Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Covilhã, C. Branco, Zé da Mata e Covilhã

Quarta-feira, 30.01.08

« São mais as conjunturas do que as certezas sobre a forma como nasceu Castelo Branco. Vestígios exumados provam que houve ali um povoado romano de algum relevo. (...) No entanto, durante os séculos dos bárbaros e o tempo dos mouros, toda a região caiu em mortório, terra de fronteira exposta às violências de todos. No tempo de D. Sancho I chamava-se Cardosa à terra coberta de ruínas e matagais onde depois se veio a construir Castelo Branco. Em 1214, o Rei de Portugal, D. Afonso II, doou à Ordem do Templo a parte que tinha aquelas terras. No ano seguinte, o Papa Inocêncio III confirma a régia doação, e diz que "os templários tinham fundado, na fronteira dos mouros, uma vila e fortaleza, no sítio da Cardosa, a que eles deram o nome de Castelo Branco". Este último texto é uma das amargas obrigatórias de todos os historiadores da cidade: quem a fundou foram os templários, o nome antigo era Cardosa mas os Cavaleiros mudaram esse nome para Castelo Branco.

Saí do Refúgio pelas 8h 15m rumo a Fundão, Alpedrinha, C. Branco, Bicicletas do Amieiro, Alpedrinha, Fundão e Covilhã.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 22:54

Por nossas terras, Telhado, Barco e Paul

Domingo, 27.01.08

A povoação de Telhado teve, em tempos, um nome diferente do actual, e a sua localização era também diversa da que agora lhe conhecemos. Pelos inícios do século XIV chamava-se ainda Carantonha, nome que aparece na Carta de D. Dinis de Agosto de 1314, pela qual o monarca ordena que se façam nesse lugar inquirições nesse lugar da Carantonha e em mais oito povoações do actual concelho do Fundão.

Hoje, eu e Nuno demos uma volta por estas terras, saímos da Covilhã pelas 9h rumo a Fundão, Telhado(foto), Barco, Paul, Tortosendo e Covilhã.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 13:03

Covilhã, Guarda, Sabugal e Covilhã...

Sábado, 26.01.08

Saímos da Covilhã às 8h 30m rumo a Guarda, Sabugal(foto), Terreiro das Bruxas, Caria e Covilhã. Estava prevista a passagem por Penamacor, mas como vai haver volta amanhã, foi abreviada a volta. Esteve um dia óptimo, temperaturas entre os 7º minima e 17º máxima, percorremos eu e Nuno, 118 km e uma altimetria de 1443 metros.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 07:18

De Covilhã, Tinalhas e C. Branco

Quarta-feira, 23.01.08

 

Situa-se a cerca de 18 km a norte-noroeste da sua sede de concelho. É uma freguesia muito antiga, como o atestam os vestígios pré-romanos encontrados. Tinalhas regia-se pelo foral concedido por D. Sancho I a S. Vicente da Beira, a cujo concelho pertenceu até 1877, data em que passou para o concelho de Castelo Branco. Quanto ao nome da freguesia correm duas versões sobre a sua origem. Uma que aponta para um nome pessoal comum por volta do séc. XII, Tinalha ; outra para um topónimo de origem arqueológica, já que tinalha significava, segundo um documento de meados do séc. XIV, vasilhas e potes antigos. Achados ou escavações de objectos pré-históricos poderiam assim estar na base da designação. Tinalhas é terra de gente ilustre. Aqui nasceram alguns vultos do concelho de Castelo Branco. José Coutinho Barriga da Silveira Castro e Câmara era fidalgo da Casa Real, e apesar de ter nascido no Fundão, recebeu em 1870 o título de 1º Visconde de Tinalhas .  

Eu, Cavaca tambem nasci no Fundão, e hoje vamos passar por Tinalhas.

Saímos do Refúgio às 8h 30m com um dia magnífico para a prática do ciclismo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 07:43

De Covilhã ao Alcaide

Domingo, 20.01.08

História:
Segundo a tradição, a povoação do Alcaide foi fundada no lugar da Torrinha, nas terras baixas e deve ter sido deslocada para o cabeço, a cerca de 1km a sul, devido a uma praga de formigas. O seu topónimo, de origem árabe, é al qaid, que significa, "guia, chefe de tribo, comandante, capitão", e não al-qâdi, que significa juiz.

 

Hoje, eu e Nuno fizemos um aprazível passaio pela nossa zona, depois do dia de ontem, com alguma montanha. Saímos da Covilhã pelas 9h,  passagem pela Capinha, Fatela, Alcaide, Fundão e Covilhã.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 08:02

De Covilhã a Aldeia Viçosa e Guarda

Sábado, 19.01.08

 

0005fwqw

( Foto de 11-2-2006)

0005gwrd

(Foto de 19-1-2008)

Saímos pelas 8h 30m da Rotunda do Operário, eu e Nuno, rumo a Valhelhas, Famalicão, Fernão Joanes, Barragem do Caldeirão(foto de 19-1-2008), Mizarela, Faia, Guarda e Covilhã. Curiusidade, é que há dois anos efectuamos esta mesma volta (Foto 11-2-2006) e é de realçar as pequenas diferenças fisicas e amistosas que substistem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 08:09

Covilhã, Manteigas e Penhas Douradas

Sábado, 12.01.08

0005eybd

Hoje, uma vez mais o destino foi a Serra da Estrela, só que desta vez às Penhas Douradas. Saímos da Covilhã pelas 9h eu e o nosso amigo Nuno Marques, rumo a Valhelhas, Manteigas e Penhas Douradas(foto). O regresso foi por  Manteigas, Vale Formoso, Souto Alto, Ponte Pedrinha e Covilhã, perfazendo 130 km e uma altimetria de 1776 metros;  paisagens deslumbrantes e um dia excelente para a prática do ciclismo, pena é que não tenham ido mais para auxiliar a dissolver a neve.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 07:50

Domingo 6, Covilhã, Serra da Estrela...

Domingo, 06.01.08

00058fph

(Foto 1)

(Foto 2)

Saímos às 8h 45m eu e Nuno da covilhã com destino a Valhelhas , V. Estrela, Manteigas e Penhas da Saúde para ver a neve,,,iniciamos a subida em Manteigas com a beleza do nevoeiro a ficar para trás(foto 2) e a temperatura acompanhava a subida, imagine-se que nas Penhas da Saúde já era de 16º,  o céu completamente limpo e lá estava a neve, não muita, (foto 1) mas era da praxe a visita à Serra no início do ano. A descida para a Covilhã foi bem mais arriscada, o piso molhado e o nevoeiro bem compacto, deram mérito ao primeiro treino de 2008

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 21:33