Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Umas curvas a Cambas.

Terça-feira, 31.07.07

O nome Cambas, etimologicamente, significa curvas. Por isso Cambas é a terra das curvas. A palavra Cambas existiu no latim, com a designação camba, cambae, significando curva. Tal como existe no Português, ainda hoje, com esse mesmo significado. No entanto esta palavra parece ter uma origem diferente da maior parte das palavras latinas, que advinham do Etrusco, principal povo da Península Itálica, fundador do Impériorio Romano, e da lingua dos outros povos da Peninsula Itálica. Os Romanos, como povo conquistador que foram, assimilando muitas das palavras dos povos que conquistaram; e muitas dessas palavras tem origem Celta e pertenciam ao vocabulário dos povos que antes dos romanos habitavam a Península Ibérica, nomeadamente na parte que constitui hoje o territorio Português.Saímos da Covilhã ás 6h 30m, eu, Rogério e J. Venâncio com direcção ao Paúl, onde Marco se Juntou a nós para seguirmos viagem. Passagens por Orondo, Barroca Grande, Meãs, Malhada do Rei, Vidual, Cambas(foto), Orvalho, Barroca, Silvares, Orondo, Paúl e Covilhã, totalizando 145 km e uma altimetria de 2507 metros, com os termómetros a chegarem aos 40 graus.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 05:38

Ida a FAJÃO debaixo de fogo, chegou a 42 Graus

Sábado, 28.07.07

IM000033

A freguesia de Fajão está situada a norte do concelho, faz fronteira com o concelho de Arganil e fica a 98,2 km da Covilhã. A vila está rodeada por afloramentos antigos da Meseta Ibérica, designados por “Penedos de Fajão ”. O casario de lousa e xisto que ainda subsiste indica a supremacia das típicas construções. 

A vila de Fajão recebeu foral de D. Pedro Mendes, prior do Mosteiro de Folques, em Junho de 1233. Foi Senhor desta antiga vila o Mosteiro de Folques passando posteriormente para as mãos de Santa Cruz de Coimbra com a criação da congregação crúzia . Este concelho era constituído pelas freguesias de Fajão , Dornelas, Janeiro de Baixo, Unhais-O-Velho e Vidual de Cima, hoje freguesias do concelho de Pampilhosa da Serra, e ainda por Teixeira, actualmente freguesia do concelho de Arganil. Eu, Rogério e João Venâncio saímos para FAJÃO  às 6h  30m , fizemos 162 km e subimos 3024 metros, o nosso interior também tem Pirenéus, que beleza, que sofrimento saudável.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 05:36

De Covilhã a Velosa e Vila Franca das Naves...

Quarta-feira, 25.07.07

 

                                    

Saímos da Covilhã às 7h, eu, Rogério e J. Venâncio com o conceito de fazer um circuito muito agradável, passando por Valhelhas , Trinta, Mizarela , A. Viçosa, Velosa, e Vila Franca das Naves. É nesta freguesia, na portela de Vila Franca das Naves, justamente na linha divisória de águas vertentes ao Mondego e ao Côa, que finda o edifício tectónico da Beira-Douro . Como ponto de grande importância estratégica, local obrigatório de passagem entre o Côa e o Vale do Mondego, Vila Franca conheceu o roubo, a destruição e a tragédia provocadas pelas guerras da Independência e da Restauração e pelas invasões francesas. Até a cólera, em 1885, resolveu atacar a freguesia, reduzindo a sua população a um terço. Daqui seguimos para Vila Franca do Deão, Rocamonde , Guarda e Covilhã, totalizando 145 km, uma altimetria de 2084 metros e umas temperaturas que chegaram aos 38 graus. Vale a pena repetir.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 20:34

Histórico abraço de 211 km à Serra da Estrela

Sábado, 21.07.07

Saímos ás 7h da Rotunda do Operário, eu e Rogério com destino a uma das mais bonitas voltas que se pode dar na região. Direitos à Guarda, Celorico da Beira, Vila Boa do Mondego , Ponte de Juncais, Vila Franca da Serra, Rio Torto, Catraia, São Paio de Gramaços, Venda de Galizes , Ponte das 3 Entradas, Vide, Unhais e Covilhã, totalizando 211 km, uma altimetria acumulada de 2698 metros e uma média de inclinação de 3%. Pena é, não haver mais participantes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 06:15

Fomos e passámos Ingarnal.

Quarta-feira, 18.07.07

Vila Velha de Ródão 

Pois é, ás 7h lá partimos eu e Rogério em direcção ao Ingarnal . Passagens por Fundão, Souto da Casa, Vale d'Urso , Partida, Almaceda , Ingarnal , Almaceda, Padrão, Salgueiro do Campo, Juncal do Campo, Tinalhas, Lardosa, Alpedrinha, Fundão e Covilhã. Simplesmente perfeito. Uma altimetria acumulada de 2285 metros para 145 km é considerável. Até ao próximo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 06:43

Volta escaldante...162 km e 38 graus !!!

Sábado, 14.07.07

Saímos como previsto da Rotunda do Operàrio às 6h 30m , eu e Rogério direitos à Guarda, Alvendre , Rocamonde , Bouça Cova, Vila Franca das Naves, Trancoso(foto), e aqui Rogério seguiu direcção a Vila Real, e eu a Celorico da Beira, Porto da Carne, onde me esperava o Chico, que me acompanhou até à Guarda, Vela e Covilhã. Volta dura, quente, bonita e desgastante, mas já há vontade em repetir. Pelo menos em paisagens, Portugal é aprazível.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 16:27

Fontão, poucos lá vão

Sábado, 07.07.07

IMG_0061.jpg

Saímos no Periferia ás 7 h como previsto, eu Rogério e Nuno, direitos a Unhais, Pedras Lavradas, Alvoco da Serra, Alto de Loriga e Fontão. Alguns conhecem e poucos lá vão, e não fosse a bici, certamente nunca conheceria tão bela e pequena aldeia. O regresso foi feito pelo mesmo traçado, totalizando 118 km com temperaturas a chegar aos 37 graus. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 12:52

4 de Julho, Serra da Estrela, com passagem pela Torre...

Quarta-feira, 04.07.07

Algumas saudades do maciço central da Serra, levaram-nos a planear um treino por essas estradas. Saímos ás 7h da Rotunda do Operário, passagens por Covilhã, Penhas da Saúde, Torre, Sabugueiro, Penhas Douradas, Vale do Rossim(foto), Manteigas, Penhas Saúde e Covilhã. Eu e Rogério completamos esta volta com 98 km, uma pendente média de 6%, uma máxima de 16% e um acomulado de 2881 metros. Fica a vontade de repetir.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por José Cavaca às 14:10