Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Balanço dos primeiros 5 meses do ano 2012.

Quinta-feira, 31.05.12

Distância                         Nome                     Presenças

                         (km)

3229   Tiago Abrantes 27
2799   Guilhermino 25
1727   Zé Carlos 44
1430   Francisco Romão 15
1365   Fernando Caetano 16
1269   Ventinho 24
1170   António Silva 17
1148   Fernando Prata 16
1077   João António 18
971   Francisco Carrola 16
998   Paulo Rodrigues (Fundão) 11
902   Fernando Mendes 14
885   David Fernandes 9
662   António Lebre 8
633   Pedro Santos

13

601

487

  Bruno Fernandes

  Luis Filipe

9

11

469   Zé Domingos 5
468   Helder Torres 8
406   António Sá 8
402   Kevin Sá 6
379   Ilidio Soares 7
465   Chico Mendes 6
359   Palmeirão 2
350   Ricardo Ramos 4
334   Paulo Carrola 6
     
275   Duarte Dias 2
274   Carlos Cavalheiro 5
267   António Cabaço (C. Branco) 3
208   Paulo Jesus 3
197   Sérgio Gomes 2
189   Silvério Correia 3
162   António Santos (Orjais) 2
157   Steve Sá 3
135   António Santos 4
131   Luis Garcia 3
123   João Venâncio 2
123   João Rato 2
112   João Santos 4
92   Fernando Santos 5
92   Paulo Mangas (C. Branco) 2
90   David Massano 1
88   Gabriel 3
80   Rui-Vila Carvalho 1
68   Flávio Fonseca 1
65   José Miguel (Dominguiso) 1
62   Marco Alves 1
60   Ricardo Abreu 1
60   Sérgio Pinheiro 1
59   Palinhas 2
53   João Afonso (C. Branco) 1
52   José Luis (C. Branco) 1
48   Sérgio Guedes 1
32   Grupo Bike Roda Livre 1
26   Paulo Gomes 1
25   Jorge Palma (C. Branco) 1
25   Alvaro Martins (C. Branco) 1
25   António Leandro (C. Branco) 1
25   Nuno Maia (C. Branco) 1
21   Snoopy (Unhais da Serra) 1
19   João Martins 2
15   Nuno Marques  1
13   Mário Fernandes (Mafra) 1
13   João Rodrigues (Mafra) 1
13   Rui Duarte-Mafra 1
10   Zé Alberto 1
10   Lídio Ramos 1
6   Márinho 1
3   Rodrigo (Inguias) 1

Dos 6834km que pedalei até final deste mês de Maio, ficam as distâncias que estes colegas pedalaram comigo até à data, neste ano 2012.

 

SÁBADO HÁ MAIS CICLISMO.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 08:38

Teste ao desígnio, 125% fiável.

Quarta-feira, 30.05.12

cavaca 1

Nesta magnífica manhã para a pratica do ciclismo apresentaram-se à partida, o nosso amigão Paulo Rodrigues, o nosso matemático Francisco Romão, o nosso cozinheiro Pedro Santos, o "vantajoso" Francisco Mendes, o insigne Fernando Caetano, e eu José Cavaca. Mais tarde juntaram-se o nosso oficioso Bruno Fernandes e Tó Quedas.

 

 

cavaca 16

Dados outorgados no final desta bem-sucedida volta.

 

cavaca 2

Passagem na Sra do Carmo.

 

cavaca 3

 À passagem pelo Vale da Sra da Povoa, termómetro marcava 27 graus.

 

cavaca 4

Esta foi mais uma daquelas manhãs, que se pedalava até ser noite.

 

cavaca 5

Na Benquerença, os resultados na estrada com os do papel, eram primorosos.

 

cavaca 6

Na entrada Norte de Penamacor...

 

cavaca 7

O amigo Francisco confirma a credibilidade. 

 

cavaca 8

Já nas retas entre Penamacor e Capinha...

 

cavaca 11

O amigo Bruno Fernandes junta-se a nós.

 

cavaca 12

Bruno que ainda cooperou no nosso projeto.

 

cavaca 9

 Hoje os "sentinelas" não permitiam benevolências.

 

cavaca 10

O nosso Paulo Rodrigues ainda seviu de fotógrafo,,, e bem!

 

cavaca 13

Passagem na nossa bem conhecida Capinha.

 

cavaca 14

Em Peroviseu juntou-se um retrógrado.

 

cavaca 15

E a nossa chegada à Covilhã.

 

Mais uma vez obrigado a todos pela companhia e pela participação ativa nesta bela manhã.

 

Quanto à tabela que  nos vai servir de referência a futuras voltas, posso afirmar que, entre calcular largos km's a rolar, a descer, e até no calculo de tempos que se leva a subir uma encosta numa determinada pendente, no ajuste de factor de andamento para qualquer atleta, ou nivel físico,, está simplesmente sublime.

 

SÁBADO HÁ MAIS CICLISMO, E DO DURO!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 12:54

Amanhã, mais uma volta de "avaliação".

Terça-feira, 29.05.12

 

 

Saída do Refúgio, com passagem pelos Arcos.

 

 

Para quem se quiser familiarizar... clique  http://bici.romao.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 07:00

Caminhada à Varanda dos Pastores.

Segunda-feira, 28.05.12

cavaca 1

Dando seguimento a uma serie de caminhadas pela nossa Serra da Estrela, ontem foi a vez de visitarmos a Varanda dos Pastores, 1790 metros de altitude.

 

cavaca 2

Cerca das 15h e 30m saímos da zona do Centro de Limpeza de Neve.

 

cavaca 3

Temperatura muito agradável, 20º, sem vento, e perfume "floral"quanto baste!!!

 

cavaca 4

Com uma boa sinaização e alguma estratégia, sería um bom incentivo para muitos.

 

cavaca 6

Em poucos minutos subimos muitos metros,,,

 

cavaca 5

 E a nossa Serra começa a ter outro encanto.

 

cavaca 7

Arescento que a serra se estende desde o sul de Seia até à zona sul de Celorico da Beira, num eixo orientado de SO-NE,  abrangendo por isso um território vastíssimo - sendo mesmo a maior área protegida de Portugal.

 

cavaca 8

Enquanto caminhamos em direção à Varanda dos Pastores, posso adiantar que a altitude ortométrica correta da Serra da Estrela arredondada ao metro, encontra-se com o valor de 1993 metros.

 

cavaca 10

Isto é "quase" parecido a uma voltita de bici.

 

cavaca 11

Quanto mais caminhamos, mais vontade há em continuar.

 

cavaca 13

São muitos os quilómetros sinalizados para caminhadas, mas nesta zona há poucos.

 

cavaca 14

Para quem gosta de caminhar, sugiro que venham até cá acima, é gratificante.

 

cavaca 15

Deste ponto é visível Unhais da Serra e a estrada que ainda há pouco subimos de bici.

 

cavaca 16

A Natureza ofereceu-nos um dos maiores esplendores do país: a nossa Serra da Estrela.

 

cavaca 17

Varanda dos Pastores à vista.

 

cavaca 20

Varanda dos Pastores, quem ja visitou sabe como a vista é maravilhosa, eu é a primeira vez e fiquei radiante.

 

cavaca 18

Estivemos aqui cerca de meia hora, mas podia estar lá o dia todo que não fatigava.

Avista-se ao fundo as Cortes e mais acima a Bouça.

 

cavaca 21

Mas as horas passavam e o regresso tinha que ser feito.

 

cavaca 22

Tempo ainda para mais umas imagens,,,

 

cavaca 24

E um repor de líquidos e sólidos, acompanhados de um forte perfume natural.

 

 

cavaca 23

Sendo um dos mais importantes destinos turísticos da zona beirã, a Serra da Estrela apresenta-nos uma grande diversidade de magníficas paisagens de enorme beleza. Nas encostas da serra poderemos encontrar numerosas lagoas e charcos temporários de origem glaciar, dando um encanto à paisagem.

 

Caminhar faz bem, só é preciso ter consciência.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 12:49

Visita sensata ao amigo Zé Carlos.

Domingo, 27.05.12

cavaca 1

Manifestaram empenho em estar presentes nesta visita, mesmo que à distância, ao amigo Zé Carlos,,, José Cavaca, António Silva, Helder Torres, João António, Luis Filipe, Pedro Santos, Francisco Mendes, Francisco Romão, Francisco Carrola, Kevin Sá, Fernando Prata, António Silva, e o Paulo Rodrigues.

 

cavaca 2

Depois da concentração na Sra do Carmo,,,,

 

cavaca 3

Partida virtual rumo ao Hospital da Covilhã.

 

cavaca 4

Já frente ao Hospital, todos cumprimentaram o nosso amigo e companheiro de estrada Zé Carlos, que se encontrava na janela assinalada na foto. Dessa janela deu a bandeirada para a real partida desta alegórica volta.

 

cavaca 5

Com a companhia em mente do Zé, pedalalava-se agora rumo ao Fundão.

 

cavaca 6

Covilhã e Hospital ficavam agora lá para trás.

 

cavaca 7

Chegados ao Fundão, uma calorosa e casual receção.

 

cavaca 8

Depois de algumas opiniões sobre o circuito de hoje, decidimos pedalar rumo ao Telhado.

 

cavaca 10

Bonito este fragmento da Cova da Beira, com a aldeia do Telhado em frente.

 

cavaca 11

Passagem no Barco,  freguesia do concelho da Covilhã, 473 habitantes. Aldeia bucólica com uma esplêndida paisagem, que se estende ao longo da margem Norte do Rio Zêzere foi durante muitos anos o ponto de travessia de pessoas e bens, entre margens do rio ganhando daí o seu nome.

 

cavaca 12

Passagem na Freguesia do Peso.

 

cavaca 13

E a passagem em Vales do Rio era sinónimo de fim de volta.

 

cavaca 9

Não posso terminar sem referenciar os homens do dia, António Sá, Helder Torres e Zé Carlos.

 

cavaca 14

 

Por hoje é tudo

 Espero que esta manhã tenha contribuído para o nosso bem-estar na vida,,, este obtém-se com o aperfeiçoamento da convivência entre nós todos!

 

 

RESTO DE BOM DOMINGO.

 

José Cavaca 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 12:55

Mais uma, 9 estrelas!

Sábado, 26.05.12

cavaca 1

 Fizeram parte desta volta pela Mata, os Coviciclistas José Cavaca, Guilhermino Pais, Paulo Rodrigues, Luis Filipe, Francisco Romão(hoje fotógrafo),  e o filho André. Albiciclistas participaram o já nosso conhecido e sempre bem disposto Silvério Rodrigues, Paulo Mangas, e João Afonso.

A volta cumpriu-se tal e como previsto, confirmando que as tabelas e dados executadas pelo nosso informático Francisco Romão estão 100% corretas. Mais uma vez um muito obrigado pela grande disponibilidade na elaboração do programa.

 

cavaca 3

Hoje o amigo Francisco Romão, impossibilitado de nos poder acompanhar a pedalar, não vacilou em nos acompanhar na sua viatura, e fazer uma cobertura fotográfica total da volta, ficando eu hoje mais livre para atacar os "AlbiCoviciclistas".

 

cavaca 2

À passagem pela Orca, os amigos Albiciclistas ainda não nos tinham alcançado.

 

cavaca 4

À saída da Orca, tivemos que por algum travão ao hoje energético Guilhermino.

 

cavaca 5

Entrada na nossa mítica aldeia, a Mata.

 

cavaca 10

Nada confortável  o piso da Mata.

 

cavaca 6

Pedalava-se agora rumo aos Escalos de Baixo.

 

cavaca 7

Passagem nos Escalos.

 

cavaca 8

Depois das escaramuças, a reconciliação,,,,,,   comovente!

 

cavaca 9

Mas hoje pouco tempo houve para descansar, alguém picou o Gui !!!

 

cavaca 11

Eu, Paulo, e o nosso amigo João Afonso que hoje tive o prazer de conhecer pessoalmente.

 

cavaca 12

Entrada em Alcains.

 

cavaca 13

À saída de Alcains os amigos Albiciclistas regressavam a C. Branco.

 

cavaca 14

Tinhamos agora pela frente mais 50km e algum vento sempre a prejudicar.

 

cavaca 15

E tal como eu, amigo Francisco não esquece a natureza que nos rodeia neste desporto.

 

cavaca 16

Entre muitas imagens que o amigo Francisco capturou, esta é para mim muito apropriada. 

 

cavaca 17

Passagem em Alpedrinha.

 

cavaca 19

 Ultima dificuldade do dia, a Serra da Gardunha, curiosamente foi onde nos apróximamos mais à média pré estabelecida.

 

cavaca 18

Eu, com a ajuda do nosso Paulo Rodrigues, também espero ter cooperado.

 

cavaca 20

Ponto alto do dia,,, o alto da Gardunha!  Infelizmente estava a terminar a volta "teste".

 

cavaca 21

E com a Serra da Estrela à vista,,, finalizamos a volta e reportagem.

Mais uma vez, grato a todos os que de alguma forma contribuíram para esta magnífica manhã.

Muito obrigado Francisco Romão.

Gostei de conhecer o companheiro João Afonso.

 

AMANHÃ HÁ MAIS CICLISMO.

 

SAÍDA DA SRA DO CARMO ÀS 8h 30m

 

e depois às 8h 45m

 

SAÍDA DO HOSPITAL DA COVILHÃ,

 ONDE O NOSSO AMIGO ZÉ CARLOS DARÁ A PARTIDA.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 14:52

Amanhã, a mítica da Mata.

Sexta-feira, 25.05.12

 (Pormenores da volta)

 

cavaca 2

(Perfil)

 

cavaca 3

(Mapa) 

 

Agradeço ao nosso amigo e companheiro de estrada Francisco Romão, a boa vontade e o tempo que disponibilizou na execução e ajuda deste valoroso trabalho informático. O meu, e nosso muito obrigado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 06:05

Uma volta por dentro do Interior.

Quarta-feira, 23.05.12

cavaca 1

 Para esta singular volta compareceram José Cavaca, Paulo Rodrigues, Fernando Caetano, e Francisco Romão. Há muito tempo que estava prometida uma passagem pelo Urgeiro, desta vez foi de vez. Amigos, garanto que é gratificante a passagem por estas aldeias, aldeias desconhecidas por todos nós como é o caso de Urgeiro que está longe de tudo mas muito simpática para se viver uns dias bastante tranquilos! Pertence à freguesia de Bogas de Baixo, que dista da sede de concelho 45 km. Urgeiro possui paisagens lindíssimas de serra e beira rio Zêzere,,, eu capturei algumas imagens.

 

cavaca 2

Partimos às 8h 05m da Covilhã, estava um clima óptimo para a prática do ciclismo.

 

cavaca 4

À passagem pelo Barco, a primeira dificuldade do dia, 17%. Fernando já a observa.

 

cavaca 5

Passagem em Silvares, existe desde os primeiros tempos da monarquia portuguesa, em 1226, o seu nome aparece numa escritura de doação da Lardosa aos Templários. Foi elevada a Vila no dia 21 de Junho de 1995.

 

cavaca 6

Passagem no alto de Silvares, agora descia-se para a Barroca.

 

cavaca 7

E na Barroca, ainda meio adormecida, capturei esta panorâmica.

 

cavaca 8

Como sempre não resisti a uma paragem no miradouro no alto de Janeiro de Cima.

 

cavaca 9

Descia-se agora para Urgeiro. É visivel em frente o Miradouro de Orvalho.

 (Estivemos lá há pouco tempo)

 

 

cavaca 10

Já em Urgeiro, sentimo-nos como isolados,,, da "injustiça humana deste mundo".

 

cavaca 11

Esta é uma aldeia muito envelhecida, porque a população mais jovem emigrou para outras paragens, deixando ao abandono lindos locais como O FOJO e o LINTEIRO,,, deve ser verdade porque  nós nem uma jovem vimos!!!

 

 cavaca 13

Entre Urgeiro e Janeiro de Cima uma linda Praia Fluvial.

 

cavaca 14

Sempre em óptimas estradas, (coisa rara), seguiamos para Janeiro de Cima.

 

cavaca 15

E aí está, Janeiro de Cima à vista.

 

cavaca 16

Em comunhão com a natureza e as raízes familiares, Janeiro de Cima enche-se de gente aos fins-de-semana e nas férias. No Verão, fazem-se piqueniques no pinhal ou aproveita-se a frescura da água no Parque Fluvial. Aqui as tradições revivem-se em saberes e artes que nunca se esquecem e que renascem pelas mãos dos dias presentes.

 

cavaca 17

Já a pedalar rumo à Covilhã, Chico Mendes junta-se a nós perto de Silvares.

 

cavaca 18

Mas a volta terminava mais cedo para Francisco Romão. O pneu trazeiro fez BUUUMMMMM!

 

Mais uma vez, grato aos amigos pela companhia e pela partilha desta magnífica manhã.

 

 

Agora para o meu amigo Zé Carlos... 

cavaca 11 

...que aqui vemos em primeiro plano, a praticar o que mais gosta, (CICLISMO)...

 

 

(29)

Em meu nome, e de todos os amigos, desejamos que esses 3 ou 4 dias que vais estar em observação sejam para teu bem, e para que possas muito brevemente voltar aos teus super sprints, e sem descolar das "motas. Lembra-te que verdadeira felicidade é impossível sem uma verdadeira saúde, e a verdadeira saúde é impossível sem o rigoroso controle a que podes ser submetido.

 

UM ABRAÇO MUITO SENTIDO DESTE TEU AMIGO CAVACA.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 14:10

Amanhã, volta inédita por Urgeiro.

Terça-feira, 22.05.12

 

 

Urgeiro

 É uma pequena localidade do concelho do Fundão, longe de tudo... mas muito simpática para se viver uns dias bastante tranquilos! Pertence à freguesia de Bogas de Baixo, que dista da sede de concelho 45 km. Urgeiro possui paisagens lindíssimas de serra e beira rio Zêzere ao banhar as margens destas 3 aldeias galardou-lhe praias fluviais com grande poder de beleza, com água bastante profunda para se nadar sem receios, com correntes nada fortes podendo sempre sem dificuldade nadar até à outra margem.
Nós vamos visitar pela primeira vez esta freguesia.

 

cavaca 2

Perfil

 

Saída do Periferia às 8 horas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 06:05

Manhã de gala com 9 velocipedistas.

Domingo, 20.05.12

cavaca 1

Participaram nesta esbelta manhã, David Massano, João António, Francisco Romão, Bruno Fernandes, Luis Filipe, Francisco Carrola, Fernando Prata, Zé Carlos, e eu o José Cavaca.

Percurso: Covilhã, Sra do Carmo, Peroviseu, Capinha, Penamacor, Meimoa, Benquerença, Escarigo, Capinha e Covilhã, totalizando 120km de pompa.

 

cavaca 2

Motivados como sempre, à hora certa começava a nossa voltita.

 

cavaca 3

Covilhã despedia-se de nós por breves horas.

 

cavaca 4

E as nossas motas meteram "pés à obra".

 

cavaca 5

O mestre disse: Por natureza, os homens são próximos.

 

cavaca 6

Estas imagens ilustram um pouco a minha paixão pelo ciclismo, desporto por "natureza".

 

cavaca 7

Vale e merece o sacríficio que passo para voltar a colar na roda.

 

cavaca 8

Ó companheiros,  velocidade que nos emociona é a mesma que nos põe de gatas!

 

 cavaca 11

As rétinhas antes de Penamacor.

 

cavaca 12

Penamacor à vista.

 

cavaca 13

Passagem na Meimoa. O cafézinho hoje foi aqui,  uma oferta do nosso amigo Prata.

 

cavaca 15

E foi o Prata que em Escarigo deu início aos testes da Mountain Bike antiquedas.

 

cavaca 16

David Massano, um experiente nestas andanças aprovou a máquina, mais ainda, este modelo está isento de todos e quaisquer pagamentos em maratonas.

 

cavaca 14

 Eu finalizei,,,  só há uma coisa que se compara ao prazer de andar de bicicleta.

 

cavaca 10

E meus amigos,  bicicleta é liberdade, diversão, ecologia, saúde e vida!!!!

 

Próxima volta é Quarta Feita.

 

Até lá, "vamos treinando".

 

Uma boa semana para todos!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 13:51


Pág. 1/3