uma ORBEA de 7,950kg.

 

cavaca 31

João Santos, TREK de 7,9kg.

 

cavaca 27

Chico Mendes, CUBE com 7,750kg.

 

cavaca 26

António Silva, SPECIALIZED de 7,5kg.

 

cavaca 23

Fernando Prata com uma CARRERA de 7,5kg.

 

cavaca 20

A minha TREK 6.9 com 6,800kg.

 

cavaca 33

E a mais leve, S-Works do nosso amigo Zé Carlos, 6,750kg.

 

Ao trabalho que esta gente se dá,,, todas juntas pesam  134,750kg.

 

cavaca 34

Y colorín colorado, esta volta terminou.

 

Grato a todos os que se dignaram fazer parte desta bonita manhã, em especial à festa de aniversário do amigo Francisco Romão que connosco quis compartilhar.

 

BOM RESTO DE DOMINGO PARA TODOS.

 

QUARTA HÁ MAIS CICLISMO 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 13:30

Pelas Pedras Lavradas.

Sexta-feira, 22.06.12

cavaca 1

Esta era daquelas manhãs que podia durar até à noite. Simplesmente, singela.

Contribuiram para isso mesmo, José Miguel, José Cavaca, Tiago Abrantes, e Francisco Romão.

Pedalamos tal como planeado por, Tortosendo, Unhais da Serra, Alto das Pedras Lavradas, Erada, Paúl, Barco, Coutada, Peso, Vales do Rio, Dominguiso, Tortosendo e Covilhã.

 

cavaca 2

A nossa saída foi pontual, e às 8h 38m passavamos no Tortosendo.

 

cavaca 3

Seguiu-se Unhais da Serra...

 

cavaca 4

Onde está exposta esta mostra de Espantalhos.

 

cavaca 5

Mas estavamos todos com muita vontade de pedalar nesta bela estrada.

 

cavaca 6

E como a alegria reduz o sofrimento, toca tudo a rir.

 

cavaca 7

E como o sofrimento hoje foi menor, fiz alguma ginástica adicional.

 

cavaca 9

Para isso contei com a ajudo do amigo Tiago que também me fez gracejar.

 

cavaca 10

E quase sem dar pelos Km's, eis-nos no Alto das Pedras Lavradas.

 

cavaca 11

Já na Clássica Primavera me tinha surpreendido,,, hoje confirmou-se. É um bom trepador.

 

cavaca 8

E eu como sempre, vou fazendo o que posso.

 

cavaca 12

E como tudo passava tão veloz, rápido chegamos à Erada.

 

cavaca 13

Situada a 22 km a sudoeste da sede de concelho, a freguesia de Erada estende-se por uma área de cerca de 4000 hectares, pertence à diocese da Guarda e é parte integrante do distrito de Castelo Branco. Com uma altitude de 535 metros, confina com os limites das freguesias de Alvôco da Serra e Teixeira, do concelho de Seia e Sobral de São Miguel, Casegas, Paul e Unhais da Serra do concelho da Covilhã.

 

cavaca 14

Da Erada fomos para o Paúl.

 

cavaca 15

Parei prepositadamente para fotografar este Santuário construído no ano de 1954, é considerado um dos mais belos de Portugal e sendo um local de peregrinação, a festa/romaria da Nossa Senhora das Dores, envolve milhares de pessoas nos actos litúrgicos (como por exemplo o Cortejo Alegórico) no primeiro fim de semana de Julho, realizando-se no Sábado à noite uma impressionante procissão de velas junto da imagem de Nª Sr.ª das Dores do Santuário para a Igreja Matriz. No domingo a Imagem regressa em procissão ao Santuário, e na parte da tarde decorre o cortejo alegórico organizado pelos sete locais do Paul, correspondendo às sete capelas do Santuário e enunciando as sete dores de Nª Sr.ª das Dores.

 

cavaca 16

Depois de passarmos pelo Barco, a Coutada que se situa a 20Km da Covilhã, no cimo dum morro de 430m, com uma área de 11,82Kms. A freguesia foi criada em 4 de Agosto de 1984, formando o seu território através do desmembramento
da freguesia do Barco.

 

cavaca 17

Peso.

 

cavaca 18

E Dominguiso. Terra do nosso companheiro José Miguel que terminava por aqui a sua volta.

Esta antiga freguesia conhecida por Divino Espírito Santo era eurato anexa ao priorato de S. João do Monte In Colo, passando mais tarde a freguesia independente com o título de Vigaria. Vigaria não tinha igreja e como o seu povo era cristão, gostava de vir todos os Domingos à missa. Para isso, dirigiam-se a Alcaria, a povoação mais próxima. Então os habitantes de Alcaria, começaram a chamar Domingueiros àqueles estranhos que todos os Domingos invadiam a sua igreja.      Assim com o passar dos tempos este povo começou a ser conhecido como Dominguiso, mas ainda primeiramente (ainda) como Domingueiro. Além desta existe ainda justificação para o nome da aldeia. Diz-se ter existido nesta povoação uma Viscondessa chamada Dominguiso, que era muito caridosa e benévola, e cujo marido prestou serviços à causa constitucional no reinado de Luís I.

 

cavaca 19

E a nossa ultima freguesia antes da Covilhã, o Tortosendo.

As origens desta Vila perdem-se nos tempos. Não se pode afirmar que o Tortosendo existisse na época romana ou goda. Quanto ao nome, existem de facto indícios que seja de origem goda, enquanto que a lenda o atribui a um homem de nome "Zendo" que, segundo se diz, era torto.

 

Amanhã por motivos de trabalho não posso pedalar, mas há volta.

 

AMANHÃ SÁBADO, SAÍDA DA SRA DO CARMO ÀS 8h 30m.

 

 

DOMINGO HÁ FESTA, ALGUÉM FAZ ANOS E TEMOS QUE CANTAR OS PARABÉNS.

SAÍDA DA SRA DO CARMO ÀS 8h 30m e DOS ARCOS ÀS 9 horas. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 13:14

Amanhã, pelas Pedras lavradas.

Quinta-feira, 21.06.12

Pormenores da volta

 

cavaca 1

(Perfil da volta)

 

 

Por motivos de trabalho Sábado não posso pedalar, então amanhã vamos até às Lavradas!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 13:08

Estrela foi brilhante nesta volta!

Quarta-feira, 20.06.12

cavaca 1

Para esta voltinha compareceram, José Cavaca, Francisco Mendes, Paulo Pacheco, Tiago Abrantes, Fernando Caetano, Bruno Fernandes, e Francisco Romão.

O Percurso foi exatamente o anunciado: Covilhã, Arcos, Sra do Carmo, Caria, Belmonte, Ginjal, Gonçalo, Seixo Amarelo, Alto Famalicão, Valhelhas, Vale de Amoreira, Sameiro, Manteigas, Piornos e Covilhã.

A manhã também não podia estar melhor,,, sem vento e sem calor, mas todos com muita vontade para trepar montanha acima.

 

cavaca 2

Muito bom ritmo ao início da volta, deu margem para final da mesma.

 

cavaca 3

Em Belmonte passou-se muito antes do previsto.

 

cavaca 4

À entrada de Gonçalo uma surpresa, a estrada já está reparadinha de novo.

 

cavaca 5

E à saída de Gonçalo começava a escalada para Seixo Amarelo.

 

cavaca 6

No Seixo Amarelo juntaram-se mais dois "pistões" à festa, Paulo Pacheco e Bruno Fernandes.

 

cavaca 7

Quase vencida a primeira dificuldade do dia.

 

cavaca 8

Momento em que os dois Franciscos, Mendes e Romão cruzavam o alto de Seixo Amarelo.

 

cavaca 9

Depoois de passar Valhelhas, rolava-se agora para Manteigas.

 

cavaca 1,5

Como não podia deixar de ser, em Manteigas a foto com o nosso mitológico Medeiros.

 

cavaca 10

E começava agora o assalto à subida do Vale Glaciar de Manteigas.

 

cavaca 11

Mas, momentos antes de nós passarmos frente ao viveiro das Trutas, o dono desta carrinha perdeu o control da mesma e embateu no muro.

É assim que acontecem os acidentes, mas este condutor idoso já não devia conduzir.

 

cavaca 12

Por cada pedalada, por cada suspiro, e pelo que sofreste, tás absolvido!

 

cavaca 14

 Tiago avança como uma mota, e Romão lá atrás tenta segui-lo.

 

cavaca 15

Porque és humano e entendes que esta rampa merece ser vencida intensamente,,,

tirei-te esta foto!!!

 

cavaca 16

Francisco Romão, um distinto exemplo do querer e poder.

 

 cavaca 18

O nosso amigo Bruno divertiu-se serra acima.

 

cavaca 20

E este sou eu, foto do amigo Bruno Fernandes.

 

cavaca 17

Deste ponto já se avistava o Poio do Judeu.

 

cavaca 21

Entretanto o amigo Fernando e Paulo Pacheco concluíam a escalada.

 

cavaca 23

Tiago parece que a desceu.

 

cavaca 24

Porque é humano, e apesar deste sofrimento, entende que a Estrela é linda e merece ser subida novamente, já quer marcar a proxima.

 

cavaca 22

Termino com uma foto da Nave de Santo António, porque nem só de caos de blocos graníticos reza a nossa serra. Também se reza nos locais construídos para visita de Deus. Mas, como parece que Deus não vem aqui há muito tempo, nem de bicicleta, as capelas ou estão fechadas contra o tempo ou servem de abrigo aos Pastores e às Cabras como hoje tivemos oportunidade de ver. Quanto a mim, é uma função muito nobre.

 

Foi Camões que escreveu, referindo-se à parte mais alta da Serra da Estrela, a Torre, "onde a terra acaba e o céu começa".

 

 

 

MAIS CICLISMO NA SEXTA FEIRA

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 14:34

Amanhã, pela Serra da Estrela.

Terça-feira, 19.06.12

(Pormenores da volta)

 

(Perfil da volta)

 

Qualquer dúvida, manifestem-se.

 

TÉ MANHÃ.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 06:28

Volta relaxante.

Domingo, 17.06.12

cavaca 1

Compareceram para mais uma volta Domingueira e moralizadora, o amigo Francisco Romão, Ricardo Ramos, Gil Pinho, João António, António Alberto, António Lebre, José Cavaca, Fernando Prata, João Santos, Pedro Santos, Luis Filipe, Chico Mendes, Helder Torres, e António Silva.

Percurso: Covilhã, Sra do Carmo, Arcos, Fundão, Alto Gardunha, Alcaide, Capinha e Covilhã.

 

cavaca 2

Antes de me juntar ao nosso habitual grupo, tive oportunidade de pedalar um par de km's com o grupo da III Clássica Serra da Estrela.

 

cavaca 3

Nesse grupo, pedalava também o nosso amigo Carlos Cavalheiro que representava a provideo, e Ricardo Abreu.

 

cavaca 5

 Perto da Sra do Carmo juntei-me então ao nosso animado Grupo.

Grupo onde vinham mais dois estreantes nas nossas andanças. 

 

cavaca 6

O companheiro Gil Pinho.

 

cavaca 7

O o João Santos.

Bem vindos!

 

cavaca 9

E o rumo agora era a cidade do Fundão.

 

cavaca 10

Passagem na cidade do Fundão rumo ao alto da Garcunha.

 

cavaca 8

Este sou eu, e nasci no Fundão em 1958. (Foto de Ricardo Ramos)

 

cavaca 11

Depois do Alcaide, pedalava-se agora para a Capinha.

 

cavaca 12

Dois recentes companheiros, António Alberto e João Santos.

 

cavaca 14

A variante à Capinha é propícia a boas imagens.

 

cavaca 15

Natureza e ciclismo, duas grandes impressões vivas para uma grande manhã.

 

cavaca 16

 Porque sou humano, entendo que o cicloturismo é lindo e merece ser vivido intensamente!

 

cavaca 19

E temos aqui duas esperanças,,,

 

cavaca 18

Esperanças no BANK !!!

 

cavaca 17

Mas vamos para casa que o almoço espera por nós. Esta voltinha terminou.

 

MAIS CICLISMO

NA PROXIMA QUARTA FEIRA.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 12:46

Da Covilhã por Penha Garcia.

Sábado, 16.06.12

Cavaca 1

Para esta bonita e ventosa volta compareceram, o nosso amigo António Lebre, e que Lebre está!!!, o amigo João António de Escarigo, o nosso "querelas" Guilhermino Pais, e eu José Cavaca.

Pedalamos por, Fundão, alto da Gardunha, Vale de Prazeres, Orca, Martianas, Aldeia de Santa Margarida, Bemposta, Medelim, Penha Garcia, Cidral, Salvador, Aranhas, Penamacor, Capinha, Peroviseu e Covilhã, totalizando 141km.

 

Cavaca 2

Saída da Covilhã à hora pontual.

 

Cavaca 3

Passagem na minha terra Natal, o Fundão.

 

Cavaca 4

Subidinha da Gardunha feita a muito bom ritmo.

 

Cavaca 5

Tão alto ritmo que o Gui começou a beber muito cedo.

 

Cavaca 6

Na Orca viramos à esquerda para as Martianas.

 

Cavaca 7

Martianas, poucos conhecem e pouco lá passamos, mas deixo alguma informação.

Umas das três aldeias abrangidas pela freguesia da Orca, as Martianas datam, julga-se, do século XIII. A origem do nome Martianas está claramente ligada ao seu primeiro donatário e/ou povoador, Martinh'Annes, que pode ter sido um alcaide de Castelo Novo, e que vem citado num documento de 1290, transcrito no final do Tombo da Comenda de Castelo Novo, de 1505.

 

Cavaca 8

Já na N233 rumo a Pedrogão, mas antes desta Aldeia viramos à direita para Bemposta.

 

Cavaca 9

Sempre em bom ritmo, entrava-se no Concelho de Penamacor.

 

Cavaca 10

Bemposta é a freguesia do Concelho de Penamacor de mais nítido sentido romano, segundo as actas e memórias do 1º colóquio de Arqueologia e História do Concelho de Penamacor, realizado entre os dias 5, 6 e 7 de Outubro de 1979, o estudo que nos revela Joaquim Candeias da Silva (subsídios para o estudo da viação romana no Sw do antigo território Penamacorense), no 3.ponto do seu estudo (Da Bemposta à Mata (Da Rainha), refere a Bemposta como a aldeia mais rica em vestígios romanos do concelho de Penamacor, digna da maior atenção de estudos epigrafistas. Aponta duas aras dedicadas ao Deus indígena Bandis Isibraiegvs. Muito se tem escrito relativamente ao culto de Band, esta divindade indígena da Lusitânia pré-romana, com o nome assente no radical.

 

Cavaca 12,5

E chegados a Medelim,,,

 

Cavaca 11

O nosso amigo João António estava à nossa espera.

 

Cavaca 12

Seguimos então juntos para Penha Garcia.

 

Cavaca 13

Monsanto, a aldeia mais Portuguesa ficava ao nosso lado direito.

 

Cavaca 14

Eis a nossa aldeia.

 

Cavaca 15

Trata-se de uma povoação muito antiga, com povoamento neolítico, foi castro Lusitano e povoação Romana. Depois da Reconquista, D. Afonso III atribui-lhe foral e doa Penha Garcia à Ordem de Santiago para que esta efectuasse a fortificação da zona. Tal não veio a acontecer e D. Dinis retira-se dessa ordem a favor da Ordem do Templo e posteriormente, para a Ordem de Cristo. Foi couto do reino e de homiziados, até ao séc. XVIII e sede de concelho até 6 de Novembro de 1836.
Do castelo, edificado pelos Templários sobre o castro romano, restam fragmentos de muralhas em bom estado de conservação. A partir daqui, desfruta-se de uma vista sobre toda a campina Raiana, barragem e Vale Feitoso, que de certo jamais esquecerá.


Cavaca 16

Salvador.

Esta freguesia fica situada no sopé das serras de Penha Garcia, a cerca de 12 Km do concelho de Penamacor. Segundo algumas fontes, Salvador esteve inicialmente situado no sítio da Quinta do Marquês da Graciosa; outras há, que apontam o sítio dos Covões, onde apareceram vestígios de casas, moedas, objectos de uso doméstico e sepulturas cavadas na rocha.

 

Cavaca 17

Seguiu-se a aldeia de Aranhas.

Nome originado pela existência em grande quantidade no local de uma espécie de aracnídios ou pela existencia de um elevado número de teares, que na zona também se chamam aranhas. Tem uma população de 600 Hab. que habitam numa área de 5.500.Km2 vivendo da agricultura, olivicultura, pecuária e de pequeno comércio.

 

Cavaca 18

Penamacor à vista.

 

Cavaca 19

Com a Capinha à vista, restava pouco para terminar esta conveniente volta.

 

Cavaca 20

Mas não me quero despedir sem antes dar nota do sofrimento deste amigo durante a volta.

Doeram-lhe os pés, as canelas, os joelhos, a Bacia, o estômago, os pulmões, e o pescoço.

À, e o rabo!

 

Cavaca 21

Cidade da Covilhã e Serra da Estrela acolhia-nos de novo.

Foi uma volta admirável, mas algo desgastante pelo muito vento que quase sempre prejudicou.

 

 

 

AMANHÃ HÁ MAIS!

 

SAÍDA DA SRA DO CARMO ÀS 8h 30m.

DOS ARCOS ÀS 8h 55m.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 14:44


Pág. 1/3