Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Da Covilhã, por Colmeal da Torre...

Domingo, 22.08.10

Uma volta de natureza histórica, tanto pelos locais de passagem, como pelas personalidades que pela primeira vez estiveram presentes. Agradecemos a vossa presença e simpatia.

Participaram, da esquerda para a direita, Bruno Fernandes, Henrique, Oliveira, Daniel, José Cavaca, Gabriel, Augusto, Steve, António Sá, Palinhas e Kevin. Pedalamos por, Caria, Inguias, Belmonte, Colmeal da Torre, Vela, Belmonte, Orjais e Covilhã.

 

Participaram pela primeira vez nas nossas voltas, o amigo Daniel...

 

O amigo Oliveira.

 

O amigo Henrique.

 

...e o amigo Augusto.

 

Nesta manhã de Domingo, dominou a convivência, e não houve "competição".

 

O menos "divertido"

 

Belmonte à vista.

 

Passagem pela terra de Pedro Álvares Cabral.

 

...e eu também fui!

 

À saída de Belmonte, uma não menos bonita rotunda que a primeira.

 

Colmeal da Torre.

A Torre de Centum Cellas (também Centum Cellæ, Centum Celli, ou Centum Cœli), antigamente também denominada como Torre de São Cornélio, localiza-se no monte de Santo Antão, freguesia do Colmeal da Torre, concelho de Belmonte, Distrito de Castelo Branco, em Portugal. Trata-se de um singular e curioso monumento lítico actualmente em ruínas que, ao longo dos séculos, vem despertado as atenções de curiosos e estudiosos, suscitando as mais diversas lendas e teorias em torno de si. Uma das tradições, por exemplo, refere que a edificação teria sido uma prisão com uma centena de celas (donde o nome), onde teria estado cativo São Cornélio (donde o nome alternativo).

 

De novo na estrada.

 

 

Entrada na Vela.

 

Centro da aldeia da Vela, e a sua Igreja Paroquial.

 

O alto ritmo, obriga a reboque.

 

Depois da corrida, uma Carrera! O amigo Prata ainda nos fez companhia com o seu Ferrari.

Parabéns.

(Bom Domingo a todos)

 

PRÓXIMA VOLTA, NA QUARTA FEIRA 25.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 13:23