Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Hoje, por Seixo Amarelo.

Quinta-feira, 11.08.11

 cavaca 1

Nem parace um dia de semana,,, com estes amigos, "arrancamos forças ao Mundo".

 

 Hoje, Kevin Sá, Fernando Caetano, Abel Barata, Chico Mendes, António Lebre, José Domingos, Alberto Martins, e eu o Cavaca, fizemos uma volta em que as atenções estavam viradas para Seixo Amarelo, uma aldeia que se situa na Zona do Zêzere, fazendo fronteira com as freguesias de Famalicão da Serra, Gonçalo, Vela, Vale de Estrela e Fernão Joanes.
Freguesia situada no cimo de uma elevação, a cerca de 800 metros de altitude, detém uma visão sublime sobre o vale da Ribeira do Seixo.

 

Percurso: Covilhã, Orjais, Valhelhas, Alto Famalicão, Seixo Amarelo, Gonçalo, Belmonte, Caria, e Covilhã, totalizando 90 km.

 

cavaca 3

Enquanto aguardava na Sra do Carmo,,, uma luz(Lebre) lá no fundo. Bem vindo.

 

cavaca 4

Mas vamos para a estrada,,, 9h e o calor já apertava,  a volta prometia ser quente.

 

cavaca 2

De seu nome Lebre, e muito mais de condiçao fisica... que levavas nos frascos???

 

cavaca 5

Depois de passar Valhelhas, esta maravilhosa ciclovia até Famalicão.

 

cavaca 16

Viver e trabalhar no campo não está ao alcance de todos, é melhor subir à Torre.

Imagem capturada perto de Famalicão, e nós ainda nos queixamos do calor.

 

cavaca 6

Com os olhos no Sábado, o ritmo era favorável.

 

cavaca 7

Entrada em Famalicão da Serra, fica situado a 18 Km da cidade da Guarda, na E. N. 18-1 (a caminho de Manteigas), num vale orientado de NE / SO, tendo ao fundo o termo de Valhelhas e o rio Zêzere.

 

cavaca 8

Na “Monografia de Famalicão”, Bento da Rocha é de opinião que a origem de Famalicão remonta à ocupação romana de que se conservam alguns vestígios: marcos miliários, calçada e túmulos,,, mas de ciclismo nada consta.

 

cavaca 10

Agora subia-se para o alto de Seixo Amarelo.

 

cavaca 9

E aqui descia-se para Seixo Amarelo.

 

cavaca 11

Entrada em Seixo Amarelo.

 

cavaca 12

E o abastecimento líquido era nesta povoação,,,  que boa e fresca água nos esperava.

 

cavaca 13

Mas os termómetros já marcavam 35 graus às 11 horas, e tinhamos que dar aos pedais.

Entrada em Gonçalo. Algumas pessoas mais interessadas pela Vila, crêem que o nome de Gonçalo tenha origem em Gonçalo Peres, Mestre da Ordem de Alcântara, a quem pertenceu o termo de Valhelhas até ao Reinado de D. João I.
Outeiro, foi a localidade que deu origem a Gonçalo.

 

cavaca 14

Saída de Gonçalo. Alberto Martins comandava a descer,,, e a subir!

 

cavaca 15

Depois de passar por Belmonte e Caria, a nossa chegada à Sra do Carmo.

Agora venha a volta para ver a Volta, é já no Sábado.

 

SÁBADO VAMOS SAÍR DA SRA DO CARMO ÀS 9H 30M.

(Amanhã exponho plano para o dia da Volta)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 05:38

Na montanha, até comemos a fome.

Terça-feira, 09.08.11

cavaca 1

O desejo de vencer a Estrela, faz-nos sentir maiores que o devorador.

Steve Sá, hoje um admirável gladiador.

Enriqueceram esta imortal manhã, Kevin Sá, Steve Sá, António Sá, Zé Domingos, José Cavaca, Lourenço, Abel, António Silva, e Fernando Caetano. Juntaram-se mais tarde, Bruno Fernandes, David Fernandes e Zé Carlos.

 

cavaca 2

Vamos para a estrada, porque nos espera uma manhã quente.

 

cavaca 7

Mas hoje era um dia muito especial, contamos com o amigão Zé Domingos vindo da Suiça...

 

cavaca 9

 E com o amigão Abel Barata vindo da França.

 

cavaca 6

Passagem em Valhelhas, situa-se em plena Serra da Estrela, entre a Covilhã, Manteigas e a Guarda. Possui uma das mais concorridas praias fluviais, banhada pelo Zêzere, dispõe de parque de campismo, parque de merendas, bares de apoio, entre outras facilidades. E porque no Verão os festivais de música animam o país de Norte a Sul, em Agosto, a música invade também este espaço.

 

cavaca 8

Entrada no Parque Natural da Serra da Estrela.

 

cavaca 10

E em Manteigas uma fresca e gentil receção, o nosso amigo Paulo Lourenço esperava-nos com uma palete de água fresca... estes pequenos gestos,,,  

Quem é amigo? quem é? 

 

cavaca 12

Mas o melhor estava para vir,,,

 

cavaca 3

As aparências não iludem.

 

cavaca 13

Esta Serra não cansa nem importuna, é um certificado das Sete Maravilhas. 

 

cavaca 15

Zé Domingos e eu em plena ascensão. Foto de Kevin.

 

cavaca 18

Vale Glaciar, visto com olhos de CICLISTA!

 

cavaca 20

Mas quem hoje é digno de glorificação, é este homem à esquerda, STEVE SÁ.

Mereceu o duplo prémio "revelação" entregue na Nave de Santo António.

 

cavaca 16

Zé Domingos e eu, íamos actualizando diversos temas.

 

cavaca 21

Serra da Estrela, um autentico Inibidor de Ácido Láctico.

 

cavaca 22

Já muito proximo da Nave de Santo António, Zé desconfia do que o espera.

 

cavaca 23

Alguém imaginava um Placar Informativo com estas caracteristicas à nossa espera???

Pois é mesmo real,,, oferta da Padaria Dias & Pereira dos Santos!

 

cavaca 24

E lá se foram as Calorias queimadas na subida à Serra da Estrela.

O Zé Carlos o que nos quer é engordar.

 

cavaca 25

O regresso à Covilhã foi pelo mesmo trajeto.

 

Mis ciclismo na proxima Quinta Feira.

 

Volta a anunciar brevemente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 06:19

Prodígio na volta pelo Santuário

Sábado, 06.08.11

                 de nossa Senhora da Povoa.

cavaca 1

Às 8h 35 minutos, eu Cavaca, Paulo Jesus, Alberto Martins, e Guilhermino, saímos da Covilhã(Sra do Carmo) rumo a Orjais, Belmonte, Inguias, T. Bruxas, Vale da Sra da Povoa, Santuário da Sra da Povoa, Benquerença, Três Povos, Capinha e Covilhã totalizando 94km, numa manhã magnífica para o ciclismo, marcada pela visita ao nosso amigo Vitor Correia, e pelo reaparecimento do Alberto e do Paulo,,, há quanto tempo!!!

 

cavaca 6

Condicionadas pelo tempo que dispúnhamos, o ritmo tería que ser mais possante.

 

cavaca 3

Evidentes e claros os vestígios desse saudável andamento.

 

cavaca 4

Passagem por terras de Pedro Álvares Cabral, Belmonte.

 

cavaca 11

E eu fazia de "modelo" para a Revista Albercycling.

 

 

cavaca 8

E perto das Inguias, na residencia do Sr. Vitor Correia,,, uma recepção de luxo...

 

cavaca 10

O Sr. Vitor e a esposa Maria Ascenção recebiam-nos assim... logo hoje o Venâncio não foi!

O nosso muito Bem-Haja pela respeitável e profunda simpatia com que fomos recebidos.

 

cavaca 9

E fica o registo da foto de família, com esta simpática família, que nos acompanha diariamente em terras de França pelo nosso Blog, mais propriamente em PAU.

 

cavaca 12

Mas o bom termina depressa, e a estrada esperava por nós.

 

cavaca 14

Uma belíssima imagem à zona de Sortelha, capturada pelo nosso fotobici Alberto Martins.

 

cavaca 17

Alberto Martins, que curiosamente reaparece em dia de volta a um Santuário... milagre!

 

cavaca 19

Mas não foi caso único, também o reaparecimento do Paulo,,, Sra da Povoa é minha aliada.

 

cavaca 15

No alto do Terreiro da Bruxas, atestavam-se bidons.

 

cavaca 18

De novo a rolar.

 

cavaca 20

Hoje o Guilhermino sentia-se mais leve 600gramas, diz ele que inseriu "gás hélio" nas rodas.

 

cavaca 21

Passagem nos Três Povos, estava quase a terminar esta voltinha.

 

cavaca 22

E terminava às 11h 10m com a nossa chegada à Covilhã, foram 93km vividos ao milímetro, é que por motivos de trabalho só poderei voltar a pedalar na proxima Terça Feira.

 

UM BOM FIM DE SEMANA PARA TODOS.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 05:03

Pela Serra da Estrela.

Quinta-feira, 04.08.11

cavaca 1

Contribuiram para esta magnífica manhã, Paulo Lucas, José Cavaca, e Sérgio Rodrigues.

Saímos da Sra do Carmo às 8h 30m rumo a Manteigas, mas sem a certeza se o regresso sería pelos Piornos, ou pelo mesmo trajeto. Como há muito não trepava aquela maravilhosa encosta, e tinhamos tempo de sobra, resolvemos actualizar as altimetrias. 

 

 cavaca 2

Bandeirada dada, fuga iniciada.

 

cavaca 3

Passagem em Valhelhas.

 

cavaca 4

O amigo Paulo, que há muito não nos acompanhava, está a necessitar de muitas voltas.

 

cavaca 5

Sérgio, que desde 23 de Abril não pedalava na nossa companhia, escolheu o dia perfeito.

 

cavaca 6

E como já é tradição, em Manteigas há a foto com o Medeiros e Lourenço, mas como Medeiros está de férias, eu resolvi não desagradar ao Lourenço.

 

cavaca 7

Vamos para a estrada que a subida espera por nós.

 

cavaca 8

Há cerca de dois anos, uma carrinha das "Estradas de Portugal" deitou este muro abaixo, caindo a carrinha e o muro num precipício com 5 metros de altura.

Pergunto,,, estão à espera de quê???

 

cavaca 9

Como se não bastasse, logo a seguir,,,

 esta é a estrada que liga Manteigas ao maciço central da Serra da Estrela...

Estamos no Sec XXI.

 

cavaca 10

Mas lá seguimos nós apreciando este Vale, para esquecer a estrada.

 

cavaca 11

Sérgio, quando eu for grande hei-de subir assim!!!!

 

cavaca 12

Para trás ía ficando este paraíso de nome Vale Glaciar. Destaca-se por ser o maior vale glaciário da Serra da Estrela, atingindo 13 km de extensão. A língua de gelo que deu origem ao Vale Glaciário do Zêzere atravessava a zona onde hoje se situa a vila de Manteigas, dissolvendo-se mais à frente, a cerca de 680 metros de altitude. Esta língua de gelo era alimentada pelas línguas de gelo da Nave de Santo António, do Covão da Ametade, da Candieira e dos Covões, atingindo, a montante, 300 metros de espessura, como prova a existência de moreias – espaços onde os gelos depositaram grandes rochas deslocadas do planalto glaciar – na lagoa seca, na Nave de Santo António e abaixo do vale da Candieira.

 

cavaca 13

A foto do Vale Glaciar foi capturada deste local, estamos quase na Nave de Santo António.

 

cavaca 14

Depois de passar a Nave, descia-se agora para as Penhas da saúde.

 

cavaca 15

Penhas da Saúde é uma bonita aldeia de montanha situada bem no coração da imensa Serra da Estrela, pertencente ao município da Covilhã.

 

 cavaca 16

Situada a cerca de 1500 metros de altitude, as Penhas da Saúde ganham vida com a chegada do Inverno, quando se enchem de neve e turistas.
A paisagem montanhosa de ar puro e paz de espírito é o grande atributo desta localidade, que prima pelo alojamento e oferta turística como estalagem, hotel e “chalets” de montanha que lhe confinam uma imagem muito própria.
Anteriormente as Penhas da Saúde eram uma conhecida estância termal e, devido aos puros ares da montanha, um local ideal para curar doenças respiratórias, como ainda se pode observar no antigo edifício do Sanatório dos Caminhos de Ferro que, de acordo com um projecto em curso, será adaptado a Pousada Regional.

 

cavaca 17

Um pouco mais abaixo, as obras no antigo Sanatório seguem a bom ritmo.

 

cavaca 18

E a nossa chegada ao centro da Covilhã. Em frente a Câmara Municipal da Covilhã.

Mais uma vez, obrigado companheiros pela excelente companhia.

 

SÁBADO HÁ MAIS.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 12:19

Hoje, pelos Enxames.

Terça-feira, 02.08.11

cavaca

Perfil da volta.

 

 cavaca 1

Às 8h 30m eu e o amigo David Fernandes saímos da Covilhã para uma perfeita volta, e digna companhia. Mais tarde, juntou-se o já habitual amigo Zé Carlos.

  Esta foto tem como fundo a freguesia de Enxames que pertence ao concelho de Fundão, no distrito de Castelo Branco. A freguesia de Enxames encontra-se localizada entre a Serra da Gardunha e a Serra da Canaveira, fazendo fronteira com a Fatela, Capinha, Vale de Prazeres e Alcaide. Dista cerca de 13 quilómetros da sede concelhia e ocupa uma superfície de 22,6 quilómetros quadrados, com um total de 950 pessoas dos quais 622 eleitores.O orago da freguesia é S. João Baptista.  A denominação Enxames poderá estar associada ao conjunto de abelhas ou a grande quantidade de pessoas ou coisas na época em que este território foi repovoado. 

Percurso da volta: Covilhã, Peroviseu, Capinha, Carvalhal, Enxames, Mata da Rainha, Aldeia de Santa Margarida, Penamacor, Meimoa, Três Povos, Capinha e Covilhã.

 

cavaca 2

Manhã fresca convidava a bons andamentos, e rápidamente chegamos à Capinha.

 

cavaca 3

Centro da Capinha, já aqui foi dito que é uma das freguesias do Concelho do Fundão, e Pela sua localização, história e tradições, é uma das mais bonitas aldeias de Portugal.

 

cavaca 4

Passagem nos Enxames.

 

cavaca 5

Mata da Rainha, e há coisas bem bonitas que devemos saber...

O nome da freguesia, segundo a tradição, dever-se-á a uma disputa entre dois príncipes pela formosa filha de um rei mouro. Com os dois príncipes perdidos de amores pela princesa, e tendo o rei os dois pretendentes em grande estima e sem saber qual haveria de escolher para genro, terá mandado um escavar uma mina e outro construir uma torre. Quem terminasse primeiro casaria com a princesa.

Contudo, deu-se o facto de ambos os príncipes terem concluído a sua tarefa ao mesmo tempo e em simultâneo terão chegado junto do rei para lho comunicar.

- Torre feita - disse um

- Água à porta - afirmou o outro em simultâneo.

Ao que o rei respondeu:

- Filha do rei morta.

Face a isto, a jovem princesa terá sido metida num cortiço e serrada ao meio. Segundo a história, ao ouvir a sentença do pai, terá a bela dito

   "Na Torre fui criada

     Na Mata me matarão;

     Pois a minha formosura

       Foi a minha perdição".

 

cavaca 6

Perto da Aldeia de Santa Margarida,,, parei,,, e capturei imagem,,,

 "A pobreza poderá ser exercitadora das virtudes e dos nossos talentos."
Só depois de lhe ter oferecido um chocolate, consegui chegar-me ao João.

 

cavaca 8

Centro da Aldeia de Santa Margarida. É uma freguesia e aldeia portuguesa do concelho de Idanha-a-Nova e distrito de Castelo Branco.

Tem uma área geográfica de cerca de 13,60 km² e, de acordo com os dados dos últimos Censos, realizados pelo Instituto Nacional de Estatística em 2001, a freguesia era habitada, naquele mesmo ano, por 369 pessoas, registando, deste modo, uma densidade populacional de 27,1 habitantes por quilómetro quadrado.

Ainda de acordo com os mesmos Censos de 2001, Aldeia de Santa Margarida tinha um índice de envelhecimento na casa dos 40,82%, uma taxa ligeiramente acima da média do concelho, que era, nesse ano, de 40,76%. Ainda no ano em referência, viviam nesta localidade 149 pessoas com mais de 65 anos de idade.

Aldeia de Santa Margarida tem por orago a Santa Margarida.

 

cavaca 7

Mas entre Penamacor e Meimoa conhecemos o Gil, é Israelita, e pelo que percebi, anda a percorrer Portugal em Bicicleta.

 

cavaca 9

Meimoa à vista, e o termómetro não passava dos 20 graus, que maravilha.

 

cavaca 10

Até o nosso David tem jeito para a fotografia, ou será do ciclista???

 

cavaca 12

Passagem nos Três Povos.

 

cavaca 13

Sempre com bom andamento, tirava-se agora o pé a aguardar pelo Zé Carlos.

 

cavaca 14

Zé,  com uma média muito boa, juntou-se a nós logo à saída do Salgueiro.

 

cavaca 11

E este sou eu,  pensava no "João", ainda dizemos nós que não temos condições!!!

 

cavaca 16

E a nossa chegada à Covilhã, uma vez mais agradeço a bonita manhã de ciclismo, colorida com a vossa presença.

 

QUINTA FEIRA HÁ MAIS!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 06:14


Pág. 2/2






pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Agosto 2011

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031



links

O tempo

Visite...



comentários recentes

  • Anónimo

    já estava a necessitar destas voltinhas, vamos ver...

  • Anónimo

    obrigada

  • José Cavaca

    Bom amigo, é com alegria que mais um amigo se "dec...

  • Anónimo

    Bom dia Cavaca,fomos colegas de tropa em Paço Darc...

  • javi calvo

    buena ruta amigos !! Veo que Ignacio os acompaña t...




subscrever feeds